Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Cartazes de Carnaval - Vencedores

 
    Fábio Branco 9ºB - 3º Ciclo                Filipe Pais 6ºA - 2ºCiclo

 

Cartazes vencedores dos 2º e 3º Ciclos para divulgação do Carnaval de 2008 no Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão.

Foi feita uma primeira selecção aos cerca de uma centena de cartazes pelos professores de EV e EVT e outros. Depois  foram postos para uma 2ª selecção estes e mais cinco de cada turma, aos professores do Agrupamento da Escola.

Depois de uma pequena verificação a maioria votou nestes cartazes do Fábio Branco do 9ºB e do Filipe Pais do 6º A, para divulgar o Desfile de Carnaval do Agrupamento.  
Foi feita uma reprodução destes cartazes e foi colocado o texto para divulgação do Carnaval.Serão pintados pelos alunos das respectivas turmas do Fábio e do Filipe o mais fielmente possível de acordo com os critérios estabelecidos, para posterior afixação nas Freguesias que pertencem ao Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão: Ferreirós do Dão, Parada de Gonta e Lajeosa do Dão.

Ver Cartazes do 2º Ciclo

Ver Cartazes do 3º Ciclo

 


E as Recomendações do CCAP?

Bem..as recomendações do CCAP (Conselho Cientifico para a Avaliação dos Professores) já estão na DGRHE. Nas expectativas que foram criadas para a elaboração dos instrumentos de registo e indicadores de medida,   parece que a montanha pariu um rato. Tanto se esperou para depois dizerem o que todos sabem e baseado na literatura que todos conhecem. Com tanto rigor nos prazos este ministério dificilmente cumpre e para mostrar que faz só cria confusão. Agora as escolas têm que se desenrascar, aquelas que julgavam ter autonomia acreditando que assim era e criaram os seus departamentos curriculares de acordo com as suas necessidades, vão ter que desmantelar tudo, porque o diploma 2/2008 assim o exige, e porque a avaliação passa por quatro coordenadores dos quatro departamentos criados pelo 200/2007 para professor titular.

A pressa era tanta que mesmo por o CCAP não estar legalmente constituída, o próprio ministério divulgou um despacho (despachos e despachadinhos é com eles) delegando competências (em vez de ser o conselho) na sua presidente, já designada, responsável pela elaboração das recomendações agora conhecidas. Mais, a responsável salienta ainda que as recomendações que produziu têm «carácter genérico», pelo que poderão vir a ser aprofundadas e complementadas por outras que venham a ser produzidas quando aquele órgão estiver formalmente constituído. Em jeito de conclusão diz-se, acerca das recomendações, que a montanha pariu um rato. Para estas recomendações tipo maternais não eram precisas tantas expectativas que se foram criando julgando ser um documento importantíssimo que desse indicações para os referidos instrumentos de registo e indicadores de medida. O certo é que são mais papeis na pilha para a construção da pirâmide burocrática ao serviço do ME, onde vamos ganhar de certeza o prémio da pirâmide burocrática mais alta do mundo e entrar no guiness book.

Outra conclusão se tira é do tempo que o Ministério levou para divulgar as recomendações que deveriam ser analisadas pelo CCAP e nem isso conseguiu, a não ser através da delegação de competências, atrasando-se tanto, que arrastou consigo todos os prazos estipulados no Dec. Regulamentar 2/2008. Então imaginemos o que seria se aquele pessoal do ME que se julga tão trabalhador tivesse que preencher fichas atrás de fichas, propostas dos avaliados, planos, autoavaliações, instrumentos de registo, indicadores de medida, materiais pedagógicos, planos de aulas, planificações por aula, por unidade, por período, por ano…. E as aulas? E os testes? E as aulas de substituição? E as reuniões que, para resolver estes problemas, já duram horas e mais horas? E as reuniões entre coordenadores e professores a avaliar, nalguns casos em números bem elevados? Quantas fichas de avaliação, autoavaliações e observações, com oito grupos diferentes no mesmo departamento? E as acções de formação contínua obrigatórias? Supomos que eles tinham também que fazer isto (não é o mesmo que legislar para impor), será que davam prazos de 20 dias para que as coisas fossem aprovadas? Assim com exemplos deste rigor  aonde vamos parar????????????


2º Registo da Comissão de Festas S. Ana 2008

 

No dia 26 de Janeiro de 2008, realizou-se a 3ª reunião da Comissão de Festas Santa Ana de 2008 – Parada de Gonta, com a presença de 8 mordomos. Mais uma vez nesta reunião foram dados mais alguns passos importantes para que não se atrasem os preparativos da festa. Foram delineados os conjuntos para os 4 dias de festa e feito o seu escalonamento ao longo dos dias. Vai ser uma aposta forte com conjuntos de grande qualidade. Não são revelados nomes porque o segredo é alma do negócio e os responsáveis da festa já entraram em contacto com alguns conjuntos (falta apurar alguns pormenores) que queremos que venham actuar na Festa de Santa Ana nos dias 1, 2, 3 e 4 de Agosto.

Foi constituída a comissão que irá tratar dos assuntos: Jorge Xavier, Agostinho Silva, João Daniel e Edgar Coutinho.

Nesta 3ª reunião estiveram presentes: Wendy, Agostinho Silva, Jorge Xavier, Miguel Xavier, Carlos Rodrigues, João Daniel, José Pedro e Edgar Coutinho.

Vai haver novamente outra reunião, no próximo Sábado, no mesmo local e à mesma hora, e esperamos que apareçam mais elementos. Daqui também se faz um apelo aos emigrantes que fazem parte de Comissão de Festas 2008, para que nos digam a melhor forma de lhes fazer chegar os bilhetes da Festa de Santa Ana.

Está é a 2ª acta da Comissão de Festas 2008 e como já foi referido na outra,  sempre que se justifique serão dadas aqui as informações sobre o decurso desta Festa de Santa Ana 2008.

 

 

Foi criado um blogue da Comissão de Festas 2008, que servirá de plataforma de comunicação entre os elementos da Comissão. No Arte por um Canudo ficarão os registos e procedimentos para que se faça a festa e servirá de guia para as próximas comissões.O Nome e o endereço do blogue é:

 

Festas de Santa Ana 2008 - Parada de Gonta


O 1º Cartaz

 

Este é o primeiro Cartaz feito pelo Márcio do 6ºA para anunciar o Desfile de Carnaval na EB 2,3 Prof. Dr. Mota Pinto.Como prometido aqui fica.

O texto será colocado na Cartaz vencedor, que terá o privilégio de anunciar nas Freguesias do Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão o Desfile de Carnaval, o dia, a hora e o local.

PARABÉNS MÁRCIO PELA TUA PRONTIDÃO...


Comissão de Festas S. Ana 2008

 

Fez-se hoje, dia 19 de Janeiro de 2008, a 2ª reunião da Comissão de Festas Santa Ana de 2008, com a presença de 9 mordomos. Como a 1ª reunião feita há 1 mês atrás só apareceram 3 mordomos, pode-se considerar que esta 2ª reunião foi um avanço. Nesta reunião já se deram alguns passos importantes para que não se atrasem os preparativos da festa. Foi dado o OK para o contacto com os conjuntos, a escolha de prémios para os bilhetes, ordens para que se mandem fazer 300 livros de 25 bilhetes cada, contactos para arranjar patrocínios e delineado como deve ser o cartaz da festa.

Apesar de não haver qualquer comissão constituída para o efeito, já se tomaram estas decisões para que o processo não se atrase mais. No próximo Sábado, vai haver nova reunião pelas 15.30 h, no salão da Junta de Freguesia, para delinear todo o esquema, verificar dos avanços das decisões tomadas hoje e constituir Comissão Legal para efeitos de responsabilidades a nível jurídico.

Na 1ª reunião estiveram presentes: Rogério, Agostinho e Camilo.

Na 2ª reunião estiveram presentes: Wendy, Márcia, Agostinho Silva, Jorge Xavier, Miguel Xavier, Carlos, Ricardo Reis, João Daniel.

Esperemos que apareçam mais mordomos na próxima reunião para que o trabalho seja repartido equitativamente por todos e para que não haja sobrecarga nalguns, porque como é evidente todos trabalham ou estudam e o tempo disponível não é assim tanto.

Está é a 1ª acta da Comissão de Festas 2008 e sempre que se justifique serão dadas aqui as informações sobre o decurso desta Festa de Santa Ana 2008.

 


Desenho

 

Ninguém pode ficar indiferente ao trabalho do Fábio Branco,aluno da EB 2,3 Prof. Mota Pinto, sobre Racismo. Trabalho a lápis de pastel revelando  uma técnica impressionante.

O Fábio é um aluno em "risco de abandono" que adora as aulas práticas e gostava de estudar artes mas...é o tal mas que por falta de meios deixa muitos alunos de fora. Mas que é um artista é e é pena que não possa seguir a sua vocação.


Geometria (4,5 e 6) nas composições

Faz parte do programa de conteúdos de Educação Visual e Tecnológica a “Geometria”. Dentro desta área a divisão da circunferência em 2,3,4,5,6 e 8 partes iguais é tema obrigatório. Criar composições com estes temas já é uma opção de criatividade, que na EB 2,3 Prof. Mota Pinto é feita e faz parte das planificações efectuadas pelo grupo.

 

Composição com a divisão da circunferência em quatro partes iguais.

Tomando o quadrilátero equilátero como referência

encontramos a disposição das formas.

Ver mais composições com a divisão em quatro partes  iguais nos trabalhos dos alunos

Composição com a divisão da circunferência em cinco partes iguais.

Tomando o pentágono equilátero como referência encontramos a disposição das formas

Ver mais composições com a divisão em cinco partes iguais nos trabalhos dos alunos


Eleições - ASSODREC

Realizaram-se as eleições para os Corpos Directivos da ASSODREC- Associação de Solidariedade Social de Parada de Gonta - para  triénio 2008-2010.
A Lista A que vai gerir os destinnos da Associação durante este triénio é composta por:

Assembleia

 

Presidente – José Carlos Almeida Marques

1º Secretário – Maria Sílvia Matos Figueiredo

2º Secretário – Maria Crisália Pais Pereira Riquito

 

Direcção

 

Presidente – Manuel Rodrigues dos Santos

Vice-Presidente – António Manuel Amaral Rodrigues da Cunha

Secretário – Marco Rafael Marques dos Santos

Tesoureiro – António Cardoso Pereira Órfão

Vogal – Emílio Matos Almeida

1º Suplente – Maria Alexandra do Couto Silva Cunha

2º Suplente – José Correia Gonçalves

3º Suplente – Maria Paula da Silva carvalho Riquito

4º Suplente – Fernando Vale de Moura Coutinho

5º Suplente – Sónia Alexandra Almeida

 

Conselho Fiscal

 

Presidente – Paulo Rui Couto Silva Cunha

1º Vogal – Maria Conceição Correia Órfão

2º Vogal – Antero Rodrigues Figueiredo

1º Suplente – João Carlos Amaral Rodrigues da Cunha

2º Suplente – António marques da Silva

3º Suplente – Yoan Moreira Marques

 


Burocracia (avaliação de desempenho dos professores)

 

Ao ritmo que está a ser produzida legislação relacionada com as escolas e a sua forma de organização, leva-me a crer que a maioria dos decretos, leis, despachos e normas, estão a passar ao lado dos seus actores. São rimas e rimas de papéis que todos os dias é preciso consultar, só que o tempo disponível não chega e estes passam sem se ter conhecimento pelo menos com a consciência do que se está realmente a ler. Vem isto a propósito do novo diploma Novo regime de autonomia, administração e gestão das escolas estar em consulta pública aberta à participação de todas as associações e organizações, bem como dos cidadãos em geral, até 31 de Janeiro. Era minha convicção que muitos dos professores estavam em condições de emitir a sua opinião sobre este diploma, quando ontem, dia 10 de Janeiro, são novamente confrontados com a saída em Diário da República do Decreto Regulamentar nº 2/2008 que Regulamenta o sistema de avaliação de desempenho do pessoal docente da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário”. Sendo este também um diploma muito polémico, que foi agora promulgado sem levar em conta outras opiniões, e que no seu artigo 34º ponto 1 diz e cito “Nos primeiros 20 dias úteis após a entrada em vigor do presente decreto regulamentar são, em cada agrupamento de escolas ou escola não agrupada, aprovados os instrumentos de registo e os indicadores de medida a que se referem os artigos 6º e 8º”. Ora, como se verifica a focalização das atenções passa para este decreto regulamentar da avaliação, deixando o da discussão pública “autonomia, administração e gestão das escolas” para as calendas, porque este diploma sobre a avaliação do desempenho dos professores, prevê só vinte dias para que o processo de avaliação esteja em condições de avançar, com penalizações se os prazos não forem cumpridos. Para isso é preciso que avaliadores e avaliados façam os seus registos e indicadores de avaliação. Não vai ser fácil arranjar indicadores de medida objectiva dentro dos parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Educação. É um pau de dois gumes que o ME atirou para as escolas. É preciso que haja serenidade neste processo, respeito e igualdade no tratamento, para que ninguém saia prejudicado dum sistema já de si injusto.
Parece-me e creio que o ME fez o seu papel, ocupando mais uma vez os professores para que eles passem ao lado e não possam deixar a sua opinião no actual projecto que está em consulta pública até 31 de Janeiro.

Sobre burocracia implantada nas escolas:

http://arteagostinho.blogs.sapo.pt/183726.html

 

http://arteagostinho.blogs.sapo.pt/177719.html

 

http://msprof.blogspot.com/2008/01/s-o-tempo-dir.html

 

 


Geometria (2,3)nas composições

Faz parte do programa de conteúdos de Educação Visual e Tecnológica a “Geometria”. Dentro desta área a divisão da circunferência em 2,3,4,5,6 e 8 partes iguais é tema obrigatório. Criar composições com estes temas já é uma opção de criatividade, que na EB 2,3 Prof. Mota Pinto é feita e faz parte das planificações efectuadas pelo grupo.

 

Composição com a divisão da circunferência em duas partes iguais.

Tomando o diâmetro (espelho) como referência encontramos a disposição das formas de igual modo de um lado e do outro (simetria).

 

 Ver mais composições com a divisão em duas partes nos trabalhos dos alunos

Composição com a divisão da circunferência em três partes iguais.

Tomando o triângulo equilátero como referência encontramos a disposição das formas.

 

Ver mais composições com a divisão em tês partes nos trabalhos dos alunos


Regresso à escola.


Desenho a lápis de cor

 

Depois das festas..o regresso às aulas.

Para todos os Estudantes que passam por este blogue ficam os votos de sucesso académico para o 2º período, nesta segunda etapa do ano lectivo de 2007/2008.

Para os professores novas medidas vão surgir e mexer com a orgânica da escola. Estão na calha a avaliação dos professores e o novo modelo de gestão, chamado (novo modelo de autonomia, administração e gestão das escolas), estando este em consulta pública até 31 de Janeiro de 2008. Para que não haja surpresas aconselho a lerem o projecto de Decreto-lei e darem vossa opinião sobre o assunto, porque se vão verificar mudanças radicais se este projecto ficar como está.

A todos os Professores e outros Actores Educativos..Bom Trabalho!..

 

Observação: Como forma de participar na consulta pública sobre este projecto, e se discorda propomos que assine o abaixo-assinado promovido pela FENPROF.

Para isso, visite  e assine
http://www.sprc.pt/asps/gestaoescolas.htm

 


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.