Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Cavalo ou burro?..3

 

Voltando à carga com a história do dito burro que era para ser cavalo, porque ele saíu da sala das arrumações e voltou a animar as hostes no sarau da escola EB 2,3.

Como foi noticiado no post cavalo ou burro?..1, onde foi concebido para ser a mascote do 6º A para decoração da mesa de S.Martinho como sendo o “Cavalo de S.Martinho”, só que depois de uns arranjos num lado e mais arranjos no outro, o cavalo que nunca chegou a ser, mais parecia um burro (jumento). Tantas voltas se deu na Área de Projecto, (área curricular não disciplinar que tem como princípio a metodologia de projecto), e ao qual ele foi concebido num projecto bem executado (pelo menos bem intencionado) pelos alunos, mas infelizmente a sua concretização nunca se pareceu com o dito cavalo.

Que volta se havia de dar?

Como os alunos são muito imaginativos e para não perderem a sua mascote para decorar a sua mesa, resolveram pôr-lhe uns óculos e um livro à sua frente, como se noticiou neste post cavalo ou burro?..2 e chamaram-lhe doutor. E como salientava eu nesse post “Foi uma volta engraçada que o bicho levou, mas o certo é que se portou muito bem como mascote da turma do 6º A na festa de S. Martinho que se realizou na escola EB 2,3 Mota Pinto”.

Pois ele agora voltou, não para dar mais voltas ao seu visual e reclamar o seu estatuto merecido de equídeo, mas porque os alunos resolveram desenterrar a questão: "ser cavalo ou burro?". Então decidiram que o dito animal devia ser vendido para que não houvesse mais discussão. Foi assim criada uma peça de Teatro com o nome “Comércio Amador”. Aqui  posso garantir que foi um original criado pelos próprios alunos, que fez rir e a bom rir todas as pessoas que assistiram ao Sarau de Natal.

Foi assim a Área de Projecto.. mesmo correndo mal a realização do que se tinha projectado, conseguiu-se dar a volta de forma positiva sem perder os princípios da metodologia do projecto e com uma certa dose de humor foi dada uma solução ao problema inicial surgido.

Como nota de rodapé, digo que esta história já passou para o outro lado do Atlântico e foi muito bem ironizada pelo Voz do Seven 2. Vale a pena espreitar…

 

Ver fotos do Sarau de Natal


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.