Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto. Arte e Educação de mãos dadas!. Dizer o que me vai na alma: É sentir o que me rodeia! email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto. Arte e Educação de mãos dadas!. Dizer o que me vai na alma: É sentir o que me rodeia! email: ag_silva@hotmail.com

Postal de Parada de Gonta..66 / Recado aos Paradenses!.

 

Já há muito tempo que venho alertando para o risco das escolas pequenas fecharem (Parada de Gonta) se os filhos dos residentes são levados pelos pais para as cidades onde julgam que têm melhores aprendizagens ou porque está na moda ir para a cidade. Também o Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão corre esse risco.

Num post sobre o Agrupamento de Escolas da lajeosa do Dão de 2007 sobre Rankings e cito É uma escola que muitos dizem que tem as horas contadas e os encarregados de educação quando podem deslocam os seus filhos para a cidade. Lá aprendem melhor porque são escolas com melhores recursos é o que dizem. Também concordo que as escolas tenham melhores recursos, mas com as aprendizagens já duvido se nos fiarmos nos rankings, vemos que a escola inserida num meio desfavorecido até ficou bem à frente da maioria das cidades do seu Distrito e até do Concelho. Das 60 escolas do distrito de Viseu, a da Lajeosa do Dão, ficou em 15º lugar com uma pontuação acima da média de 2,71(Ver caixa).”.

Nessa altura já manisfestava essa preocupação e não compreendia o porquê de muitos miúdos sairem do seu meio e irem para outras escolas? Que me desculpem aqueles que procuram trabalho no estrangeiro e são muitos, já que esses fazem-no por obrigação para manter a família junta.

O que tem a ver com Parada de Gonta, perguntam vocês?

Primeiro, o Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão é a escola da zona de influência da Freguesia de Parada de Gonta.

Segundo, nas várias escolas que constituem o Agrupamento são várias as familias que lá trabalham o que o torna uma das empresas/instituições de mais empregabilidade para pessoas que vivem e residem em Parada de Gonta.

Terceiro, acabando com o 1º ciclo em Parada de Gonta o que resta que nos prenda à Freguesia? A seguir vai o pré-escolar e depois? Já agora levem os edificios também..

Podem dizer o que se pode fazer se não há crianças? Crianças existem, os pais é que as deslocam para outras freguesias, muitas vezes sem qualquer razão aparente.

Com a lei que o governo aprovou que diz que as escolas para funcionarem tem que ter pelo menos 21 crianças, vêmos que o nosso 1º CEB está em risco. Os paradenses neste aspecto gostam de dar tiros nos pés, só que depois de mancos nem com curas milagrosos chegam a andar direitos. É que uma escola com tradições e bem apetrechada custa saber que pode fechar porque os Paradenses não se importam.

Contou-me quem assistiu à festa de encerramento da catequese no último Domingo, que são dezenas e dezenas de crianças em idade escolar que frequentam a catequese de Parada de Gonta mas que não andam nas escolas do Agrupamento. É uma pena que assim aconteça e enquanto os pais pensarem que só as cidades é que são boas para os filhos, não há nada a fazer.

Uma coisa é certa, os seus filhos não saem melhor apetrechados que os que andam cá e os registos das provas dos exames nacionais de 2010 são reveladores disso.

No 4º ano de Parada de Gonta houve 100% de sucesso tanto a Matemática (mais 11,1% que a média nacional) como a Lingua Portuguesa (mais 8,4% que a média nacional).
No 6º ano do Agrupamento o sucesso foi de 96% a Matemática (mais 19% que a média nacional) e 96% a Lingua Portuguesa (mais 7,6% que a média nacional). Os exames do 9º ano quando saírem vão com toda a certeza revelar o mesmo.

Então o que é que leva muitos dos paradenses a fugir com os seus filhos? 

No último fim-de-semana fui a uma festa de encerramento do 1º CEB e Pré-escolar em S.Cipriano – Viseu, vi o presidente da Junta de Freguesia subir ao palco, pegar no micro para apelar aos residentes para que deixem os seus filhos estudar na Freguesia. Podem ir trabalhar para a Cidade de Viseu ou outro lugar, mas deixem os filhos estudar nas escolas de S.Cipriano, porque nós cuidaremos deles. Serão bem tratados e escusam de se preocupar com eles até ao vosso regresso do trabalho. Uma escola sem crianças é como um jardim sem flores, dizia o Presidente da Junta. Foi um apelo sentido de quem gosta da sua terra.

 E nós paradenses, ficamos quietos à espera que a escola acabe? Cabe a cada um de nós e a quem gosta da sua terra mobilizar e sensibilizar os paradenses para que deixem os seus filhos estudar com os seus amigos na terra.

DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA

Artistas da Bola 3-Africa do Sul 2010

 

PORTUGAL 0 - BRASIL 0

 

No jogo de maior expetactivas deste campeonato, o confronto dos 2 candidatos ao poleiro, finalizou com um empate.

Brasil melhor na 1ª parte e Portugal melhor na 2ª parte, o resultado é justo.

Que venha a Espanha, Chile ou Suiça, tanto faz...nós queremos é ganhar.

Semana Cultural - 2010

Chegados ao fim de mais um ano lectivo foi a vez de dar voz e de mostrar o quanto se foi construindo ao longo de um ano. Várias foram as actividades desenvolvidas ao nível de todas as áreas, departamentos curriculares, biblioteca e curso de formação e educação. Não pretendendo descurar nenhuma destas actividades porque somos e fazemos ainda parte de um todo com uma identidade e cultura próprias, destacamos as actividades desenvolvidas nos dias 17 e 18 de Junho, sobretudo com o intuito de dar a conhecer muito do que se foi construindo ao longo do ano com a preciosa ajuda dos docentes e com as capacidades e entusiasmo dos nossos alunos, nas várias modalidades.

Durante a manhã do dia 17, a escola EB 2,3 recebeu os alunos do 1º CEB para uma visita guiada pelas salas abertas de Matemática e de Ciências da Natureza, pela sala de Inglês, pela sala de informática e ainda pelas exposições: Informática (patente na Biblioteca), exposição de Artes (na sala de Educação Musical), exposição de notas e moeda (no hall da escola), exposição do projecto Comenius (no hall de entrada) e a exposição de Ciências Humanas (hall de entrada). A escola transbordava de movimento e agitação com todas aquelas crianças ávidas de jogar e de conhecer a escola dos “meninos crescidos”, onde foi notório o trabalho e o empenho de alguns docentes e de muitos alunos do 2º e 3º CEB no acompanhamento e dinamização de todos estes espaços.

Mas a grande surpresa estava par acontecer quando, pelas 9:30h, a turma do 4º ano e a sua professora Leonilde Gomes abriram a “feira da horta” com couves, batatas, ovos, mel, feijões, biscoitos caseiros, alhos, cebolas, alhos franceses, nabiças, alfaces… e até bonecos artesanais feitos de trapos! Ali se puseram em práticas muitos dos conteúdos do 4º ano, numa eficiência tal que foi preciso tomar nota das encomendas e carregar as bancas da parte da tarde! Foi realmente uma feira espectacular com um único objectivo, o de angariar livros para a nossa Biblioteca. Mais uma vez os mais pequenos ensinaram-nos a perceber que a união faz a força e que “tudo se faz” quando a alma não é pequena e, sobretudo, quando se amam os livros e as histórias…

Os Amigos da Biblioteca e os seus Pais/EE apostaram na riqueza da leitura e, de uma forma, simplesmente bonita, uniram esforços e provaram-nos que a nossa riqueza provém da nossa diversidade e da vontade de acontecer… Bem-haja a estes grandes meninos, à sua professora Leonilde e aos seus pais/EE pela excelente dádiva!

A manhã continuava agitada, agora com os mais crescidos no peddy- paper, organizado pelo Departamento de Línguas… Foi interessante vê-los a procurar as respostas na nossa biblioteca e partir dali satisfeitos para cumprirem outras tarefas…

Simultaneamente e, para os amantes do cinema, foi passado o filme “inteligência artificial” na sala de grandes Grupos.

A tarde prometia também um grande espectáculo: a Gala dos Artistas!

Pelas 13:30H a sala de alunos foi enchendo com alunos, Pais/EE e docentes para assistir à apresentação em palco de peças musicais a duas vozes com as flautas, à entoação de canções também a duas e a três vozes, a canções e a danças coreografadas, todas de excelente qualidade musical e estética! Sob o comando da docente Ana Andrade, de educação musical, os alunos feitos “poetas dos sons”, foram igualmente “grandes cantores” e ainda excelentes bailarinos. De salientar a orientação e a participação da docente Sílvia Coelho, com o clube da dança, a docente Carla Santos dos mais pequenos do JI e de alunos do 1º CEB, as docentes de Educação Especial Teresa Pina e Ana Vicente e ainda o professor Mário Barreiros com o seu grupo de música popular portuguesa!

Foi realmente uma gala, onde os pequenos deram cartas aos grandes e embeveceram os seus Pais/EE, professores e funcionários… A Gala dos Artistas, dinamizada pelo Departamento de Expressões, não podia deixar de aproveitar o momento para realçar o trabalho de todos os alunos e professores do Agrupamento, fazendo como que a grande apoteose do ano. Assim sendo, a Biblioteca e o Departamento de Línguas aproveitaram o momento solene para agradecer a todos a participação nos concursos e nas actividades da Biblioteca ao longo do ano, destacando o concurso “O sonho de Mariana” e as Olimpíadas da Leitura e os respectivos vencedores nestas modalidades, bem como no Peddy-Paper decorrido durante a manhã.

A rechear tão belo momento, a turma do 1º CEF aproveitou a tarde para confeccionar os tão desejados ovos  moles e as suas deliciosas sobremesas de morangos com chocolate quente, à vista de toda a gente, com todo o requinte e “mestria”, sob a orientação da sua formadora Emília Almeida. Era de comer e chorar por mais!

Terminada a festa só nos resta agradecer a todos os participantes e felicitar os nossos artistas!

 

 O dia 18 de Junho amanheceu sorridente, pelo que a aposta para esta manhã era fazer uma prova de orientação, partindo da Lajeosa do Dão rumo a Parada de Gonta!

Não seria tarefa fácil, dados os seus 8km, mas os vários postos de controlo com actividades criativas e jogos, foram-nos entusiasmando e, todos cumpriram à regra e chegaram ao destino sem percalços e ainda com muita genica, pois chegados ao Campo de Futebol de Parada, logo ali se dispuseram a jogar futebol com toda a garra, não estivesse ali a nossa Ritinha futebolista do 6º B, para dar os toques certeiros… Dava gosto vê-los…

Pelas 13h, o director do Agrupamento trouxe o lanche e foi o ataque ao farnel! Mas era chegada a hora! O ano terminava agora por entre autógrafos, beijos, abraços e lágrimas!

Até para o ano, se Deus quiser… Até qualquer dia e façam o favor de serem felizes. Boas férias!

Lúcia Almeida

Torneio de xadrez na Semana Cultural

 

TORNEIO DE ENCERRAMENTO

Ano Lectivo de 2009-2010

Com a participação de 30 alunos de 3 escolas, disputou-se o último torneio calendarizado para o presente ano lectivo. Estiveram presentes 18 alunos de Campia, muitos deles do 1º ciclo, 10 do Piaget e apenas dois da escola anfitriã. Apesar de serem apenas dois, não deixaram os créditos por mãos alheias. Assim, a vitória final no torneio sorriu a Filipe Videira, do 7º ano, com 5 vitórias em 5 jogos. Gustavo Figueiredo, habitual vencedor destas provas, desta vez perdeu uma partida, mas conseguiu ainda o 4º lugar na classificação final. Colectivamente, Piaget e Campia somaram ambas 14 pontos, mas o troféu de primeira classificada foi atribuído ao Piaget pelos critérios de desempate.

 

 

  1   Filipe Videira     Mota Pinto         5        9.0  15.0   15.0

  2   Diogo Lopes        Campia          4       12.0  19.0   14.0

  3   Tiago Simões       Campia         4         8.5  15.5   13.0

  4   Gustavo Figueiredo Mota Pinto 4         8.5  14.0   13.0

  5   Diogo Santos       Piaget           4         8.5  13.5   11.0

  6   Tiago Lima         Piaget             4         8.0  13.0   12.0

  7   Simão Souto        Piaget          3        10.0  17.0   10.0

  8   Roberto Felisberto Piaget          3         8.5  13.5   10.0

  9   Miguel Silva       Piaget              3         8.0  13.0   10.0

 10   Tiago Patrício     Piaget            3         8.0  13.0    9.0

 11   Francisco Lourenço Campia     3         8.0  12.0    9.5

 12   Ricardo Rodrigues  Campia      3         7.0  12.0    8.0

 13   Américo Duarte     Campia      3         6.5  11.5    8.0

 14   Sérgio Santos      Campia        3         6.0  11.0    9.0

 15   Ana Tojal          Campia           3         6.0  11.0    7.0

 16   Miguel Estrela     Piaget          2.5      10.0  16.0    9.5

 17   André Patrício     Piaget           2.5       7.5  12.5   10.0

 18   Ana Cardoso        Campia        2         8.5  13.5    7.0

 19   Mauro Almeida      Piaget         2         7.5  12.5    5.0

 20   Felícia Amorim     Campia        2         7.0  12.0    4.0

 21   Ana Duarte         Campia         2         6.0  11.0    4.0

 22   Luísa Silva        Campia            2         5.5   9.5    3.0

 23   Jéssica Simões     Campia      1.5        6.5  11.5    2.0

 24   Ana Marques        Campia      1.5        6.0  10.0    6.0

 25   Raquel Marques     Campia      1          8.0  13.0    4.0

 26   Francisca Vicente  Campia       1          8.0  11.0    4.0

 27   Daniel Ribeiro     Campia          1          7.5  12.0    4.0

 28   João Antunes       Campia        1          5.0   9.0    1.0

 29   Leandra Ferreira   Campia        1          4.5   8.5    3.0

 30   Paula Ferreira     Campia          0          5.0   9.0    0.0

Gala dos Artistas na Semana Cultural

A tarde do dia 17 prometia também um grande espectáculo: a Gala dos Artistas!

Pelas 13:30H a sala de alunos foi enchendo com alunos, Pais/EE e docentes para assistir à apresentação em palco de peças musicais a duas vozes com as flautas, à entoação de canções também a duas e a três vozes, a canções e a danças coreografadas, todas de excelente qualidade musical e estética! Sob o comando da docente Ana Andrade, de educação musical, os alunos feitos “poetas dos sons”, foram igualmente “grandes cantores” e ainda excelentes bailarinos. De salientar a orientação e a participação da docente Sílvia Coelho, com o clube da dança, a docente Carla Santos dos mais pequenos do JI e de alunos do 1º CEB, as docentes de Educação Especial Teresa Pina e Ana Vicente e ainda o professor Mário Barreiros com o seu grupo de música popular portuguesa!

Foi realmente uma gala, onde os pequenos deram cartas aos grandes e embeveceram os seus Pais/EE, professores e funcionários… A Gala dos Artistas, dinamizada pelo Departamento de Expressões, não podia deixar de aproveitar o momento para realçar o trabalho de todos os alunos e professores do Agrupamento, fazendo como que a grande apoteose do ano. Assim sendo, a Biblioteca e o Departamento de Línguas aproveitaram o momento solene para agradecer a todos a participação nos concursos e nas actividades da Biblioteca ao longo do ano, destacando o concurso “O sonho de Mariana” e as Olimpíadas da Leitura e os respectivos vencedores nestas modalidades, bem como no Peddy-Paper decorrido durante a manhã.

Mega Agrupamentos - Para quê?

Caros colegas,
 
aqui vão os resultados nacionais das provas de aferição.
 
Matemática
 
http://www.min-edu.pt/np3content/?newsId=4903&fileName=Matem_tica___2.__ciclo_VF.pdf 
 
 
L.Portuguesa
 
http://www.min-edu.pt/np3content/?newsId=4903&fileName=L_ngua_Portuguesa___2.__ciclo_VF.pdf  
 
 
O sucesso do 2º ciclo da EB 2,3  Mota Pinto (96%), quase 20 pontos à frente da média nacional a Matemática, e quase 10 pontos à frente a L. Portuguesa.
 
 
Grandes resultados "os nossos" e depois ainda querem os megas.
 
Cumprimentos
 
Agostinho

 

Ver Mega-Agrupamentos..a bomba!.

Ver Mega-Agrupamentos...A luta perdida..

Ver Mega-Agrupamento...Rumores!

Ver Mega-Agrupamentos...Porquê?? 

Ver Mega-Agrupamentos...Machadada final!.

 

"Arte por um Canudo 2"

Mega Agrupamentos - A machadada final!..

MEGAS....Agrupamentos, até 1 de Agosto impreterivelmente

Proposta de Mega - Agrupamentos

Região Norte
Distrito: Viana do Castelo
Concelho: Ponte de Lima
- EB 2,3 António Feijó + 27 escolas EB1 e JI;
2033 alunos; Distância máxima entre escolas: 40 km
- EB 2,3 / Secundária Arcozelo + escolas EB1 e JI;
1489 alunos; Distância máxima entre escolas: 40 km
Distrito: Braga
Concelho: Amares
- EB 2,3 Amares + 50 escolas EB1 e JI;
2000 alunos; Distância máxima entre escolas: 47 km
Concelho: Vieira do Minho
- EB 2,3 Vieira do Araújo
1800 alunos; Distância máxima entre escolas: 60 km
Concelho: Vila Nova de Famalicão
- EB 2,3 Ribeirão
2300 alunos;
Distrito: Vila Real
Concelho: Chaves
- EB 2,3 Nadir Afonso + 64 escolas EB1 e JI;
1838 alunos;
- EB 2,3 Gonçalves Carneiro + 45 escolas EB1 e JI;
1579 alunos;
Concelho: Vila Real
Agrup. Horizontal D. Dinis:
42 escolas
1180 alunos
Agrup. Vertical Monsenhor Jerónimo do Amaral:
63 escolas
1837 alunos
Concelho: Mondim de Basto
Agrup. Vertical (com Secundário) :
36 escolas
1639 alunos
Distrito: Aveiro
Concelho: Arouca
- EB 2,3 Arouca + 44 escolas EB1 e JI + 2 EBM;
2000 alunos; Distância à escola sede: 40 Km
Concelho: Oliveira de Azeméis
- EB 2,3 Bento Carqueja + 27 escolas EB1 e JI;
2300 alunos;
Concelho: Ovar
- EB 2,3 António Dias Simões + 2 Agrupamentos horizontais (14 escolas EB1 + 9 JI);
2350 alunos;
Concelho: Santa Maria da Feira
- EB 2,3 Fernando Pessoa + 28 escolas EB1 e JI;
2366 alunos;
- Agrupamento Carlos Alberto + 17 escolas EB1 e JI;
1672 alunos;
Concelho: Vale de Cambra
- EB 2,3 Vale de Cambra + 50 escolas EB1 e JI;
Distrito: Porto
Concelho: Felgueiras
- EB 2,3 Felgueiras + 17 escolas EB1 e JI;
2500 alunos;
- EB 2,3 Lagares + 22 escolas EB1 e JI;
2700 alunos;
Concelho: Vila Nova de Gaia
- EB 2,3 Valadares + 12 escolas EB1 e JI;
2508 alunos;
- EB 2,3 Soares dos Reis + 6 escolas EB1 e JI;
2200 alunos;
- EB 2,3 Olival + 24 escolas EB1 e JI;
2149 alunos;
Concelho: Porto
- EB 2,3 Gomes Teixeira + 10 escolas EB1 e JI;
2427 alunos;
Concelho: Vila do Conde
- EB 2,3 Mindelo + 37 escolas EB1 e JI;
1974 alunos;


Já há directores de agrupamentos a serem chamados às direcções regionais, para tomarem conhecimento da "onda". Um exemplo: Mangualde, no distrito de Viseu, tem 3 agrupamentos, cada qual com um número razoável de alunos; os 3 directores já foram à DREC para lhes ser lida a "cartilha"; fundir-se-ão num único mega-agrupamento!
 
Os mega-agrupamentos já começaram com a empresa "Parque Escolar", que sob a capa da remodelação arquitectónica também remodelou a organização da rede escolar, concentrando todos os serviços e anos de escolaridade num mesmo edifício.
Na cidade do Porto, está previsto nos estudos dos burocratas da DREN, o encerramento das E.B.2,3 até 600 alunos (sim, 600), transferindo estes para as Secundárias remodeladas. Mega-Escolas de 1500 alunos, aí virão...

 

Já foram chamadas à DREC  (dia 16 Jun ):

 

Concelho Ansião - Escola BS Dr. Pascoal José de Mello + Escola B2,3 de Avelar, com todas as escolas do 1º ciclo e Pré dos 2 Agrupamentos para de fundirem  »»» mais de 1500 alunos;

 

Concelho Mealhada - Esc.BS Mealhada +  Escola B2,3 Mealhada, com todas as escolas do 1º ciclo e Pré dos 2 Agrupamentos para de fundirem;

 

Concelho Condeixa - Esc.BS Condeixa +  Escola B2,3 Condeixa, com todas as escolas do 1º ciclo e Pré dos 2 Agrupamentos para de fundirem;

 

Concelho Montemor-o-Velho - Esc.BS Montemor-o-Velho +  Escola B2,3 Jorge Montemor +  Escola B2,3 de Pereira, com todas as escolas do 1º ciclo e Pré dos Agrupamentos para de fundirem;

Penso que Pombal também foi !...

 

Foram cerca de 40 Directores de escolas chamados só no dia 16 Junho, à DREC!

 

As fusões têm de estar feitas no dia 1 de Agosto.

As "Unidades de Gestão" ficam em Comissão de Gestão Provisória por 1 ano (a partir de 1 de Agosto), com 1 único MegaDirector e dois docentes na MegaDirecção, qualquer dos 3 sem horário lectivo, e podem dispor de 28 horas do crédito do MegaAgrupamento para assessores; só fica 1 MegaChefe nos Serv.Administrativos, e os restantes funcionários administrativos e operacionais ao sofrerem a fusão de funções, para além de poderem ter de desempenhar funções em todos os lados, poderão ser dispensados ou reconduzidos para outras funções. O Projecto Educativo é único, o Conselho Pedagógico, os Conselhos de Departamento, os Conselhos de Área Disciplinar, os Conselhos de D.T. , etc. Os docentes poderão leccionar em qualquer estabelecimento do MegaAgrupamento, desde que haja horário para o nível que leccionam, se houver horários incompletos num estabelecimento de ensino só se podem pedir novos professores (o mesmo para os outros funcionários) se todos os docentes do grupo disciplinar do MegaAgrupamento  já tiverem o horário completo e por isso não puderem assumir, logo contratados, horários zero, talvez devam estar atentos!!!...  Enfim isto e muito mais!...

 

Tudo com base na Resolução do Conselho de Ministros nº 44/2010, DR 1ª série de 14 de Junho que, por acaso, só olhos e cabeças atentas e já despertas para o assunto conseguem atingir o que os senhores de facto querem fazer!

 

Anónimo por via email

Ver Mega-Agrupamentos..a bomba!.

Ver Mega-Agrupamentos...A luta perdida..

Ver Mega-Agrupamento...Rumores!

Ver Mega-Agrupamentos...Porquê??

Ver Mega-Agrupamentos..Para quê??

Postal de Parada de Gonta..65 / EB 2,3 Prof. Mota Pinto

O encerramento do ano lectivo da EB 2,3 Prof. Mota Pinto foi com uma prova de orientação entre a EB 2,3 Prof. Mota Pinto - Lajeosa do Dão e o Estádio Tomás Ribeiro - Parada de Gonta.

Organizado pelo grupo de Ed. Fisica, o percurso entre a Lajeosa e Parada de Gonta tinha vários locais onde os alunos testavam os conhecimentos e as suas aptidões fisicas.Foram cerca de 200 pessoas entre alunos, professores e funcionários da escola que partiram rumo a Parada de Gonta, tendo simplesmente um mapa como orientação no percurso.

Chegados ao estádio de Tomás Ribeiro, os alunos antes do almoço dividiram-se entre o descanso, uma partida de futebol ou um passeio.O almoço, foi trazido da EB 2,3 Mota Pinto e realizou-se no recinto do estádio Tomás Ribeiro, que foi gentilmente cedido pelo Presidente da ADRC de Parada de Gonta, o Sr. Luis Sá, ao qual ficamos muito reconhecidos.

Foi também uma forma de todos os alunos do Agrupamento conhecerem Parada de Gonta, nesta que talvez seja a última actividade deste agrupamento de escolas tal como o conhecemos.

Clube de Música na Semana Cultural

 

Com um vasto programa recheado de actividades a EB 2,3 Prof. Mota Pinto fez o encerramento do ano lectivo de 2009/2010. O clube de Música esteve associado ao Departamento de Expressões, convidando os alunos a assistirem às suas actuações.Este foi um dos momentos.

Mega Agrupamentos - Porquê???

Vem aí os mega-agrupamentos e com eles a filosofia da sua criação como sendo para servir melhor os alunos.

Se o principio dos mega-agrupamentos é para servir melhor os alunos, subentende-se deste principio que os alunos vão ter melhores aprendizagens, mais incentivos, mais apoios, mais carinhos  do que aquele que têm nos ditos agrupamentos de menor dimensão.

Se nestes mega-agrupamentos vão ter melhores aprendizagens (entenda-se por aprendizagens o conjunto de factores que levam o aluno a ter sucesso) que nos de pequena dimensão, como é o caso do Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão, e se neste pequeno Agrupamento os alunos tiveram nas provas de aferição a Lingua Portuguesa e a Matemática 96% de Sucesso, o que seria deles se tivessem num Mega-Agrupamento?

Será que o principio filosófico da fusão dos agrupamentos em mega-agrupamentos, é este? Ou outros valores se levantam…

 

Ver Mega-Agrupamentos..a bomba!.

Ver Mega-Agrupamentos...A luta perdida..

Ver Mega-Agrupamento...Rumores! 

 

Agostinho Silva

"Arte por um Canudo 2"

PROVAS DE AFERIÇÃO E EXAMES NACIONAIS

PROVAS DE AFERIÇÃO 2010

1ºCiclo

Prova de Aferição de Língua Portuguesa

Critérios de Classificação de Língua Portuguesa 1º Ciclo

Prova de Aferição de Matemática

Critérios de Classificação de Matemática 1º Ciclo


2ºCiclo

Prova de de Aferição de Língua Portuguesa

Critérios de Classificação de Língua Portuguesa 2 Ciclo

Prova de Aferição de Matemática

Critérios de Classificação de Matemática 2º Ciclo

PAUTA DE CLASSIFICAÇÕES das provas de Afericação 2010.

EXAMES NACIONAIS

Exame Nacional de Língua Portuguesa(22) - 9º Ano

Critérios de Classificação de Língua Portuguesa(22)- 9º Ano

Exame Nacional de Matemática(23) - 9º Ano

Critérios de Classificação de Matemática(23)- 9º ano

Entrega das Avaliações do 3º Período- SALAS


4º Ano - Sala 3

5º A - Sala 4

5º B - Sala 5

6º A - Sala 6

6º B - Sala 7

7º A - Sala 14 (música)

7º B - Sala 9

8º A - Sala 11

Matrizes de Equivalência à Frequencia 3º Ciclo

 

Ciência Naturais

Geografia

Inglês I - prova escrita

Ciências Física e Químicas

História

Inglês I - prova oral

Educação Técnológica

ITIC

Inglês II - prova escrita

Educação Visual

Francês III

Inglês II - prova oral

Educaçã Física (prática e teórica)

Área de Projecto

Mega Agrupamentos - Rumores!

Ouvindo alguns rumores sobre o emparcelamento de escolas, mais conhecidos por mega-agrupamentos, fico abismado com o deixa andar dos professores, funcionários, alunos e enc. de educação, naquela… isto não é para mim!.Só afecta os outros.  Em qualquer classe profissional existem sempre aqueles que nada fazem para que as coisas mudem mas estão sempre à espreita para se servirem. É sempre para os outros mas quando o mal bate à porta já não existe ninguém para acudir.

Não é que me chegaram alguns rumores de pessoal até bem informado, que os mega-agrupamentos só vêm prejudicar os órgãos de gestão, a catrapada dos directores, subdirectores e adjuntos, e como até nem gostava deste ou daquele não me importo. Esta forma de agir e pensar serve perfeitamente os interesses de quem quer dividir para reinar. Será que ainda vivemos numa sociedade do tipo “desde que não me afecte a mim com o mal dos outros posso eu”! O espírito com que a comunidade educativa está a encarar estas fusões é duma passividade arrepiante. Mas uma coisa é certa, todos vão ser afectados, professores, funcionários, alunos e o próprio meio, porque se assim não fosse para quê a mudança? Acreditar que a mudança é para servir melhor os alunos é como tapar os olhos a quem não quer ver.

 

Ver Mega-Agrupamentos..a bomba!.

Ver Mega-Agrupamentos...A luta perdida..

Agostinho Silva

"Arte por um Canudo 2"

Avaliação Contratados

Prezados colegas contratados (a avaliar):

Sou a enviar as fichas de auto-avaliação para preenchimento e avaliação, nos termos da grelha que se segue.

Até 30 de Junho

11. Preenchimento e entrega da ficha de auto-avaliaçãoAvaliados Contratados;

Até 05 de Julho

12. Preenchimento das fichas de avaliação (pelos Avaliadores)Avaliados Contratados.

Até 10 de Julho

13. Conferência e validação das propostas de avaliação – reunião da CCAD (propostas de Excelente, Muito Bom e Insuficiente) Avaliados Contratados.

Até  13 de Julho

14. Conhecimento ao avaliado da proposta de avaliação Avaliados Contratados.

Até 20 de Julho

15. Requerimento de entrevista individual (5 dias úteis após o conhecimento da proposta de avaliação) Avaliados Contratados.

Até 29 de Julho

16. Atribuição da classificação final (reunião conjunta dos avaliadores) Avaliados Contratados.

Até 31 de Julho

17. Comunicação da avaliação – conhecimento aos avaliados (em reunião conjunta dos avaliadores) Avaliados Contratados.

 

Em cada parâmetro da Ficha, foram introduzidos tópicos, os que constam da ficha de avaliação do Director.

Assim, esses tópicos servem para que nada seja esquecido, fazendo com que o avaliador considere todo o trabalho desenvolvido

Nota: Tudo que escreverem fica a azul. Depois de preenchida, a ficha deve ser impressa a cores, assinada e entregue ao Subdirector.

Com os melhores cumprimentos

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Postal de Parada de Gonta..64 / Percurso até à Ponte do Alemão (correcção)

Sexta-feira  18 de Junho, é o dia dos exames nacionais para os alunos do 9º ano e é também o encerramento do ano lectivo para os alunos do Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão. Para que não haja ruido/barulho que possa perturbar os alunos que estão em exame, o encerramento do ano para os outros alunos vai ser no exterior da escola, com uma prova de orientação, organizada pelos prof. De Ed. Fisica, entre a Escola e o Parque desportivo, Estádio de Tomás Ribeiro de Parada de Gonta. Vai ser um percurso pedreste com provas e tarefas no percurso, entre o edificio da escola e o parque desportivo. Para tal percurso é preciso que se conheça o caminho e foi com esse pretexto que eu e a minha cara metade no feriado do dia 10 de Junho, aprontamo-nos e fomos em busca do caminho que vai da ponte que liga Parada de Gonta ao outro lado (Lajes e Lajeosa) e que passa sobre a Ribeira de Asnes para o lado de Parada de Gonta. Do estádio até à ponte que passa sobre a Ribeira de Asnes são 3,3 Km, o que vai daqui até ao edificio da escola ainda não sei. Foi um percurso muito lindo, que nunca tinha feito nem sequer imaginava a beleza deste lugar, com densa vegetação e uma ribeira com umas margens magnificas para se fazer um piquenique ou simplesmente repousar.
Obs: Apesar de estar na Carta Militar como Ribeira de Asnes, corrige-se para Rio Pavia e a ponte chama-se "Ponte do Alemão".

Mega Agrupamentos - A luta perdida..

 

CONTRA O EMPARCELAMENTO DE AGRUPAMENTOS

E O ENCERRAMENTO DE  ESCOLAS

Concentração

Viseu . Rossio

28 . Junho . 14.30 H

CUIDADO, MUITO CUIDADO

Encerrar escolas e juntar agrupamentos com escolas secundárias é um autêntico desastre para professores, alunos e pais :
aumentará o número de alunos por turma, reduzindo, por essa via, postos de trabalho e piorando as condições de aprendizagem, levará milhares de docentes ao desemprego ou à mobilidade especial, fará com que muitos colegas  passem a saltitar  entre os diversos sectores de escolaridade e a ver o seu horário repartido por várias escolas dos super agrupamentos, obrigará muitas crianças a grandes deslocações..

UM DESASTRE PARA A PROFISSÃO DOCENTE !

É MELHOR PREVENIR QUE REMEDIAR …

 

Reflexão!..

Valerá a pena?..

Creio que não, porque para essa altura não há nada a fazer. Nessa data já todos os Directores de Agrupamentos do 2º,3º e 1º ciclos, terão sido informados da fusão dos seus Agrupamentos com as Secundárias. O principio é um Agrupamento por Concelho, à excepção do Concelho de Viseu e o Concelho de Tondela por serem constituidos por várias escolas/agrupamentos e por sinal muito dispersos. É a informação que corre e no Distrito de Viseu parece serem estes dois Concelhos que ainda não foram chamados para serem informados da fusão.
Também o que se sabe é que os próprios Directores estão indignados com a situação e quando são informados da fusão, um deles ficará como Director e os outros ainda não sabem qual o seu papel..

Há muito tempo que os sindicatos foram alertados para tal situação e parece que só actuarão quando não houver nada a fazer.
Esta concentração era para ser no dia 25, mas pela lentidão do sindicato e se calhar para não se meterem no covil do lobo foi adiada para dia 28 de Junho, quando tudo estiver consumado e já nada se poder fazer, porque depois de constituidos os mega-agrupamentos dificilmente se voltará atrás. Porque não se denuncia já esta aberração dos mega como efeito de prevenção contra o que vai acontecer? A luta devia ser já.

Para dia 28, nessa altura será tarde demais e à velocidade com que estão a ser constituidos os mega-agrupamentos, já serão um facto consumado e não valerá a pena!..

 

Ver Mega-Agrupamentos..a bomba!.

 

Continuação a SAGA DOS MEGA-AGRUPAMENTOS

 

Agostinho Silva

"Arte por um Canudo 2"

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 1/2