Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Pontilhismo!.


Trabalho do 5º Ano com a técnica do ponto.

O Pontilhismo surgiu na França, como tantos outros movimentos culturais, por volta do ano de 1880.

Os principais iniciadores do movimento, Georges Seurat e Paul Signac representam também os pontos mais altos dessa técnica.

O Pontilhismo nasceu da observação de que pontinhos de cores puras colocados cuidadosamente lado a lado produziam o mesmo efeito de misturar as mesmas cores na paleta.

Poderei dizer que estes alunos começam a fazer concorrência aos criadores desta técnica.

E por falar em pontos!..

Depois do SIMPLEX, lembram-se? Vem aí a FLEXISEGURANÇA..

Este governantes devem ser únicos...arranjam nomes esquisitos e depois utilizam-nos com toda a pompa como se resolvessem os problemas deste país.

O SIMPLEX consistia na simplificação de procedimentos para criação entre outros, de empresas na hora, empregos na hora e muitos outros na hora que ficaram no esquecimento.

Como a criação de empresas e empregos não surtiu grande efeito, vem aí o reverso da medalha FLEXISEGURANÇA para simplificar os despedimentos e dar mais apoio a quem está desempregado.

Como se costuma dizer: é de desconfiar porque esta coisa do governo não dá pontos sem nó.

 

 

Ver mais trabalhos com pontos.

 


Labirinto

Exercício de medidas com traçado de linhas paralelas e perpendiculares preenchidas com as cores primárias na parte superior e as cores secundárias  na parte inferior e com as cores quentes e frias nos lados. É um exercício com certo grau de dificuldade para os alunos do 5º ano, e que costumam chamar-lhe de “labirinto” devido à confusão que fazem nas linhas e a grande dificuldade que têm em desenvencilhar-se delas e encontrar-lhe a saída.

Em termos políticos poder-se-ia considerar “labiríntico” o fosso em que caiu a Educação em Portugal. Depois das queixas dos Ensinos Básicos e Secundário é agora o Ensino Superior que protesta com o Ministério. Pelo que se viu nos Prós e Contras de ontem (27/11/2006), com a Tutela a dizer que os Reitores Portugueses não são activos e só estão à espera do abanar da árvore das patacas, dando-lhes a entender que lhes falta imaginação para saber gerir da melhor forma as Universidades, e também dando a entender que este tema ainda vai fazer correr muita tinta. O que é certo é que a Tutela conseguiu atirar as culpas de tudo o que vai mal na Educação às próprias Escolas e Universidades com a falta de organização e um acentuado défice de gestão.

Parece que o que vem aí (para as Universidades)é que cada uma se desenrasque como melhor entender e souber, porque senão tem os dias contados.

Ver mais trabalhos


Uma tarde bem passada!..

 

A Associação Cultural Recreativa “Os Amigos” de Parada de Gonta, vem brindando a população de Parada de Gonta com uma programação semanal de actividades desde o seu aniversário a 11 de Novembro e que vai até ao Natal. Para esta semana, no dia 26 de Novembro, foi o Grupo Cultural Recreativo e Desportivo de S. João do Monte que apresentou o seu Teatro feito e criado pelos seus jovens, na sede da Associação “Os Amigos”.

Foi uma tarde bem passada com um momento cultural brilhante, oferecido por este Grupo Jovem de S. João do Monte e aplaudido pelas dezenas de pessoas de Parada de Gonta, que ali se deslocaram para assistir.

Este é o nosso teatro de aldeia que se realiza por intercâmbio entre Associações e que rivaliza com o teatro profissional das grandes cidades, mas que nada fica a dever em empenho, devoção, criatividade e alegria.

Estão de parabéns, o Grupo de S. João do Monte e o Grupo “Os Amigos” por terem proporcionado às gentes de Parada de Gonta uma tarde cultural magnífica.
Parada de Gonta é uma terra de cultura e pelo que nos é dado a saber, não é em muitos sítios que as gentes se deslocam para ver Teatro, o que acontece frequentemente e sempre com muita gente nesta terra. As gentes de Parada de Gonta agradecem que continuem a visitar-nos e a mostrar seus talentos retribuindo-lhes com aplausos e desejando-lhes muita sorte.
 

 

Ver mais fotos do Teatro

 


Aulas de substituição

Aulas de substituição

 

Já muito se falou nas aulas de substituição e também no que elas podem significar como aprendizagens para os alunos.

A sociedade reclama-as, os pais apoiam-nas e os professores e alunos rejeitam-nas. O Ministério da Educação, através da Ministra MLR, faz o seu papel na degradação da imagem dos professores com o apoio da Comunicação Social e a Sociedade Civil já está com um pé atrás em relação aos professores depois de tanto ouvir falar, duvidando já de qualquer prestação positiva dos professores.

Os professores já há muito tempo que reclamam que as aulas de substituição nos moldes em que se apoiam, não favorecem as aprendizagens dos alunos e só acarretam dificuldades para todos.

Ultimamente, e ainda hoje (22/11) tivemos a discordância dos alunos na forma de greve por todo o país reclamando que as aulas de substituição no molde em que assentam é inútil, fazendo-os perder tempo com joguinhos que nada têm a haver com as aprendizagens que necessitam.

Reclamam então os professores e alunos que o modelo das aulas de substituição está errado, mas para isso é preciso que o Ministério da Educação os ouça para que possa ser corrigido.

Diz a Ministra que as escolas é que não se sabem organizar, porque têm os recursos para isso. Ora, para que as aulas de substituição fossem levadas a sério, seria preciso que ao furo de Inglês a substituição fosse por um professor de Inglês e assim sucessivamente, o que levaria as escolas a criar uma bolsa de professores com todas as disciplinas representadas. Seria uma solução viável para que a contestação acabasse. A questão que se levanta é como pode a escola criar uma bolsa de professores se o Ministério a recusa? Não pode nem o ME deixa, o que leva a concluir que a ministra MLR não é justa naquilo que diz.

Só para comprovar que os recursos não estão do lado das escolas e estas tudo o fazem para os conseguir, foi-me pedido como fazendo parte de uma equipa no final do ano lectivo anterior (2005/06) um projecto para ocupação dos alunos, os famosos OEA mais conhecidos por aulas de substituição, que depois de elaborado, não foi aprovado por falta de recursos. E não era tão ambicioso que precisasse ter uma bolsa de professores a todas as disciplinas. A ideia principal deste projecto é que se não houvesse professor substituto da própria disciplina, os alunos fossem encaminhados para os clubes que funcionariam numa mancha de ocupação de todos os tempos lectivos. Como atrás se disse não foi possível por falta de recursos.

Também parece a fazer fé no que o Jornal Correio da Manhã diz numa visita de Sócrates à Escola Básica 2+3 Matilde de Rosa Araújo (Matarraque, Cascais) e cito” O Governo quer acabar com os furos nos horários em todas as escolas do País. A intenção, anunciada ontem pelo primeiro-ministro José Sócrates, durante uma visita à Escola Básica 2+3 Matilde de Rosa Araújo (Matarraque, Cascais) esbarra na falta de recursos humanos, materiais e financeiros, segundo juram ao CM várias estruturas sindicais”. Pelo que está dito parece ser e apesar de esta ser uma escola modelo uma queixa generalizada. Como boa nova a Presidente do Conselho Executivo Hélia Rodrigues disse “Na EB23 que dirige, os furos são preenchidos com várias actividades: aulas TIC, biblioteca, ludoteca, clubes do ambiente, da jardinagem e bricolage, iniciativas desportivas”.

Era isto que o grupo de trabalho do qual eu fazia parte queria implementar só que, mesmo assim esbarrou na falta de recursos.

Aqui fica o Projecto OEA.

 


Prémio halloween.


Foto vencedora do concurso halloween promovido pelo sapo

E porque este blogue trata de brincadeiras artísticas, e também porque a reportagem foi feita aqui, aconteceu estar na minha caixa de correio...

Vencedor Passatempo Halloween 2006 - Fotos SA... (164 de 172)

 

Caro(a) Vencedor(a),

Muitos Parabéns!

Vimos por este meio felicitá-lo por ter sido um dos vencedores do Passatempo Halloween 2006 do Fotos SAPO.

Atenciosamente,

 

http://info.sapo.pt/nn/705328.html

 


Cavalo ou burro?..2

Quando há uns tempos atrás se levantou a questão se era cavalo ou burro, a dúvida manteve-se por um certo tempo até que alguém (alunos) dentro da área de projecto ( Área curricular não disciplinar), se lembrou de lhe pôr um livro à frente e uns óculos e chamar-lhe doutor.
Claro que não me opus e até achei a ideia engraçada, sem ofensa.... mas acho até que se adequa  com uma certa ironia  para  a classe politica, para aqueles  que se julgam uns letrados e vão fazendo de nós (seus eleitores) burros.

Foi uma volta engraçada que o bicho levou, mas o certo é que se portou muito bem como mascote da turma do 6º A na festa de S. Martinho que se realizou na escola EB 2,3 Mota Pinto.

Ver Fotos do S.Martinho na Escola

Bom Fim-de-Semana.


À procura..


Capela da Nª Sª Conceição em Parada de Gonta

 

Projecto para outro olhar sobre Parada de Gonta.

Dia chuvoso, recolhido em casa e lápis na mão fui  olhando para a capela.

Esta capela é de 1738, foi a 1ª em Parada de Gonta e onde se celebraram  as primeiras  missas da aldeia. Por isso se situa no centro da aldeia na Rua Direita.

Vai ser passada a tinta acrilica sobre tela para completar o 3º Olhar sobre Parada de Gonta.

 


ACR" Os Amigos"


Foto dos participantes no percurso. Entrada da Quinta de Lemos em Silgueiros.

ACR”Os Amigos” de Parada de Gonta.

 

No dia 11 de Novembro comemoraram o seu 28º Aniversário.

 

Ver fotos do Aniversário.

Ver vídeo do Aniversário.

Ver vídeo da noite de S.Martinho.

Ver vídeo do convívio e boa disposição.

 

No dia 12 de Novembro, organizaram um percurso pedestre desde a sua sede em Parada de Gonta, até à quinta de Lemos em Silgueiros. No regresso foi visitada a Quinta dos Três Rios.

 

Ver fotos do percurso e das visitas.

 

 

Nota: reportagem feita a caldos de galinha sendo por isso parca em informação escrita por causa da recaída. Obrigado a todos aqueles que manifestaram o seu apoio às minhas melhoras.

 


?????????

Vou ter que parar o blogue por uns tempos.

O bichinho da doença anda a querer meter-se comigo.

Vou retemperar forças.

Para todos os bloguistas um grande abraço.

 


25º Convívio do GT!..


Foto no Restaurante das Bombas - Canas de S. Maria

Desabafos!..

O Grupo do Tacho como vem sendo hábito, mais uma vez fez um jantar convívio e desta feita em Canas de Santa Maria. Foi um arroz à valenciana muito bem confeccionado no restaurante das bombas, mais conhecido por Sr. Agostinho.
Apareceram 10 elementos para fazer parte deste convívio o que muito me agrada por ser um dos mentores a criar o Grupo do Tacho e embora se tenha notado a falta de alguns criadores deste grupo, é certo que era com objectivos diferentes, mas que no fundo o objectivo base (convívio e a amizade) iria servir para que todos paradenses participassem e mostrassem a sua afectividade para com a terra.

Não é lícito que as pessoas se avaliem pelas suas profissões ou pelos valores materiais que apresentam ter, sabendo muitas vezes nós que nada valem e que têm atitudes nadas condignas com os valores morais preconizados para o século em que nos encontramos, mas de todo agrado acho e penso que as pessoas se devem avaliar e  medir pelas atitudes que tomam.

Neste caso é de respeitar todos aqueles que querem fazer parte deste convívio sejam eles pobres ou ricos mas que tenham atitudes condignas, e que com certeza são muito mais valiosos que aqueles que julgam que detêm o poder e o conhecimento das coisas só porque tiveram mais sorte na vida. Julgam-se mais importantes só porque estão em lugares chave da “sociedade” que nos é apresentada. É uma sociedade que cria vícios e que transmite ideias que são ocas. Para isso, é preciso denunciá-las, combatê-las e gritar bem alto que não cabem neste tipo de sociedade que preconiza valores morais e democráticos mais consentâneos com a idade  contemporânea, a sociedade em que todos valem pelo que são e não pelo que apresentam ter, para que não se volte àquela fase conturbada em que os homens valiam só pelo que apresentavam ter, que se denominou por Idade Média. Não queremos voltar ao mesmo e recuar na história.

É pena que este tipo de ideias ainda tenham muita força e sejam ouvidas e seguidas por muitos nos tempos que correm.

De qualquer forma foi um convívio agradável só pelo prazer da amizade.

 

Ver vídeo do convívio do Grupo do Tacho 

 


Nota: Vale a pena ver estes vídeos do convívio entre Checos e Paradenses nas noites de Verão em Parada de Gonta. É a alegria de viver..
1- Ver vídeo da Serenata em Parada de Gonta

 

2- Ver vídeo de Parada de Gonta em Festa

 


Halloween em Parada de Gonta.

hallowen1.jpg

 

Eles estiveram por cá..

Pediam gostosuras!.. Quem não desse... nem que fosse apenas um sorriso, levava com  travessuras.

A Inês, a Joana, a Raquel e o Rui vão contar e dizer os pormenores.

Estou curioso por saber as peripécias que vão ser contadas desta noite diabólica passada em Parada de Gonta!..

Ver Mais Fotos Diabólicas.

 

 


 

Duas formas parecidas de conhecer a origem  do halloween/dia das bruxas

1 - A origem do "halloween" remonta às tradições dos povos que habitaram a actual ilha da Irlanda, Gália e as ilhas britânicas entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcadas diferenças em relação às actuais abóboras ou da famosa frase "Doces ou Surpresas", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração.

Originalmente, o halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de Outubro e 2 de Novembro e marcava o fim do verão ("samhain" significa literalmente "fim do verão" na língua celta).

O fim do Verão era considerado como ano novo para os celtas. Era pois uma data sagrada uma vez que, durante este período, os celtas consideravam que o "véu" entre o mundo material e o mundo dos mortos (ancestrais) e dos deuses (mundo divino) ficava mais ténue.

O Samhain era comemorado por volta do dia 1 de Novembro, com alegria e homenagens aos que já partiram e aos deuses. Para os celtas, os deuses também eram seus ancestrais, os primeiros de toda árvore genealógica.

 Retirado da Wikipédia

 

2 - O Dia das Bruxas nasceu de uma lenda dos druidas, sacerdotes dos celtas, povo que habitava a Inglaterra por volta do ano 200 a.C. Na noite de 31 de Outubro, segundo eles, todas as bruxas, demônios e espíritos dos mortos se reúnem para uma grande festa. O medo que a comemoração causava foi sendo esquecido e ela se transformou em uma grande folia para a garotada. Nos Estados Unidos, ela é chamada de Halloween.

 

 

 

Travessuras ou Gostosuras?(Trick-or-treat)

1 - A brincadeira de "doces ou travessuras" é originária de um costume europeu do século IX, chamado de "souling" (almejar). No dia 2 de novembro, Dia de Todas as Almas, os cristãos iam de vila em vila pedindo "soul cakes" (bolos de alma), que eram feitos de pequenos quadrados de pão com groselha.
Para cada bolo que ganhasse, a pessoa deveria fazer uma oração por um parente morto do doador. Acreditava-se que as almas permaneciam no limbo por um certo tempo após sua morte e que as orações ajudavam-na a ir para o céu.


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.