Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Uma visita ao Santuário de Fátima bem à portuguesa.

Em tempo de férias (quase) é preciso aproveitar o que de belo temos cá dentro. A família já me tinha anunciado que gostava de ir ao santuário de Fátima, ver os monumentos e também para afagar a religião que existe dentro de cada um.
Decidimos fazer uma viagem bem à portuguesa. Como não podia deixar de ser, o farnel, a manta e o garrafão, típicos da família tradicional portuguesa.
Pelas 10 horas da manhã (sem stress), saímos de casa e lá fomos a caminho do Santuário de Fátima. Quando chegamos por volta das 12,00h, logo fomos arranjar um lugar onde poderíamos comer/petiscar. Foi só estender a manta no chão, colocar o farnel em posição de ser atacado e o garrafão pronto a afagar as gargantas. Foi muito agradável fazer o piquenique ao ar livre em contacto com a natureza, que até se ouviam os pássaros nos seus cânticos e as cigarras no seu grrrrrr . O convívio que se gera é fantástico do género: Ó Rogério passe aí o garrafão!. e vai mais uma pinguinha dizia o meu sogro.  Olha que vocês ainda a apanham dizia a minha mulher!. E pensava o meu filho lá para os seus botões, se eu também gostasse da pinga como estes mais velhos quem é que iria conduzir o carro?. Depois foi a visita ao santuário conforme as fotos o documentam.

 

 


5º Funcionário Público

Já não chegavam 4 que teve que aparecer o 5 e as coisas ficaram na mesma. Como toda a gente gosta de bater no que é público, vamos chamar-lhes funcionários públicos.

 
ERA UMA VEZ...


4 Funcionários públicos chamados
Toda-a-Gente, Alguém, Qualquer-Um e Ninguém.
 
Havia um trabalho importante para fazer e
Toda-a-Gente tinha a certeza que Alguém o faria.


Qualquer-Um podia fazê-lo, mas Ninguém o fez.


 
Alguém se zangou porque era um trabalho para Toda-a-Gente.


Toda-a-Gente pensou que Qualquer-Um podia tê-lo feito, mas Ninguém constatou que Toda-a-Gente não o faria.


No fim,
Toda-a-Gente culpou Alguém, quando Ninguém fez o que Qualquer-Um poderia ter feito.


Foi assim que apareceu o
Deixa-Andar, um 5º funcionário para evitar todos estes problemas.

 


Parabéns!. Ramiro e Aurélio

   

Porque os bons acontecimentos devem ser divulgados..O Sr. Ramiro e o Sr Aurélio, como fazem todos os anos, comemoram o aniversário junto dos seus amigos. São 73 Primaveras para o Sr. Ramiro e 68 primaveras para o Sr. Aurélio. Parabéns pelo aniversário e que continuem a comemorá-los por muitos mais anos junto dos amigos, com alegria, boa disposição e com qualidade de vida.


Blog dos X-BROTHERZ

 

 

A seu pedido, e porque este é também um espaço de divulgação dos paradenses, os X-BROTHERZ anunciam o endereço o seu blog...

Constituído por dois jovens de Parada de Gonta, fazem a sua apresentação da seguinte forma  “Somos um dueto de Hip-Hop, com o nome de -X- Brotherz, constituídos pelo X-Kizit (Melchior Sá) e pelo FireX (Dennis Amaral). Somos de Parada de Gonta, concelho de Tondela, distrito de Viseu.

 

Os X-BROTHERZ  passam a ter o seu próprio blog onde colocam os temas das suas músicas e o espaço para serem contactados.

Fica o URL: X-BROTHERZ


Alunos com Desempenho Meritório - Parada de Gonta

Se observar-mos bem  as tabelas onde foram registados os melhores alunos da EB 2,3 Prof. Mota Pinto, verificamos que das 9 turmas do ensino regular desde o 5º até ao 9º ano, constam 5 alunos de Parada de Gonta com Desempenho Meritório. Mas uma observação mais atenta, verificamos que por ano, os alunos com desempenho mais elevado, 4 são de Parada de Gonta, a Bárbara no 5º ano, a Melissa no 6º ano, a Joana no 7º ano e o Fábio no 8º ano. Merecem os Parabéns de todos os Paradenses.

Alunos -Desempenho Escolar Meritório


Emoções

Despedidas para uns, continuidade para outros, fazem parte da vida de professor e criam emoções fortes dificeis de ultrapassar.

Despedidas podem doer, mas a vida é assim…
Saem uns, outros chegam e a vida continua, porque é assim a signa da profissão de  professor. As lágrimas mais envergonhadas correm disfarçadamente pelo canto do olho e as mais atrevidas transformam-se em pranto correndo pelas faces, das amizades que foram construídas e agora desfeitas, dos momentos bons e daqueles menos bons mas que todos passaram em conjunto.
São realmente momentos belos e únicos e ninguém os pode tirar a esta classe.
Despedidas doem..mas não apagam as amizades construídas e cimentadas ao longo de 13 anos, Margarida e Céu, e até mais anos se contar com os de Vouzela, Lurdes. Para ti, Sónia, que durante três anos fizemos par pedagógico, a Teresa do Conselho Executivo durante 9 anos e para os colegas de Departamento de Expressões, Marcelo, Fátima, Elisabete e Rosário, sem esquecer todos os outros colegas do Agrupamento, desejo a todos que tenham muita sorte e sejam felizes na nova escola e demonstrem o profissionalismo que revelaram no Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão.
Citando a Prof. Isabel Cantarinha na sua bela canção "Mas...mesmo longe, vós estais perto, ao pe de mim. Pois, entre amigos, entre amigos, é assim".
Foi dada uma lembrança como recordação da escola a todos os professores que partem..
Mas, as emoções não ficaram por aqui. Despedidas e nomeações, tristezas e alegrias no mesmo acontecimento.
Nesta festa de despedida e de nomeações, também assumi o cargo de Sub-Director do Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão a convite do Director, Dr. António Martins, em colaboração com a Educadora Fernanda Mendes. Nesta cerimónia também foram nomeados os Coordenadores de Departamento, a Coordenadora dos Directores de Turma, a Coordenadora da Biblioteca e a Coordenadora TIC.
Antes do lanche convivio, fomos brindados com a bela canção de amizade da autoria da Prof. Isabel Cantarinha. Muito linda.Vale a pena ouvir.
Finalmente, o lanche convivio e as….Despedidas.


31º Aniversário do Rancho Folclórico de Parada de Gonta

Começam as Festas da Aldeia..

A partir dos meados de Julho e durante o mês de Agosto Parada de Gonta estará em festa. Regressam os emigrantes às suas origens e com eles a alegria das noites fantásticas de Parada de Gonta. As ruas da aldeia durante as noites enchem-se totalmente de gente e é a alegria em cada canto no sorriso estampado das pessoas. São os familiares que se juntam, os amigos que se encontram, depois de um ano de trabalho por esses cantos do mundo.

O pontapé de saída  foi dado pelo Rancho Folclórico de Parada de Gonta que comemorou hoje 31 anos, com um almoço convivio aos paradenses que se quiseram associar a esta evento. Depois do almoço convivio, o Rancho Folcórico através do seu grupo cultural brindou os presentes com uma peça de teatro musical, onde os  trechos das suas músicas eram cantados com o humor à mistura. Foi espectacular e todos paradenses deveriam ver, por isso, é bom que se  repita esta peça de teatro musical onde os figurantes e os actores brilharam muito alto com o seu enorme talento.

Parabéns

Teatro - Bocados da Minha Terra


Retirado do Prof. Educação

 

Vou mostrar-vos a tralha burocrática implantada na minha escola e acumulada depois de 3 anos de sucessivas inspecções. Cada inspecção teve como consequência mais papeis.

Vou registar um exemplo: uma actividade realizada numa turma na disciplina de Educação Visual, articulada com a biblioteca, é necessário que seja referenciada nestes documentos:
- Plano Anual de Actividades;
- Planificação geral das actividades de Educação Visual no inicio do ano lectivo; 
- Planificação como unidade de trabalho em Educação Visual; 
- Planificação anual das unidades da disciplina, 
- Planificação da referida actividade;
- Relatório da actividade docente, 
- Referência em duas actas por turma (2º e 3º período);
- Projecto Curricular de Turma;
- Relatório do director de turma; 
- Referência em duas actas do grupo de Educação Visual;
- Planificação da Biblioteca referente às actividades de articulação com os departamentos;
- Relatório da Biblioteca sobre as actividades de articulação;
- Referência em duas actas da biblioteca;
- Referência em duas actas do Departamento de Expressões;
- Referência em dois relatórios da coordenadora da Biblioteca (finis de período);
- Relatório final do coordenador do Departamento de Expressões; 
- Ficha dos objectivos da docente (que não fiz mas o ME queria que eu fizesse);
- Ficha de auto-avaliação.

Ou seja para tudo estar correctamente referenciado, assinalado e descrito, totalizam-se por turma, vinte e três documentos. 
Agora imaginem que eu fiz 3 actividades nas minhas diversas turmas.
Por: A. Quelhas


Bicho de Jardim


Jardim da casa

Que bicho é este?

Aparece no blogue com comentários anónimos e sempre pronto a morder. Nunca está bem e incomoda toda a gente.Diz-se trabalhador e os baixos indices de produtividade que Portugal revela são sempre culpa dos outros. Quando lhe respondem a um comentário logo ataca com insultos. Julga saber tudo mas o diálogo com ele não existe, porque "grrrrrrrr" está sempre de garras afiadas e o insulto em cada letra do teclado. Mas que bicho é este?


Às voltas!..

Às voltas com fichas, mais fichas e ainda mais fichas. Relatórios, mais relatórios e ainda mais relatórios. Actas, mais actas e ainda mais actas. Programações, avaliações de diagnósticos, matrizes, inventários, projectos para clubes, planos de recuperação, planos de apoio pedagógico, metas para o ano que vem, planificações, fichas de avaliação de professores, fichas de auto-avaliação e reuniões, mais reuniões e ainda mais reuniões dão origem a actas, mais actas e ainda mais actas. Às voltas....


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.