Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

O Blog trata de brincadeiras artísticas, escola, paradadegonta e bisbilhotices. Costumo dizer "arte sem arte é uma nova forma de arte". Dizer o que vai na alma ..é sentir o que me rodeia. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

O Blog trata de brincadeiras artísticas, escola, paradadegonta e bisbilhotices. Costumo dizer "arte sem arte é uma nova forma de arte". Dizer o que vai na alma ..é sentir o que me rodeia. email: ag_silva@hotmail.com

Com champanhe vos saúdo!..

boasfestas2006.JPG 
Com champanhe vos saúdo! Boas festas!..

Quando os meus amigos  perguntam como vou passar a passagem de ano, conto sempre a mesma história, ou seja, uma história que já vem da minha infância. Lembro-me de meus familiares se juntarem para a praticarem em Penafiel e apesar de estar noutro lugar em Parada de Gonta - Tondela, também a vou mantendo com meus familiares. Sei que já existem alguns seguidores na zona de Viseu, porque é uma forma segura de comemorar a entrada no Ano Novo. Pelo menos não existe o problema dos excessos do... e das consequências que acarretam.
A história resume-se a juntar os familiares e quando chega a meia-noite do dia 31 de Dezembro, abro as portas e janelas da casa e no ponto mais alto com uma garrafa de champanhe na mão brindamos a entrada do Ano Novo e começamos a cantar a canção de boas-vindas que tem a seguinte letra:

               I
Vai-te embora ano velho
Que és um grande macacão ---- refrão
O novo que vem agora
Vai-me aumentar a ração.
               II
Nós arroz e bacalhau
Para isso já estamos
O pior é o açúcar
Que nem para isso ganhamos.
               III
Foste um ano duvidoso
E também muito poupado
Não me deste o totoloto
Nem sequer um rebuçado. 
              IV
Ano novo vem agora
Vem agora de mansinho
Traz contigo a boa sorte
Faz desta casa o teu ninho.
               V
O ano novo que chegou
Faz promessas de verdade
A todos nesta casa desejou
Paz, saúde e felicidade.

Sei que as duas primeiras quadras são originais as outras foram acrescentadas ao longo dos tempos, mas o espírito da saudação ao ano novo mantém-se.
Se ficarem por casa não se esqueçam de saudar o novo ano!

Feliz Ano Novo.

Há um ano foi assim.

ACR "Os Amigos"-Festa Natal.

amigonatal1.jpg
Grupo de jovens que representou "Alarme no Presépio"
amigonatal2.jpg 
Grupo de jovens que representou "Episódios da Vida Rural"

No dia 25 de Dezembro de 2005, dia de Natal, a Associação Cultural Recreativa “ Os Amigos de Parada de Gonta” brindaram uma plateia cheia de público com humor e mensagens natalícias excelentemente transformadas em peças de teatro por dois grupos de jovens. Foram encenadas duas peças de teatro com dois grupos de jovens, um com uma mensagem natalícia “ Alarme no Presépio” e o outro revivendo tradições de Natal com o tema “ Episódios da Vida Rural”.
Ninguém ficou indiferente à actuação destes nossos artistas e foi com muito humor e magia que desejaram a todos um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.

ACR " Os Amigos" de Parada de Gonta, deseja a todos um Bom Natal e Um bom Ano Novo.

Ver mais fotos:
http://olhagostinho.no.sapo.pt/paradagonta.htm  

Natal...com duas faces!.

a_natal6.jpg

Natal..com duas faces!..

Um dia alguém cantou “natal é sempre que o homem quer”, pois bem!..até poderia ser, se todos os homens olhassem uns para os outros da mesma forma que olham para si.
A verdade é insofismável e é só uma, cada vez existem mais pobres e cada vez mais riqueza acumulada em alguns, sendo o fosso entre ricos e pobres cada vez maior, o que faz transformar a frase que imortalizou a canção de natal noutra bem mais consentânea com a realidade “natal é sempre que alguns o querem”.
Natal, tem como simbologia a “Natividade” e traz associadas mensagens de Amor, Paz, Solidariedade, Esperança e Luz. Todos os anos se repete e todos os anos a fé se multiplica numa quadra de esperança de que algo seja melhor do que até aqui.
Somos um povo que acredita até ao fim e vamos mantendo a esperança mesmo sabendo que ela é uma réstia do pouco que resta dentro de nós. Não nos queixamos! Aceitamos o que nos impingem porque é para bem do país. Podem aumentar os impostos, podem fechar as empresas, podem aumentar o desemprego, se é para bem da economia, se é para endireitar o país, que o façam, porque somos um povo solidário e acreditámos que seja para melhor.
Com frio ou sem frio, com salários em atraso ou em dia, com fome ou com fartura, com presépio ou sem ele, há sempre, pelo menos, a chama de um graveto para nos aquecer o coração. Nem que essa chama seja apenas a do calor de duas mãos que se apertam….
Por esta altura de natal, a nossa luz acende-se enchendo o coração de ar e o espírito de fé, olhando para o alto, entre lábios vamos pedindo “para o ano que seja melhor”….

Desejo um FELIZ NATAL a todos.

Ceia de Natal na Escola.

natalesc1.jpg

No dia 21 de Dezembro de 2005 e como já vem sendo costume na EB 2,3 Prof Mota Pinto ao longo dos anos, realizou-se a tradicional ceia de natal, que juntou professores, funcionários, familiares e convidados. É de referir que este ano a escola teve a honra na sua ceia da presença do Presidente da Junta de Freguesia da Lajeosa do Dão.
A entrada da escola estava decorada com luzes de todas as cores e figuras natalícias que os alunos fizeram em Educação Tecnológica como que a chamar os visitantes a convidá-los a participar na ceia de natal. Logo no 1º Hall de entrada, os participantes na ceia, deparavam com uma árvore em tons avermelhados excelentemente decorada nas aulas de Educação Visual seguida do 2º hall que tinha uma decoração natalícia, feita pelos alunos de EVT, em que os motivos de natal se desprendiam do tecto como que estrelas a anunciar o presépio que iam encontrar e muito bem elaborado nas aulas de Área de Projecto.
Mais à frente,  encontrava-se  uma mesinha com aperitivos e por cima um placar onde se lia FELIZ NATAL. Quando se entra na sala que ia ser o convívio desta ceia, os visitantes encontraram uma sala excelentemente decorada em tons de vermelho e verde, que os colegas voluntários nesta tarefa prestaram e quiseram brindar os visitantes.
Passando à ceia, pode-se dizer que foi um convívio excelente entre todos.
Também foi revelado o Amigo Secreto. Este jogo do Amigo Secreto teve muitas surpresas e foi divertido ver a cara de alguns quando descobriram quem era o seu amigo, quase não acreditando que era verdade.
Para os mais pequenos, o Pai Natal não se esqueceu deles que se portaram muito bem, segundo eles, e trouxe um saco cheio de prendas, enchendo o seu coração de felicidade.
A Escola EB 2,3 Prof. Mota Pinto, deseja a todos um Feliz Natal e um Bom Ano Novo.

Ver fotos:
http://www.eps-prof-c-mota-pinto.rcts.pt/ceianatal0506.htm 

Ceia de Natal.


nataljunta1.jpgnataljunta4.jpg
Grupo Cantares Rancho Folclórico         Grupo Romaria
 nataljunta6.jpgnataljunta5.jpg
Momentos de poesia                                  Convivio
 nataljunta3.jpg nataljunta2.jpg
 Confraternização                                       Confraternização
nataljunta8.jpgnataljunta9.jpg
O Néctar em actuação                              Malabarismo
 nataljunta10.jpgnataljunta7.jpg
  Pézinho de dança                                    Animação

Ceia de Natal!
Realizou-se no dia 18 de Dezembro de 2005, a ceia de natal da Junta de Freguesia de Parada de Gonta.
Como é sabido a Junta de Freguesia eleita a 9 de Outubro, surgiu com novas ideias e fez apelo a todas as associações para se realizar uma festa conjunta.
Pela primeira vez se juntaram a ASSODREC, ACR “ Os Amigos”, ADRC “Associação Desportiva”, Rancho Folclórico, Clube de Caça e Pesca e Comissão Fabriqueira da Igreja para todos juntos celebrar a festa de Natal.
Compareceram à Ceia de Natal uma centena e meia de pessoas que foram brindadas com as actuações do grupo de Cantares do Rancho Folclórico de Parada de Gonta, do Grupo Romaria e com momentos de poesia das nossas actrizes Sandra, Mónica, Celina e Teresa.
Foi uma festa muito animada, onde não faltou a boa disposição, alegria, convívio e muita amizade.
Com as gargantas já bem recheadas do bom néctar da terra houve malabarismo e o pezinho de dança que para alguns era bem desafinada.
Em nome da Junta de Freguesia de Parada de Gonta, um muito obrigado a todos e desejos de um FELIZ NATAL E UM BOM ANO NOVO

Os artistas foram eles!

artiistaeles.jpg 
Actuações dos alunos em palco.

Dia 17 de Dezembro de 2005, foi o dia da Festa de Natal para os alunos e toda a comunidade educativa pertencente à EB 2,3 Prof. Mota Pinto.
O programa da festa iniciou-se com provas de atletismo para os alunos, seguido do sarau em que os alunos brindaram toda a comunidade educativa com a sua alegria e arte de bem representar. Foi uma festa bem animada com a participação de todas as turmas da escola e apesar da quadra natalícia ser de meditação e reflexão que algumas turmas o souberam muito bem transmitir, outras houve que deixaram o público a vibrar com o seu bom humor e a sua magia em palco.
No final das actuações em palco foram deixadas Mensagens Natalícias, passando-se de seguida ao Almoço de Natal, como é costume desta escola todos os anos, e onde os encarregados de educação, professores e alunos conviveram em total harmonia.

 BOM NATAL a todos e um BOM ANO NOVO.

Ver mais fotos:
http://www.eps-prof-c-mota-pinto.rcts.pt/fnatal0506.htm 

Carta ao Pai Natal (6)

presidente.jpg 
Também quero ser presidente.

Pai Natal!
Tive um sonho
Um sonho muito original
Ser candidato presidencial.
Falei com a minha Maria
Não aquela do Soares
A minha, porque esta é mesmo Maria.
Arranjei as assinaturas necessárias 
Sem ser aquelas como diz o Alegre
Que não tem cor partidária
Estas são mesmo sem cor.
Sou uma pessoa que sabe de economia
De problemas sociais é o mau fraco
Mas isso não importa
O que importa é a economia
Para endireitar o país.
Não vou manter tabu como o Cavaco
Embora não abdique
Do meu direito de manter o suspense
E de fazer tabu do meu posterior pedido.
Sei que és camarada
Também explorado pela entidade patronal
E embora todos te façam pedidos
Devias olhar por ti
Reivindica o teu direito a um transporte decente
Pára o trenó e as renas
Que não é veículo de gente operária e trabalhadora
Nisso... o Jerónimo tem razão.
Acabo com o direito ao sonho que tive
De todos os candidatos sou o mais perfeito
Tenho uma parte de cada um
Por isso faz de mim Presidente.
Se não atenderes o meu pedido
O sonho de ser "chefão" 
Faço como o Louçã
Isto não é uma carta! É um manifesto. Um protesto.
Uma petição.
Assinada por dezenas de intelectuais

E outros que tais.....
Atenciosamente
Assinada por mim.

Carta ao Pai Natal (5)

jeronimo2.jpg

Todos os candidatos têm um pedido Camarada Tu que és explorado pela entidade patronal Durante a época do Natal Usado como símbolo do capitalismo Para fomentar o consumismo Desenfreado, descontrolado Que enriquece a burguesia E empobrece o proletariado Junta-te a nós no combate Contra a guerra no Iraque Oferece Che Guevara’s não ofereças Action Man’s Luta pela igualdade feminina Não dês Barbies mas Matrioshkas Educa as crianças de hoje Comunistas amanhã Substitui o Harry Potter pelo livro “O Capital”. Camarada Reivindica o teu direito a um transporte decente Pára o trenó e as renas Que não é veículo de gente operária e trabalhadora Como tu oh pai natal! Unidos venceremos o imperialismo e os reaccionários Viva o Natal dos oprimidos Viva o Natal dos operários! Assinado pelo candidato: Jerónimo de Sousa (Carta aprovada por unanimidade e braço no ar pelo Comité Central do PCP)

Enviado por email

Carta ao Pai Natal (4)

francisco.jpg

Todos os candidatos têm um pedido. Isto não é uma carta! É um manifesto. Um protesto. Uma petição Assinada por dezenas de intelectuais E outras pessoas que jamais Se reviram numa festa Bacanal Orgia de oferendas Dadas sem qualquer critério E que perpetuam uma tradição Caduca. Reaccionária. Clerical. Que tu representas oh pai do natal. Com esta petição pretendemos Que a data seja referendada Não imposta, decretada Por um estado economicista e liberal E que seja celebrada quando um homem quiser Não à roda da mesa. Consoada. Mas num portuguesíssimo arraial. Assina: Francisco Louça

 Enviado por email

Carta ao Pai Natal (3)

alegre1.jpg
Todos os candidatos têm um pedido.

Pai natal quando voares nos céus da minha Pátria
Quando aterrares as renas nas planícies do meu País
Lembra-te desta carta, pedido singelo
De um homem que só para a Pátria pede Para si… Nada quis.
Se o nevoeiro que levou D. Sebastião
Te fizer perder o rumo e baralhar o norte
Segue o cheiro a verde pinho
Ouve a minha trova no vento que passa
E chegarás às chaminés do meu país
Pátria desafortunada. Sem euros. Má sorte.
Numa das chaminés de Lisboa
Sentirás o odor e verás o fumo negro da traição
Que o teu trenó sobre ela paire
Que sobre a chaminé de Soares a tua rena pare
E solte bosta. Um imponente cag……….

Assinado: Manuel Alegre
Enviado por email.

Carta ao Pai Natal (2)

cavaco2.jpg
Todos os candidatos têm um pedido.

Excelentíssimo Senhor Doutor Pai Natal
Venho por esta via pedir para a minha Maria
O Kama Sutra, versão condensada
Não sei se a minha Maria teria
Para a versão completa e ilustrada
Suficiente pedalada.
Eu para mim
Por ora nada peço
E de momento nada digo
Não abdico do meu direito de manter o suspense
E de fazer tabu do meu posterior pedido.
Mas….
E só isto adianto
Não preciso de Viagra
Para acompanhar a minha Maria na leitura
Do acima citado livro
Que teso e hirto ando eu sempre
Não precisando por isso de muleta
Ou qualquer outro suplemento
Para manter a rigidez
E o meu porte sobranceiro.
Despeço-me atentamente economizando palavras
Porque como vossa Excelência sabe:
Os tempos são de crise e tempo é dinheiro.
Assina o Professor Doutor: Cavaco Silva
Enviado por e-mail

Restauro da Capela Nª Sª Conceição.

nsconceicao1.jpg nsconceicao2.jpg
 Interior da Capela                                   Altar de Talha Dourada                 
nsconceicao3.jpg nsconceicao4.jpg
Missa                                                         Grupo Romaria
nsconceicao5.jpg          nsconceicao6.jpg
Grupo Cantares do R. Folclórico             Jantar e Animação

Foi hoje, dia 8 de Dezembro de 2005, inaugurada a Capela da Nossa Senhora da Conceição depois de uma longa recuperação e restauro do seu altar de talha dourada com obras no seu interior e na sua fachada principal.
Belíssima Capela dos princípios do século XVIII que em tempos era o lugar onde os fieis praticavam o seu culto.
Muitos Paradenses ocorreram à sua inauguração que principiou com uma missa dada pelo Padre João, seguida de uma procissão pelas ruas da aldeia e um jantar convívio animado com o Grupo Romaria e o Grupo de Cantares do Rancho Folclórico de Parada de Gonta e ainda pelo grupo de Teatro dos Amigos.
Foi uma festa muito animada e com muita alegria.
Parabéns à Comissão Fabriqueira que souberam levar a bom porto o restauro da capela, esta inauguração e este evento.
Mais pormenores no Blog de Parada de Gonta
.

Carta ao Pai Natal(1)

imagemario.jpg
Todos candidatos à presidência têm um pedido.

 Pai Natal
Acordei agora da sesta.
Tive um sonho original.
Conversei com a Maria
E achamos que não é sonho
Mas uma ideia genial!
Já fui ministro, primeiro-ministro
E duas vezes presidente deste país
Está na hora de mudar de ares
Aceitar novos desafios
Levar mais longe o nome de Portugal
Ou o meu nome…
Como sempre quis.
Como tu tenho já uma certa idade
E no ventre a mesma proeminência
Decidi que para o ano quero ser o Pai Natal.
Portanto…
Olha pá faz as malas.
Desocupa a Lapónia.
Vou ser eu o Pai Natal.
Tem lá paciência.
Assinado: Mário Soares (Ex-deputado. Ex-Primeiro Ministro. Ex-Presidente da Republica. Ex-Deputado europeu. Futuro Pai Natal)
Enviado por e-mail

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.