Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto. Arte e Educação de mãos dadas!. Dizer o que me vai na alma: É sentir o que me rodeia! email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto. Arte e Educação de mãos dadas!. Dizer o que me vai na alma: É sentir o que me rodeia! email: ag_silva@hotmail.com

Parada de Gonta em Campanha! (2)

captacao1.jpg
 água da ribeira de Asnes
captacao2.jpg  
Pormenor da entrada da água para o poço

Captação de água!

Peguei num dos panfletos da campanha eleitoral da actual junta de freguesia de Parada de Gonta que diz e cito” Realizamos outro objectivo ao avançarmos com a construção da nova captação de água o que nos permite ter hoje água de qualidade e em quantidade num período de extrema seca no país e no concelho onde já há muitas populações a ser abastecidas por autotanques”.
Abri uma torneira e verifiquei que saía uma água escura e pensei! Será que este panfleto de campanha está mesmo a falar de Parada de Gonta? Falar em qualidade de água quando aquilo que se afigura é o contrário, temos dúvidas e o melhor é verificar ou investigar para ser mais preciso.
Eu e o Sr. Fernando (candidato), pusemo-nos a caminho e fomos directos à nova captação de água, que realmente existe, mas para surpresa nossa, a captação não está a ser feita do poço, mas sim directamente da Ribeira de Asnes (muitíssimo poluída) e deitada no poço para distribuição.
Pergunto, será que o povo está informado desta situação? Eu sendo da freguesia nada sei e gasto como os outros sem qualquer preocupação a água que é distribuída e todos julgamos ser do poço da nova captação.
Fomos ao Centro de Saúde onde fomos informados que as análises de cada terra estão afixadas num placard.
Mais uma surpresa, constavam lá as análises de várias freguesias referentes aos meses de Junho, Julho e Agosto, mas de Parada de Gonta, nada!
Decidimos averiguar e falar directamente com o Delegado de Saúde. O senhor Delegado de Saúde, atendeu-nos e fez-nos saber que todos deviam ser assim preocupados com a situação e o bem-estar de todos. Diz o Delegado de Saúde que a maioria das averiguações dele são na base de pessoas que se preocupam.
Contamos-lhe o sucedido e até mostrei estas fotografias aqui expostas, ficou perplexo, porque julgava que a captação era de águas profundas (poço) sendo o tratamento diferente do que está a acontecer agora que é de águas superficiais.
Logo tratou da situação, fez umas chamadas e ainda hoje (dia 30 de Setembro) vai verificar essa captação de água e possivelmente informar a população de algo que não esteja dentro dos valores normais.
Posso dizer como está registado que as últimas análises das águas dos fontanários foram feitas só em Abril.
Não tenho dados para dizer que a água está própria ou imprópria para consumo mas a população vai ser brevemente informada, o que já devia ter acontecido. 
Para bem da população espero que a situação se esclareça!..

 captacao4.jpg
 captação da água
 captacao3.jpg
  entrada no poço.

Observação: No dia 4 de Outubro, através da rádio de Tondela e através de editais em toda a  freguesia,  é alertada a população de Parada de Gonta que não deve beber água da companhia e ter muitos cuidados no seu uso nomeadamente, a água deve ser fervida para lavar alimentos que sejam consumidos crús..

Parada de Gonta em campanha! (1)

Esclarecimento!.

Este vai ser um ciclo dedicado à minha terra (Parada de Gonta)  até às eleições  autárticas.

Deixo a escola e sua arte para me dedicar a um tema que pessoalmente estou envolvido.

Muito se vai escrever e só peço que não levem a mal, porque é uma luta política da terra.

Os Paradenses mesmo os que estão Emigrados podem contribuir para a discussão que poderá surgir aqui.

O Grupo do Tacho deu o mote com algumas desavindas...

Considero este um blog meu e tenho o direito de falar sobre a minha terra, mesmo que alguns não gostem!...

Ocupação de furos!

image001.gif

Futuro perfil de professor depois da ocupação de um furo!...

Ó professora, não vou à sala! – Diz um aluno do 9º ano.

Se não vais marco-te falta. - Diz a professora.

Mas, não é minha professora! - Exclama o aluno.

Ordens do Ministério, não podem ter furos. – Explica a professora.

Julgam que somos meninos para sermos guardados. – Resmunga o aluno

 

Da Escola!..

Escola.gif

      Da escola!

 

       Passou uma semana desde o início do arranque do ano lectivo e com ele as novas medidas impostas às escolas por uma ministra da educação que parece ser autista. Estas medidas foram acatadas sem grande turbulência, por uma classe que embora discordando delas, sabe que o seu profissionalismo não pode e não deve ser beliscado por uma conjectura de ideias preconcebidas de falsos argumentos capazes de denegrir a sua imagem.
Sabe também esta classe, que ser professor é muito mais que dar aulas e corrigir testes e as medidas anunciadas, em vigor, deixam pouca margem de manobra para a criação e planificação de aulas motivadoras capazes de despertar a atenção dos alunos.
A escola burocrática, mesquinha, dos papeis, do controle, da prestação de serviços, dos mapas de serviço, em nome de um controle de "despesas" vai tomando conta da lógica de escola moderna e vai acabando com a escola inovadora das reais aprendizagens dos alunos.
Quem passasse esta semana por uma sala de professores, verificaria que o desalento, a descrença e o esmorecimento, vão tomando conta de cada um, parecendo adivinhar uma depressão colectiva que se vai instalando e corroendo todo o ambiente de escola.

 

"Arte por um Canudo 2"

Compromisso de honra!..

caloiro05.jpg 
Recepção ao caloiro na EB 2,3 Prof. Mota Pinto.

Compromisso de honra!

Os alunos mais novos da Escola E.B. 2,3 Prof. Mota Pinto, foram recebidos pelos alunos finalistas ( 9º.  Ano ) numa sessão solene que teve o “juramento” como compromisso de honra. Este juramento consistia,  da parte dos mais velhos como padrinhos a boa orientação dos afilhados e  da parte dos mais novos  estudar, regras e  comportamento na escola.
A consagrar o juramento houve o baptismo de recepção ao caloiro pelo “padre” na presença do padrinho do caloiro.
Assistiram muitas dezenas de convidados a este compromisso.

Esperemos que estes compromissos valham mais que aqueles que o governo ( Uma farsa!.) não quis que valessem!....

Ver mais fotos:
http://www.eps-prof-c-mota-pinto.rcts.pt/caloiro05.htm

 

 

 

Censura!.

Chegou a censura aos blogs?
Retiraram-me a visualização dos artigos...
Não sei o que aconteceu e não consegui recuperar os links dos blogs que espreitava.
Aos poucos vou-os recuperando.

Regresso às aulas!.

aulas2.jpg

Recado da escola!.

Uma farsa!..

O ano lectivo iniciou e com ele as tão anunciadas mudanças que foram introduzidas nas escolas e na classe docente. Essas tão anunciadas mudanças assentaram principalmente em dois pontos a saber; ocupação dos furos dos alunos e maior carga horária nos professores com novas regras no alargamento da idade da reforma.
Quando se faz uma mudança nas escolas, seja uma reforma ou outro nome que lhe queiram dar, logo se diz, que é a favor dos alunos e para melhorar as suas aprendizagens. O princípio por que se regem é correcto a forma como o fazem e os meios para o atingirem é que não será tanto.
Sempre se disse, que a escola devia ser um local agradável em que os alunos se sentissem motivados e tivessem prazer nas suas aprendizagens. Quem não se lembra de nos seus tempos de estudante, quando um professor faltava a alegria que era. Corria-se, jogava-se a bola uns contra os outros, jogava-se à macaca, brincava-se, saltava-se e até se faziam uns tpc que estavam esquecidos. Não me digam que isto não é socialização, o conviver uns com os outros sem serem obrigados a isso.
Agora, com a ocupação dos furos pelos professores desde que alguém falte, todos os alunos vão ser obrigados a não gozarem esse feriado e mesmo contrariados vão ter que estar dentro da sala. Com tantos inquéritos de opinião e de estudo que existem, será que quem tomou estas medidas auscultou o pulsar dos alunos? Já alguém perguntou aos alunos, o que eles pensam da ocupação dos furos? Pois é bom que façam isso e vejam a reacção deles! E não me venham dizer que são os alunos menos bons que dizem que os furos são como a ponta de sal na ementa das escolas, porque os bons alunos dizem o mesmo e se quisessem ser ocupados, livremente se dirigiam para as bibliotecas e centros de recursos existentes na escola.
Em suma, vamos ter alunos descontentes com este tipo de ocupação de aulas e professores com depressão porque os alunos vão-lhes criar nestes casos as condições para isso.
Quanto ao segundo ponto das tão anunciadas mudanças, os professores, levaram uma machadada nalguns direitos conquistados e nas suas expectativas. Duraram trinta anos a conquistar alguns direitos e cada conquista, com mais ou menos luta, era logo anunciada como uma vitória dos sindicatos. Os professores assim como qualquer classe profissional sindicalizavam-se porque julgavam ou viam nestes uns defensores da classe e dos direitos conquistados. Sempre se pensou e até  os próprios sindicatos assim o julgavam, que quando se dava a palavra num acordo e depois era registado no papel, tinha a força de lei e para ser alterado tinha que haver condições especiais propicias para essa alteração, sendo negociado com os representantes.
Nada disto aconteceu…o homem chegou ao governo, fez gato-sapato dos sindicatos, passando por cima deles e mudou esses direitos conquistados e até o Estatuto da Carreira Docente.
Agora, eu pergunto, qual o papel dos sindicatos? Que podem eles prometer, se o que se conquista ao longo de anos pode logo ser alterado e sem a consulta dos principais implicados.
Imaginemos, que o homem quer o regresso à Idade Média e que todos os trabalhadores têm que trabalhar quinze horas diárias. Como se iria dizer ao homem que esse é um direito adquirido dos trabalhadores e tem largas dezenas de anos?
Esperemos que ele não se lembre desta…
Revela aqui, que não existem conquistas adquiridas por qualquer classe profissional e que o papel dos sindicatos como defensores de classe acabou…
Tem que se viver o dia-a-dia e as conquistas passam a ser de quatro em quatro anos conforme quem promete mais a nível de governo.
Quem não se lembra dos nossos governantes em directo nas TVs e nas fotos da comunicação social a brindarem com os representantes dos sindicatos o acordo por eles negociado?
Afinal, era tudo uma farsa...

10/12º Aniversário!

smateus.jpg
Foto na feira de S.Mateus em Viseu.

São doze os anos que este grupo se junta para confraternizar na feira de S.Mateus em Viseu. A ementa ao longo destes dez anos sem interrupção foi sempre a mesma "frango no churrasco" e ninguém quer outra porque foi assim o combinado há já uns anitos atrás. Depois do repasto a volta do costume pelos cantinhos da feira, as exposições, o artesanato,os carroceis, que eram a fonte de atracção dos nossos mais pequenos mas que agora mais crescidinhos, seus gostos já são outros e por fim, como todos os anos se faz, apreciam-se umas farturas antes de rumar novamente  para casa.
As amizades são construidas na base das raízes por nós lançadas...
Estas continuam e que sejam por longos anos.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.