Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Educação e Arte são a minha paixão! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Educação e Arte são a minha paixão! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Jorge Colaço em Parada de Gonta (painel de azulejos)

Painel com 94 azulejos feito por Jorge Colaço e assinado pelo mesmo em Lisboa na data 03/07/1938.

Painel em relativo bom estado que se encontra na escadaria frontal da Igreja matriz de Parada de Gonta. A preciosidade do painel requeria uma proteção em acrílico ou outro material para não ser danificado, que pode acontecer com ou sem intenção, mas tudo acontece e quando acontecer lamentamos o sucedido.

Como se sabe Jorge Colaço foi um grande pintor e ceramista português com afinidades a Parada de Gonta.

Jorge Colaço (1868-1942), foi casado com a poetisa Branca Gonta Colaço filha de Tomás Ribeiro e teve uma filha cujo nome é Ana de Gonta Colaço, escultora com ateliê na casa das matinas em Parada de Gonta.

Num estudo de investigação para a tese dum doutoramento sobre Jorge Colaço recebi um email que me questionava sobre o painel, cito o email “Ex. mo Senhor;

Através da internet tive acesso ao blog que criou e segue sobre Parada de Gonta. Felizmente já tive a honra de conhecer essa bonita localidade.

Sou estudante de doutoramento e a minha tese visa o estudo biográfico e obra azulejar do pintor Jorge Colaço.

Por essa razão desloquei-me a Parada de Gonta a fim de fotografar/inventariar os 3 painéis aí existentes.

Assim, venho desta forma pedir se por acaso sabe de alguma informação sobre os referidos painéis. Data da colocação, quem mandou fazer os painéis, etc. ou qualquer outras informações ...

Não é um pouco estranho o painel da Nª Senhora da Estrela estar em Parada, uma vez que o orago dessa paróquia é Santa Ana. Outra questão é a de o fundo deste mesmo painel apresentar uma paisagem marítima, uma vez que o mar está distante! O que terá levado a ser colocado nesta igreja este painel em particular?

Muito atenciosamente.”

Respondi que iria junto dos mais idosos da aldeia e das entidades oficiais tentar saber as questões colocadas.

Se acrescentar algo ao já sabido lhe comunicarei através deste email.
Cumprimentos
Agostinho

O porquê do painel ser com a Nossa Senhora da Estrela e ter como fundo uma paisagem marítima é algo interessante para investigar?

Já fiz algum trabalho e soube que o painel foi colocado a mando do pároco da freguesia, na altura o padre Fernando, pelo senhor Manuel Trolha (alcunha marreco) e entre os anos de 1955 a 1960.

Irei confirmar a veracidade destas afirmações.

Entretanto pergunto aos paradenses que se souberem algo mais mo indiquem aqui nos comentários do blog ou através do meu email?  Agradecia em nome dos autores do projeto.

Será mais um registo da nossa terra num projeto de investigação dum doutoramento.

 


Domingo por casa.

 

Pois é..mais um Domingo por casa.Tempo frio mas sem chuva o que já é muito bom.

Com o custo de vida sempre a subir e os ordenados a descer como foi o descalabro deste mês na folha de vencimento, ficar por casa é uma obrigação porque é a unica forma de compensar o que nos vão roubando. 

Roubam para dar aos bancos e banqueiros e toda a catrapada de amigos colocados nos lugares chave e que depois só vêm para a comunicação social dizer asneiras. De barriga cheia até a pimenta no c.. dos outros é refresco.

Estes senhores são cegos e seguem a politica de austeridade que manda a troika, só que de barriga cheia é fácil tomar medidas severas para os outros.

A Troika acha que são mordomias um simples passeio ao Domingo para descanso do corpo e da mente.

Por mim que se lixe a TROIKA!.


Domingo à saída da Igreja de Parada de Gonta.


À saída da Igreja ainda se encontra em Parada de Gonta a venda das doçarias e do pão fresquinho acabado de saír da padaria e a ainda a venda de tremoços. Os homens compram os tremoços e passam pelo café para conversar e beber um copo enquanto comem os tremoços. As mulheres compram os doces e trazem-nos para casa. São hábitos antigos que dão origem a tradições.


Guião de Trabalho-Reciclagem e Energia-6º Post ET

ENERGIA - Educação Tecnológica

 

 

Publish at Calameo or read more publications.
 
Guiões de trabalho em ppt sobre Reciclagem e Energia para os alunos de Educação tecnológica dos 5º e 6º anos. 
Novos materiais para Educação Tecnológica em PowerPoint

Ver Como construir as disciplinas de ET e EV? 1º post de ET

Ver Materiais para Educação Tecnológica 5º e 6º anos - 2º post de ET

Ver Materiais para Educação Tecnológica5º e 6º anos - 3º post de ET

Ver Materiais para Educação Tecnológica 5º e 6º anos - 4º post de ET

Ver Ação de Formação ET - 5º post de ET

Também poderão consultar aqui:
 

Isto é um roubo!..rombo nos ordenados.

As folhas de vencimento deste mês estão erradas, dizia eu para os meus cotovelos, ao consultar a folha de vencimento deste mês.  Perguntei a uma  colega para ver a folha de vencimentos dela e quase que lhe deu um ataque. Assim que chegaram novos colegas também foram verificar e a todos o mesmo. Foi uma desilusão completa com algumas lágrimas de preocupação à mistura. É mesmo um grande rombo no ordenado. Doi quando é em nós,  quando sentimos na pele porque quando é nos outros..

É demais! Antes diziam-me para não me lamentar porque ainda tenho trabalho, já que são muitos os que não têm e esses infelizmente é que se devem lamentar.

Mas não, não posso anuir e deixar que me roubem, roubem e sempre a roubar que até a dignidade se vai. Isto de ter trabalho mas não compensar trabalhar começa a ser grave.

Os deveres para com o trabalho e as dificuldades no trabalho são exigentes demais para aguentar e só numa sociedade esclavagista isto pode acontecer. Tiram, tiram e tiram e continuamos calados para aguentar a miséria que ainda temos. O trabalho sem dignidade deixa de ser trabalho para ser escravatura.

Andamos nisto à quanto tempo, só más noticias, redução nos vencimentos, subsídios férias e natal para as calendas, agora sobretaxas não se sabe de quê, a agravar o aumento das horas de trabalho, aumento de alunos por turma, horas letivas que o deixam de ser para ser trabalho de escola e contabilizadas como não letivas, pais a querer mandar nas escolas e nos professores, autarquias e associações também mandam, alunos violentos e mal-educados e com pais a ameaçar,  deslocações de uma escola para outra, eu pergunto, será que vale a pena?

Continua-se a aguentar nas escolas todos os cortes possiveis e apesar do corte na maioria dos funcionários públicos e das condições de trabalho se terem agravado seriamentemas, o país continua a afundar-se na mesma  para pagar aos que o afundam, BPN, BPP, BES, e tudo que é banca. 

Se não é pelo lado dos professores e funcionários que o país está a ir cada vez mais ao fundo, porque não mudar de politica e em vez de os ajudar, não se responsabiliza quem o está afundar?

Ficar calado começa a ser difícil e cantar a Grândola vila morena também parece que não chega?


9 anos - Parabéns!

 

O ARTE POR UM CANUDO Faz 9 anos e regista:

nº de posts: 1624

nº de comentários: 10696

No último ano:

As páginas deste Web site foram visualizadas no total 146 212 vezes

 

Titulo

Visualizações

%

1

Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

29444

20,14

2

Pontilhismo!. - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

5268

3,60

3

Desenhos com Pontos e Linhas - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

3540

2,42

4

Concurso Professores Contratados 2012/13 - 16 de Abril. - Arte por um   Canudo 2..(Agostinho NSilva)

2807

1,92

5

Dezembro 2007 - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

2665

1,82

6

Testes e grelhas de observação diagnóstico de EVT - Arte por um Canudo   2..(Agostinho NSilva)

2596

1,78

7

Lembranças para o Dia do Pai - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

2464

1,69

8

Provas/Exames de Equivalência à Frequência - Matrizes 2012 - Arte por um   Canudo 2..(Agostinho NSilva)

2363

1,62

9

Tabelas Salariais 2012 e comparação com os valores de 2011. - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

2302

1,57

10

Ponto e linha. - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

1710

1,17

 

No último mês:

 

Titulo

Visualizações

%

1

Arte por um Canudo 2..(Agostinho   NSilva)

4475

24,90

2

Materiais para Educação Tecnológica 5º   e 6º anos - 2º post de ET - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

1017

5,66

3

Como construir as disciplinas de ET e   EV? - 1º post de ET - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

665

3,70

4

Desenhos com Pontos e Linhas - Arte   por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

396

2,20

5

Concurso Blogs do ano 2012 - Arte por   um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

376

2,09

6

Materiais para Educação Tecnológica em   ppt 5º e 6º anos - 3º post de ET - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

339

1,89

7

Razões para Votar Arte por um Canudo 2   - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

330

1,84

8

Nós votamos Arte por um Canudo. E tu? - Arte por   um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

235

1,31

9

Podem rir à vontade!.Eu voto Arte por   um Canudo. - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

212

1,18

10

Materiais para Educação Tecnológica em   ppt 5º e 6º anos - 4º post de ET - Arte por um Canudo 2..(Agostinho NSilva)

205

1,14

 

Posts mais publicados:

olhares de parada de gonta(375)

escola(290)

recados da escola!.(237)

recados da minha terra!.(157)

trabalhos dos alunos(130)

evt e tic(110)

politica(98)

familia(86)

professor titular/avaliação desempenho(83)

artigo opinião(77)

outros(73)

grupo do tacho(54)

legislação(52)

bola na relva(27)

campanha autárquica por parada de gonta(27)

votações(22)

arvores natal(21)

férias(17)

curso especialização cegi(13)

mordomos festas santa ana(10)

pinóquios(9)

relíquias de parada de gonta(6)

 

posts mais comentados:

Mais Likes:

Toca a votar!. Arte por um Canudo 2

Mega Agrupamentos..a bomba

Apresentação do livro: Do coma para a vida.

 

 


Lagar de azeite de Parada de Gonta


Lagar de azeite de Parada de Gonta. Lagar semi artesanal atualmente muito procurado para moer azeitona e fazer o azeite, por pessoas que preferem o azeite feito à moda antiga. Situado na saída de Parada de Gonta junto à ponte do Rio Pavia.


Professora à procura de novo rumo..

Olá amigo

Depois de alguns atrasos... no dia 23 parto à aventura!

É só novidades: trabalho, língua, casa, cultura, modo de vida, clima (que está um frio de rachar e com direito a neve e tudo!)... tudo novo em folha!

Depois mando umas fotos fresquinhas!

Beijinhos!

Até para o ano, à boa maneira do emigrante!

------------------

Foi assim que recebi o email duma colega, daquelas que não conta como desempregada para o Ministério de Nuno Crato, porque era contratada há 12 anos e este ano não foi contratada. Como diz o Ministério de Nuno Crato, não mandou ninguém para o desemprego só que também não renovou contrato a milhares de professores.

É triste ter que assistir a colegas com a sua vida feita e de repente tudo perderam. É triste ter um país que não sustenta os seus filhos. Dói e só não dói a quem ainda não passou por esta situação, porque nem imagina a dor do vazio que é deixar tudo e todos. É ferida que dói sem se ver.

Mais uma jovem que irradiava alegria, divertida e uma excelente profissional, com expetativas e aspirações num futuro promissor, que, de repente, vê-se a braços com a tristeza de deixar tudo porque o seu país tirou-lhe o que tinha. Tudo se desmoronou.

Esta jovem professora é daquelas que não conta nas estatísticas dos desempregados, porque não foi mandada para o desemprego. É daquelas que emigra à procura dum emprego sem qualquer suporte de empresa ou referências que a possam ajudar. É diferente emigrar através duma empresa daquele que é emigrar sem qualquer apoio. Esta jovem é uma verdadeira emigrante que vai à procura duma vida melhor.

Respondi-lhe:

Olá Amiga;

É com profunda tristeza que sei que vais partir.
Desejo que tudo te corra bem!
És uma lutadora e vai-te correr bem.
Este país é assim não nos deixa alternativas a não ser emigrar.
Manda noticias
Bjs
Agostinho


Em dia de S.Valentim o regresso dos alunos às aulas.

Em dia de S.Valentim o regresso dos alunos às aulas.

Não podia deixar de passar este dia sem a minha pequena lembrança de S.Valentim e deixar o registo de alguma informação relacionada com as escolas, professores e alunos.

Foi neste pequeno período de carnaval que o ministro da Educação afirmou à imprensa  que a carga horária dos professores não passaria no próximo ano letivo das 35 horas para as  40 horas e também afirmou que não despediria nem estava em discussão a dispensa de 50.000 professores como foi revelado no relatório do FMI e que tudo não passava de especulação dos sindicatos.

Esperemos que o Ministro da Educação Nuno Crato desta vez não se engane.

 

Fica também aqui o quadro

 

… sobre o número de aulas que os docentes  portugueses passam em sala de aula em comparação com outros países europeus e  com a média da UE e da OCDE.

 

O estudo “Preparing Teachers and Developing School Leaders for  the 21st Century“, apresentado em Março de 2012 pode ser lido aqui.

 

 

FELIZ DIA DE S. VALENTIM.


IMPREVISTO DE CARNAVAL.

Este foi mesmo um dia de carnaval, não o vi mas senti-o.

O carro da minha mulher rebentou um pneu, e como? não se sabe!. mas também não é difícil de adivinhar com as estradas a ficar cheias de buracos por falta de manutenção, é a crise dizem alguns, podia ser em qualquer um lugar destas estradas esburacadas. Tentei um lugar que estivesse aberto para a substituição do  pneu, já que a mulher tinha que ir para a escola, nem Tondela nem Viseu, tudo fechado. Cum raio, então o dia de trabalho é só para o público? Se ao menos houvesse uma oficina pertencente ao estado poderia ter sorte. Isto do governo querer ser mais papista que o papa cria estas desigualdades.  

Foi preciso pedir e um mecânico amigo por favor para fazer esta mudança de pneu. Não é fácil mudar um pneu, eu e o meu filho não conseguimos e até partimos a chave de desenroscar. O mecânico também disse que não é nada fácil e não fora a maquinaria da oficina não se conseguia. Num tempo em que o tempo não chega para nada ainda temos as coisas a complicar. Até o local onde está o suplente e os acessórios para mudar o pneu é de difícil acesso. E isto num carro que tem só 4 anos. Bem podiam simplificar as coisas.

Afinal em Parada de Gonta não houve Carnaval, dizem que é da crise,  mas sentir, senti-o, pois tudo isto me pareceu uma partida de Carnaval.


Ponte sobre o rio Pavia


A velhinha ponte de Parada de Gonta/Silgueiros sobre o rio Pavia.


Ponte sobre Rio Pavia, que faz a divisão entre o Concelho de Tondela e o Concelho de Viseu.


É servida pela Estrada Nacional 337 que vem de Viseu e é principal via de comunicação entre Parada de Gonta e Carregal do Sal.


 


Ação de Formação - Educação Tecnológica - 5º post de ET

 

 

Hoje, dia 9 de Fevereiro, Sábado, fui a um evento, nome pomposo que se dá agora às ações de formação, talvez se fosse em dias úteis se chamasse ação de formação, mas como é um sábado chama-se evento. Pois bem, seja evento ou ação  formação de Educação tecnológica, estive lá  com uma centena de colegas que têm as mesmas preocupações que eu.

Logo à entrada encontrei-me com colegas que já não via há muitos anos, mesmo muitos que só através de outros colegas é que, se chega que, aquele ou aquela é o colega de outros tempos. Alguns mesmo que fizeram comigo par pedagógico do começo de EVT e agora que a disciplina acabou volto a encontrá-los. Foi uma alegria e só por si já valeu a pena ter um evento destes a um sábado.

Quanto à ação de formação de Educação Tecnológica, lembre-se que o ministro Crato acabou com a disciplina de Educação Visual e Tecnológica e criou outras duas, Educação Visual e Educação Tecnológica, sem manuais, sem programas e assentes em metas curriculares que por sua vez são baseados em não se sabe em quê.

Neste basear confuso de ideias, os professores da extinta disciplina de Educação Visual e Tecnológica tiveram que se desenrascar e confrontando e partilhando ideias dum lado e de outro lá foram construindo a disciplina que agora começa a ser olhada pelas editoras.

Esta ação no meu entender e de outros colegas com quem falei foi útil porque nos deu um olhar mais estruturado dum possível programa e a sequencialidade dos possíveis conteúdos a tratar e que virão em livro. Também nos forneceu recursos úteis que se poderão tirar da net conforme os temas a tratar.

Registo os conteúdos para possível tratamento:

Técnica T5 – Processo tecnológico;

Representação R5 – Medição;

Discurso D5 – Comunicação tecnológica;

Projeto P5 – Energia;

Técnica T6 – Materiais;

Representação R6 – Movimento e mecanismos;

Discurso D6 – Fabricação-Construção;

Projeto P6 – Estruturas resistentes.

Para os conteúdos a desenvolver utilizar-se-ão estratégias de acordo com os meios existentes, as turmas e os recursos envolventes.

As estratégias deverão ser centradas nos alunos através de: Áreas temáticas; identificação de necessidades/problemas; Enunciado projetual (encomenda) ou Dossier de projeto.

Os métodos e técnicas no desenvolvimento destas estratégias serão à base da resolução de problemas, pesquisa, demonstração, simulação, brainstorming  e experimentação (técnica laboratorial), que poderão ser utilizadas individualmente ou em simultâneo de acordo com o que se pretende alcançar com estas aprendizagens.

Nada que nos surpreenda..

Deixo uma pergunta pertinente dum colega que é transversal a todos: Sabendo-se que esta disciplina é essencialmente prática, que atividades práticas se sugere para estes conteúdos? E como realizá-las com turmas de vinte e tal alunos em salas que só tem quadro, carteira e cadeira?

Claro que a resposta foi mais difícil, assim como que um desviar de tema, sabemos da dificuldade de um professor com turmas enormes e em salas normais para colocar em prática as atividades práticas. Mas no livro virão algumas sugestões..

No final focou a mensagem: O caminho faz-se caminhando” do poeta castelhano- António Machado.

 

Novos materiais para Educação Tecnológica em PowerPoint

Ver Como construir as disciplinas de ET e EV? 1º post de ET

Ver Materiais para Educação Tecnológica 5º e 6º anos - 2º post de ET

Ver Materiais para Educação Tecnológica5º e 6º anos - 3º post de ET

Ver Materiais para Educação Tecnológica 5º e 6º anos - 4º post de ET

 

Também poderão consultar aqui:
PÁGINA DE EDUCAÇÃO VISUAL E TECNOLÓGICA

 

 

 


Desfile de Carnaval..que saudades!

 

Para memória futura ficam aqui registados 10 anos de Desfiles de Carnavais realizados na EB 2,3 Prof. Mota Pinto depois Agrupamento de Escolas da Lajeosa do Dão. A mania de que tudo tem um custo e é preciso poupar juntamente com as novas politicas do Ministério da Educação no agregamento de escolas leva a esta situação.

Ao longo de vinte anos sempre se fez o desfile de carnaval pelas ruas da Freguesia da lajeosa do Dão, com muita gente ao longo das ruas a aplaudir os alunos, professores e funcionários que em conjunto proporcionavam estas festas.
Hoje, dentro das 4 paredes, não houve desfile, os alunos perguntavam porque não há desfile de carnaval? Sim, eles nem são ouvidos nem achados nestas mudanças de poder ou não poder fazer desfile.
Diziam eles, a minha mãe contou-me que no tempo dela havia grandiosos desfiles pelas ruas da lajeosa. Outro dizia, o meu pai disse que ia caraterizado de padeiro e em vez de dar pães para as pessoas atirava-lhes com farinha, mas ninguém levava a mal e dizia ele que havia muita gente a assistir e aplaudir o desfile. Outro também perguntou ao professor que a avô perguntou porque é que este ano não há desfile de carnaval?
Respondi dentro das 4 paredes onde estava com eles que também tinha saudades desses tempos, porque já estou aqui à cerca de duas dezenas de anos e sempre participei nos defiles e que gozo que me dava. Agora tudo mudou e temo-nos de sujeitar a estas novas regras de não ter estas festas e só ter aulas.
Como o país se vai esvaziando de muitos recursos que a troika acha supérfulos as escolas caminham no mesmo sentido e vai-se esvaziando deste tipo de atividades que eram uma mais valia para os alunos, escola e meio.
Tudo em favor da contenção dos custos mas será que vale a pena?

Reutilização Máscaras de Carnaval - Educação Tecnológica

Uma aula de reciclagem é boa se tivermos em conta a melhoraria do ambiente.

Uma aula de reutilização de materiais/desperdícios é ótima porque podemos criar ao nosso gosto sem custos e o ambiente agradece. São estes pequenos gestos que revelam o nosso empenho em cuidar do ambiente.

Além de cuidar do ambiente o que nos leva também a reutilizar materiais é a crise económica que paira sobre o país e principalmente as consequências que tem nas famílias em geral e nas mais desfavorecidas em particular o que nos obriga a olhar para a reutilização de materiais com outros olhos.

Se não podemos comprar temos que arranjar solução para os problemas que vão aparecendo. Lá diz o velho ditado “ a necessidade aguça o engenho”, ou seja, obrigam-nos a pensar. O tema é : Queremos comemorar o Carnaval com uma Máscara. Pois bem, mãos à obra que a arte aparece…

Vamos então construir máscaras com a técnica do balão aproveitado materiais ou desperdícios.

Os materiais que precisamos são: Um balão; Jornais usados; cola branca (alternativa cola à base de farinha de trigo), fios de lã, corda, elástico, tintas.

Utensilios/ferramentas que precisamos são: Tesoura; x-acto; pinceis.

1- Enchemos um balão com ar;

2- Cortamos jornal em tiras;

3- Colocamos cola no balão e colamos as tiras de jornal,

4- Colocamos o mínimo de 4 camadas de jornal e o máximo 7 ( nem fino nem grosso em demasia);

5- As camadas de tiras sobrepostas são umas na vertical outras na horizontal;

6- Tiras grandes acabamento rápido mas trabalho mais imperfeito;

7- Tiras pequenas demoram mais tempo mas trabalho perfeito e liso;

8- Depois de seco o balão corta-se em 2 metades;

9- Marcam-se os olhos, o nariz, a boca, etc.;

10- Se é para cortar, corta-se com um x-acto ou tesoura;

11- Faz-se com a cola branca e papel amassado, uma pasta de papel;

12- Fazem-se os acrescentos: orelhas, sobrancelhas, saliências ou retoques na máscara, com a pasta de papel;

13- Deixa-se secar novamente;

14- Pinta-se a máscara (primeiro uma cor base) seguida dos pormenores;

15- Ainda se podem fazer os últimos retoques acrescentando com cola quente cabelo, barba, etc.;

16- Coloca-se o elástico para segurar na face.

 

Obs: Haverá um post final com as máscaras construidas.


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 1/2