Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

O Blog trata de brincadeiras artísticas, escola, paradadegonta e bisbilhotices. Costumo dizer "arte sem arte é uma nova forma de arte". Dizer o que vai na alma ..é sentir o que me rodeia. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

O Blog trata de brincadeiras artísticas, escola, paradadegonta e bisbilhotices. Costumo dizer "arte sem arte é uma nova forma de arte". Dizer o que vai na alma ..é sentir o que me rodeia. email: ag_silva@hotmail.com

Carnaval em Parada de Gonta-2009

 

Alguns grupos ainda se manifestaram nas ruas de Parada de Gonta. Estava previsto o jogo da Púcara.Este grupo ainda tentou animar as ruas com os seus trajes e as suas fantasias e partindo alguns púcaros.

A história resume-se em querer avivar uma tradição do jogo da púcara, só que faltaram os jogadores para tal.

Assim perdeu-se um desfile que já começava a ter tradição nos carros alegóricos com a sua sátira ao poder local e ao poder politico.

Fica a vontade de mudar mas também fica a experiência que mudar só por mudar nem sempre é o melhor.

Postal de Parada de Gonta...26


Foto familia do Sr Rogério - Levada do Rio Pavia dos anos 70

                              

Parada e o Rio Pavia
Casaram sem dar na vista
Tiveram um filho RIBEIRO
Foi Poeta e Estadista!

Pavia e teus encantos
E as tuas margens a florir
Peçam a Deus e aos Santos
Para a Ponte não cair

Moleiro, conheces bem
Quando a Levada está forte
Quando o vento é do norte
E as curvas que a estrada tem!
E as enguias fresquinhas
E o tinto das nossas vinhas!
Como isso sabe tão bem.
 

Poema de Zé Carrapato

 

Desfile de Carnaval - 2009


Desfile na EB 2,3 Prof. Dr. Mota Pinto - Lajeosa do Dão

 

Até o Engº Sócrates aparece com a Ministra da Educação, Maria de Lurdes, de chicote na mão a perfilar os professores. E eu muito caladinho lá ia....

 

Desta vez decidiu-se, depois de ouvidos os Departamentos Curriculares que, em vez do tradicional Desfile de Carnaval pelas ruas da Lajeosa do Dão, fazer um Concurso/Desfile de Máscaras na própria escola, uma vez que nos últimos dois anos, depois de se fazer a programação de actividades para o exterior percorrendo a Vila da Lajeosa do Dão, por motivos de mau tempo, teve-se que ficar na escola e sem as condições ideais porque não tinha sido programada para ser assim.

Passando-se ao Concurso/Desfile de Máscaras de Carnaval, alunos e professores associados ao evento foram desfilando ao ritmo das músicas de Carnaval e perante um júri, constituido pelos representantes dos pais / encarregados de ducação, funcionários da escola e professores que iam atribuindo a sua pontuação.

Com o mesmo entusiasmo de outros anos, a alegria foi patente no rosto de todos aos participantes desde os mais novos aos mais velhos, à medida que iam mostrando as suas máscaras, os seus trajes e a sua coreografia e ouviam os aplausos das pessoas que se encontravam no recinto da  escola para ver este evento.

Toda esta cor e envergadura que caracteriza o Carnaval foi elaborada pelos alunos nas  aulas de Área de Projecto, a decoração do recinto, a organização e a dinamização do evento esteve a cargo do Departamento de Expressões com ajuda dos Directores de Turma.

Toda escola foi envolvida neste projecto que estava inserido no Plano Anual de Actividades.

 

 

 

Vencedores do Concurso Desfile de Máscaras
2º Ciclo – 5ºB
3º Ciclo – 8ºA
Por Grupos: nº15,16 e 17 do 9ºA
Individual – Luis Silva - 6ºA
Parabéns a todos os que participaram no desfile.
 

Planificações de Unidades de Trabalho - EVT

 

 

Planificações de Unidades de Trabalho na Disciplina de EVT referentes ao 1º Período do ano lectivo 2008/09

Planificação U.Trabalho-Des.Observação /Fig. Geométricas-6ºA

Planificação Unidade de Trabalho- Des. de Observação/Naturezas Mortas-6ºA

Planificação U.Trabalho-Outono-Tempo a Envelhecer 5ºB

Planificação U.Trabalho-Viver o Natal-5ºB

Planificação U.Trabalho-Viver o Natal-6ºA

Planificação U.Trabalho-Medidas/Labiri nto-5ºA

Planificação U.Trabalho-Viver o Natal-5ºA

Planificação U.Trabalho-Elementos da Forma-5ºB

Planificação da Unidade de trabalho - Dar Asas à Imaginação-5ºA

Planificação da U. de Trabalho-Outono-Tempo a Envelhecer-5ºB

Planificação da U. de trabalho-Vamos Começar-5ºB

Planificação da U. de Trabalho-retrato de Familia-5ºB

Planificação U.Trabalho-As Férias-6ºA

Planificação U.Trabalho-Retrato de Familia-5ºA

VER PÁGINA EDUCAÇÃO VISUAL E TECNOLÓGICA

 

Postal de Parada de Gonta...25

Foto familia do Sr Rogério - Casa e Castelo de S.José dos anos 70

 

 Adeus telhado velhinho
O Brasão parece um ninho
La na esquina que beleza
Janelas abertas ao vento
E as paredes com o mau tempo
Choram de tanta tristeza.

Ao que outrora se chamava
Distintivo da nobreza.
Dizem que hoje não vale nada
Mas nesta linda PARADA
Sera sempre uma riqueza
 

 

Poema de Zé  Carrapato

Em dia de namorados..

 

Não sei, não, não sei!..Escrever no dia dos namorados o amor/ódio entre sindicatos da educação vs ministra da educação, é como deitar gasolina para uma fogueira.
Muito se disse e muito está para dizer… mas certo é que existe um mau estar nas escolas por declarações destes protagonistas em relação à razão de quem tem razão.
O ministério da educação através da tríade Maria de Lurdes, Valter Lemos e Jorge Pedreira amedrontam e ameaçam os professores se não entregarem os objectivos individuais, os sindicatos através doutra tríade Fenprof, FNE e Plataforma Sindical ameaçam também que, quem entregar os objectivos individuais está a acobardar-se e a virar a cara à luta que se vem mantendo desde a revisão do Estatuto da Carreira Docente, contra a ministra da educação.
É um dilema  para os professores que ficam no meio desta zanga e que parece uma  arrufa de namorados. Quem entrega é cobarde, está a trair a causa, quem não entrega é herói por uns dias mas com o credo na boca.
Agora entra a luta jurídica, já começam os pareceres dos nossos famosos juristas em direito do trabalho, uns para dar razão à não entrega dos objectivos individuais e outros darão razão aos que exigem a entrega dos mesmos.
O mal-estar e a crispação entre quem entregou e quem não entregou está lançado…agora só restam saber as consequências que daqui advirão.

 

 

Máscaras

 

Construção de Máscaras para o Baile de Máscaras que se vai realizar na Escola EB 2,3 Prof. Mota Pinto.

Simples de fazer com tiras de gaze com gesso (próprias para o efeito) e uma pelicula de plástico muito fino para proteger a cara.

Depois serão Lixadas para tirar as rebarbas e pintadas ao gosto de cada aluno.

Postal de Parada de Gonta...24

 Foto familia do Sr. Rogério - Um entardecer no Largo do Terreiro de Parada de Gonta dos anos 70.

 

Quem tem mal de amor
Va até Parada passear
Tenham cuidadadinho
Parada é um ninho
E podem um dia la ficar.

Amigos aos montes
Como isto é lindo ai Jesus
Com namoricos nas fontes
Até o terreiro tem mais luz.

Agostinho e esta foto
Faz do Castelo
Uma alegria,amor e fé
Erguido em boa hora
So quem ca mora
Conhece o que isto é.

 

Poema Zé Carrapato

 

Lobos camuflados de Cordeiro.

   Não haja dúvida que o mundo está cheio de lobos camuflados de cordeiro. Até agora vendiam-nos o liberalismo com  suporte de capitalismo selvagem como a única saída para qualquer país. Existiam os defensores, os grandes ideólogos chamados deuses do liberalismo que davam lições nas grandes cimeiras para proclamarem o sucesso desta politica selvagem. Produtividade, competividade e objectivos cada vez mais altos em função do lucro parecia ser o milagre para qualquer país. 
   Degradavam-se cada vez mais as condições de trabalho, perdiam-se direitos consagrados e cada vez trabalhava-se mais horas para que o objectivo do lucro fosse alcançado. Surgiam as lutas dos trabalhadores contra tais politicas de degradação das condições de trabalho, mas contra tais politicas nada havia a fazer porque era a ideologia comum em todos os países. Chegamos a ter um retrocesso nos direitos dos trabalhadores que alguns contam muito perto da idade média. A sociedade de lazer proclamada para o sec. XXI cada vez era mais uma utopia. E para quê? Para que de repente a ganância que sempre se manifestou nos grandes senhores  caísse por terra. Agora aqueles que defendiam o liberalismo com suporte de capitalismo selvagem são os primeiros a fechar as empresas e deixar no desemprego milhares e milhares de trabalhadores. A eles pouco importa o trabalhador.. é mais uma peça da engrenagem que lhes deu lucro. Estão bem recheados com contas em instâncias invisiveis cobertos por uma politica que vendiam muito bem. Os governos que deviam ser os reguladores e que deviam promover o bem estar social dos seus povos,  embarcaram neste tipo de ideologias colocando-se ao lado do capital e contra os direitos dos trabalhadores. A ganância pelo lucro era a ideologia dominante. Essa politica esgotou e agora estão à espreita de nova oportunidade para surgirem como os salvadores do planeta. 
    Enquanto os lobos camuflados de cordeiro andarem por aí, as injustiças continuarão e a crise baterá sempre à porta dos mesmos.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.