Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Concurso nacional de docentes 2013/2014: Publicitadas as listas de colocação relativas à Mobilidade Interna

E após alguns dias de maior ansiedade, eis que surgem as muito aguardadas listas de colocação relativas à Mobilidade Interna.

Para acederem às mesmas, cliquem AQUI. Ou utilizem os links abaixo:

Por Viseu - Feira de S.Mateus - Hi-Fi

 

 

Ontem fui novamente à feira de S. Mateus em Viseu e além de andar a passear fui intencionalmente ver o grupo Hi-Fi a tocar. Digo intencionalmente porque este grupo costuma vir às festas de Parada de Gonta e tem sido bem acolhido e como eu sou novamente um dos mordomos da festa de Santa Ana de Parada de Gonta já estou no terreno a investigar e procurar Grupos/Bandas que possam vir no próximo ano a Parada de Gonta.É a 4ª vez que a faço estas festas e se fosse mandatos na politica já estava proibido ao fim do 3º. Se os outros são dinossauros por fazerem 3 mandatos como é que se considera uma pessoa que vai para o 4º ano de nomeação para a comissão de festas.Pois bem.. a minha vontade é trazer um dos grandes grupos/banda para o Sábado e já penso em: Hi-Fi; Mega; Republika;TZ musica; Soma e Segue e Função Pública. Até lá vamos ver..


Agostinho [Arte Por Um Canudo] - Do Blog Alaife blog

Antes que o mês de Agosto acabe, cumpre-me fazer aqui uma referência e agradecimento merecido.
Ando nestas andanças, de ir “escrevendo” qualquer coisa neste modesto espaço que muito gosto, desde 2004. Chamam-nos, aos que por aqui ainda andam e teimam em manter os seus blogues, de jurássicos, resistentes, teimosos ou, como já ouvi, fora de moda.
É bem verdade que muitos “emigraram” para o face, e uma grande parte deixou (quase) ao  abandono os seus blogues. Outros, como eu, mantêm o seu espaço e aproveitam a nova “moda” para partilharem o que vão escrevendo.
Considerações de lado, pois cada qual sabe em que espaços vai… teclando, venho hoje aqui para deixar uma singela homenagem a um amigo destas andanças, [Agostinho], autor de um blogue que nasceu no mesmo ano que o meu, [Arte por um canudo].
"arte sem arte, é uma outra forma de arte"_by Agostinho
Começamos ambos no Sapo, mas pouco tempo depois eu “fugi” para o Blogger, mas mantivemos o contacto visitando e retribuindo a partilha, deste gosto mútuo que são os blogues. Já lá vão quase 10 anos!
Guardo e recordo momentos fantásticos,  nos quais vou incluir a partir de agora o comentário número 7000, feito no passado dia 16 de Agosto neste post.
O autor do referido comentário (7000!), foi o meu amigo Agostinho, a quem eu agradeço toda a simpatia e amizade durante estes anos todos, de saudável convívio blogueiro.
Ler o “Arte” é um prazer, pela partilha de saberes relacionados com diversos assuntos.
Defensor dos direitos básicos de liberdade de expressão, da luta dos Professores e de outros trabalhadores, também partilha momentos de humor, divulgação da sua terra (natural e de adopção), costumes, e a importância dos valores e laços familiares.
 
Por tudo isto ainda hoje mantenho a minha ligação ao Arte, lendo logo que possível os artigos publicados. 
Ao seu autor continuarei a dar os parabéns e agradecer não só a partilha mas também o carinho, atenção e amizade que coloca nos seus comentários no meu blogue.
Para o amigo Agostinho, o meu grande e sincero abraço de agradecimento e amizade.
Tudo de bom.
(E qualquer dia vamos mesmo dar esse abraço, quanto mais não seja no próximo encontro dos Nascidos em 57).
- Blogue: Arte por um Canudo 2;
Este Blogue trata de brincadeiras ARTÍSTICAS, a ESCOLA, OLHARES de PARADA DE GONTA e recadinhos. Costumo dizer "arte sem arte é uma outra forma de arte". Dizer o que me vai na alma ... É sentir o que me rodeia. 

Por Viseu - Feira de S.Mateus

(carregar na imagem)

Que melhor existe numa sociedade do que partilhar com a família momentos bons? A família é o pilar do homem enquanto ser social. Numa sociedade em que os valores de família estão a ser completamente aniquilados, tudo se faz para manter estes laços familiares juntando o grupo familiar para partilhar estes momentos. Experimentem! Vale a pena!..


Há volta por Viseu.


Na imagem Jorge Gabriel entrevista um Viseense na praça Tomás Ribeiro. Muitos portugueses viram esta imagem mas só os Paradenses repararam no pormenor do criador da freguesia de Parada de Gonta.


 


Foi a 75ª Volta a Portugal que teve o seu final em Viseu.


Castelos e Santuários

Ontem, Sábado, dia 17 de agosto foi o dia escolhido para fazer o Piquenique com a rota dos 2 Castelos e 2 Santuários.  

Partiram de Parada de Gonta 3 carros com os respetivos ocupantes e rumaram ao 1º Santuário chamado Santuário do Nosso Senhor dos Caminhos que se localiza perto da Vila do Satão, fonte Wikipédia “ localiza-se a pouco mais de um quilómetro da povoação de Rãs, pertencendo à freguesia de Romãs a que se acede pela estrada nacional nº. 229 que liga as vilas de Sátão e Aguiar da Beira, tendo como coordenadas 40º 46’ 16;55 N e 7º 38’ 44:42 O.”.

Um edifício monumental com um enquadramento paisagístico de rara beleza. Construído essencialmente para os peregrinos e turistas, as suas festas anuais realizam-se após o 8º Domingo depois da Páscoa. Tem um ótimo parque de estacionamento e um excelente parque de merendas para que as famílias e amigos se juntem e façam o seu piquenique.

Depois de uma pequena visita ainda da parte da manhã rumou-se a Sernancelhe ao 2º Santuário chamado Santuário da Senhora da Lapa que se localiza em Quintela, Sernancelhe, fonte Wikipédia “O Santuário de Nossa Senhora da Lapa situa-se na freguesia de Quintela, Sernancelhe em Portugal e é onde está a imagem original da Nossa Senhora da Lapa. A primitiva capela foi construída em 1498. A actual igreja foi construída no século XVII pelos jesuítas, que muito promoveram as peregrinações. O altar de Nossa Senhora da Lapa foi erguido no local onde, segundo a lenda, a pastora Joana encontrou a imagem escondida pelas religiosas. O Santuário guarda na capela-mor o rochedo (lapa) milagroso com a imagem da Senhora da Lapa.”.

Um local de peregrinação excecional com Capela e Igreja e um ótimo parque de merendas. Depois da visita à Igreja e Capela ( todos passaram pelo rochedo) fomos para  o parque das merendas fazer o nosso piquenique. Juntámo-nos todos, desembuchamos a comida que cada casal levava e partilhámos o que se tinha em sinal de amizade e pleno convívio. Foi um momento que jamais será esquecido. Os pequenotes era só ver a felicidade deles estendidos numas mantas e a correrem por todo o lado.

Um pequeno reparo que serve critica a quem faz a manutenção destes parques, não havia qualquer pinga de água na fonte do parque e parece-me pelo que observei que já tem um certo tempo que não corre ali água, o que se lamenta já que são dezenas de pessoas que acampam naquele parque e querem fazer as suas limpezas para não sujarem o parque. Lamenta-se e apela-se a quem de direito que estas situações sejam reparadas.

Depois do repasto rumo a Trancoso para visitar o 1º Castelo. O Castelo de Trancoso, também chamado Castelo Medieval e as suas muralhas são um ex-libris da história portuguesa. Como se relata na Wikipédia “O Castelo de Trancoso localiza-se na Beira Interior, na freguesia de Santa Maria, cidade e concelho de Trancoso, distrito da Guarda, em Portugal. Desde o século XII, época da constituição da nacionalidade portuguesa, a povoação e seu castelo adquiriram importância estratégica na raia com o Reino de Leão, a par de outras localizades como a Guarda e a Covilhã. A primitiva povoação contava com uma cerca de muralhas com aproximadamente um quilômetro de circunferência, reforçada por quinze torres. Nessa muralha rasgavam-se quatro portas, defendidas por torres e três postigos: a Porta d’El-Rei; a Porta de São João; a Porta do Prado e a Porta do Carvalho; o Postigo do Olhinho do Sol; o Postigo do Boeirinho e a Porta da Traição.”.

Depois rumamos a Penedono a caminho da visita ao nosso 2º Castelo, fonte Wikipédia “O Castelo de Penedono, também referido como Castelo do Magriço, na Beira Alta, localiza-se na povoação, freguesia e concelho de Penedono, no distrito de Viseu, em Portugal. Em posição dominante sobre a povoação, esta pequena estrutura medieval constitui-se em um misto de fortificação defensiva e residência senhorial.”

Castelo de uma beleza impressionante pela sua arquitetura situado a uma altura considerável e com uma magnifica paisagem que se vê do alto dos seus muros, tinha no seu interior utensílios de tortura da época medieval que nos fizeram arrepiar só de imaginar as dores que podiam infligir.

Depois rumamos a Parada de Gonta sem antes de pararmos pelos lados de Aguiar da Beira e junto a um rio onde lanchamos novamente em forma de piquenique.

Foi um dia bem passado com a família e alguns amigos.

Ficaram contentes os mais velhos pela visita aos santuários, um dos mais novos que vai para o 5º ano ficou a conhecer no terreno o que é um castelo e os outros pelo convívio e amizade que foi partilhada.

 


Recordar outros tempos e viver o presente – 6º encontro dos nascidos em 1957

 

Foi uma noite em cheio. Recordar outros tempos e viver o presente foi o mote deste encontro que juntou os nascidos em 1957 num jantar de confraternização neste dia 14 de Agosto, pelas 20 horas, no edifício da Assodrec de Parada de Gonta no terreiro.

Foi o 6º encontro deste grupo de pessoas que segundo os astros são caraterizados por serem pessoas bem-dispostas e sempre prontas para encontros dos mais variados, principalmente aqueles que nos confortam com os prazeres da vida.

Pois bem, como está escrito nos pergaminhos dos astros realizaram este encontro ao redor duma mesa bem recheada com os petiscos do Sr. João de Sangemil, acompanhado por um néctar dos céus e tendo como música de fundo o DJ Paulo Drums residente em Parada de Gonta, para recordar tempos passados e viver o presente porque o futuro é incerto, ou seja, em linguagem mais popular só os Deuses o saberão.

Aproveitar o momento num cenário descrito como sendo celestial, lá se entrou na amena cavaqueira das recordações, das amizades e do convívio que era partilhado por todos. Aferreá para uns e aferreá para outros e ainda outros vivas, as horas foram passando até que chegou o momento dos organizadores deste evento, Zélia, Carlos Alberto e Agostinho, se dirigirem aos presentes para se escolher nova equipa que possa organizar o 6º encontro neste mesmo dia, ou seja, houve uma proposta para que se realizasse estes encontros dos nascidos em 1957 sempre no dia 14 de Agosto, sendo a proposta aceite como sendo o dia mais indicado até porque é véspera de feriado.

Depois de algumas desculpas de uns por não poderem realizar tal evento devido a afazeres profissionais e outros porque estão fora do país, foi ficando a ideia/proposta que deviam ser os mesmos, se não se importassem, porque este foi excelente. Proposta lá foi aceite com o habitual fair-play de que qualquer um podia ajudar esta comissão se quisesse ou se fosse solicitado.

Durante o recheio das partes que nos confortam foram surgindo algumas ideias para a continuação do grupo dos nascidos em 1957, tais como:

O jantar de convívio ser sempre no dia 14 de Agosto.

É aberto a todas as pessoas do país que façam anos em 1957 e seus familiares.

O local do jantar convívio depende de quem no organiza.

Foi criado o logótipo dos nascidos em 1958 ( https://www.facebook.com/photo.php?fbid=489482461134484&set=a.433187896763941.1073741828.428786767204054&type=1&theater )                           

Tem página no facebook (https://www.facebook.com/nascidos.cinquentaesete?fref=ts ) e blogue

Poderá ser legalizado como associação o que terá para isso ter estatuto/regulamento conforme o previsto na lei.

E assim se encerra com registo escrito o 6º encontro de confraternização dos nascidos em 1957.

Parabéns aos organizadores do evento e boa sorte aos organizadores do próximo.

Atá ao ano!..


2º dia de praia - 2013

Praia da Barra - Aveiro

Pena é que estas férias estejam a acabar. Férias e descanso dois bens que deviam ser mais duradoiros. Que ganha a economia com trabalhadores cansados e pouco motivados para o seu trabalho? segundo estudos daqueles feitos ao meu gosto é que a economia em vez de ganhar até perde quando os trabalhadores passam muitas horas no local de trabalho e têm pouco tempo descanso.

Aumentar as horas de trabalho, cortar nas férias, tirar dias de feriado, o que se ganha com isso? Os trabalhadores nada e as economias também.

O país e a economia podem perder mais com um individuo que diz que é irrevogável e depois passa a revogável (2,3 mil milhões???) do que ganha com todos os cortes e aumentos de horário na função pública. 

As democracias só perdem com o aumento das horas de trabalho, poucas férias e cortes em tudo que é social. Se os pais passam todo o dia no trabalho, agora ainda mais, como é que podem ter laços de afeto e de partilha com os seus filhos se não têm tempo para isso? A dignidade no trabalho, o lazer, as férias e o estado social são conquistas democráticas que as democracias estão a deixar escapar perante o capitalismo financeiro e económico e que vai ter implicações no futuro.

Há uma certa intencionalidade com este estado das coisas e todos sabem a quem servem...


Os tomates da sogra..


(carregar na imagem)


 


É verdade, são os tomates que a minha sogra plantou e são enormes. O tomate referenciado pesa 1.150g e está em Parada de Gonta. Imagine-se se fosse o sogro a plantá-los. Em Parada de Gonta os tomates são assim...


27º Aniversário.

(cerimónia realizada em 9 de agosto de 1986)

Tirada do baú das recordações esta foto que assinala a cerimónia do casamento dos pombinhos na altura, agora "pombões", que hoje comemoram 27 anos. Desejo-lhes continuação de Boa Sorte e muitas felicidades.

 

Obs. Regista-se que na altura no ano de 1986, não havia a facilidade das comunicações de hoje, por isso deu origem à seguinte peripécia.

A noiva era de Parada de Gonta e o noivo de Penafiel e o casamento realizava-se na terra da noiva em Parada de Gonta, então veio o noivo de Penafiel com os seus convidados de autocarro. No autocarro também vinha o padre que ia fazer o casamento e acontece que o autocarro em plena serra de Montemuro avariou.

Como não havia telemóveis e nem telefone no local foi complicado gerir a situação, já que o casamento estava previsto para as 12,30h e a essa hora ainda continuava o autocarro avariado na serra do Montemuro. O padre (grande amigo meu) na brincadeira dizia, não se atrapalhem que o casamento não se realiza porque o padre está aqui.

Um dos carros de particulares (convidados também) que acompanhavam o autocarro foi até Cinfães que era a localidade mais perto e foi à empresa relatar o sucedido, até que veio novo autocarro e de novo rumo a Parada de Gonta onde chegamos muito atrasados mas a tempo de se fazer uma grande festa que muitos ainda se lembrarão.

Claro que mais tarde soube que por aqui se dizia, o noivo arrependeu-se e fugiu..

A falta que fazem os nossos telemóveis…


1º dia de Praia - 2013

 

 

1º dia de praia na Barra de Aveiro. A minha praia favorita com um imenso areal branco e limpo. Tem imensos cafés e restaurantes de apoio ao turismo. Em alguns momentos é ventosa mas mesmo assim merece ser uma das praias favotitas do norte/centro. Fica a 100Km de Parada de Gonta mas mesmo assim vale a pena percorrê-los (200 Km ida e volta) todos os dias para usufruir da sua beleza. 


62º Convívio do Grupo do Tacho - Festas de Santa Ana

(carregar na imagem)

Realizou-se o 62º Convívio do Grupo do Tacho no refeitório das Festas de Santa Ana – 2013 de Parada de Gonta.

Cerca de 2 dezenas de amigos que se juntaram para conviver e partilhar conversas no encerramento das festas de Santa Ana.

Já há alguns anos que se vai realizando este convívio que dura até às tantas da madrugada, ou seja, mesmo até ao final da festa.

É também durante este final de festa que são nomeados os mordomos para a próxima comissão de festas e aproveita-se desde já para desejar aos elementos do Grupo do Tacho que foram nomeados BOA SORTE.


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 1/2