Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Educação e Arte são a minha paixão! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto no que me rodeia! Educação e Arte são a minha paixão! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte!. email: ag_silva@hotmail.com

Halloween em Parada de Gonta 2013

 

 

Eles e elas estiveram por cá..

Pediam doçuras!.. Quem não desse... nem que fosse apenas um sorriso, levava com  travessuras.

Foi assim que fui surpreendido por 2 momentos da juventude de Parada de Gonta. Truz..truz..quem é! Nada!. abre-se a porta e...

Pela calada da noite, pé ante pé, palmilhavam os caminhos e batiam às portas.

Ao longe  ouvia-se o alarido de vozes a sussurrar para fazer maldades. Gritos, mais um. Quem aparecia levava um susto de morte e depois a famosa frase "Doçuras ou gostosuras". A noite estava fria e a pouca luz ajudava a pregar o susto. Muitos foram surpreendidos outros já sabiam que era o 31 de outubro, dia das bruxas.

Estes jovens vão mantendo uma tradição que embora seja importada é já muito apreciada por cá. Parada de Gonta tem jovens que gostam de se enriquecer culturalmente e é pena que estas manifestações comecem a acabar. Ainda há meia dúzia de anos eram dezenas os jovens que faziam estas travessuras em Parada de Gonta. Perguntei o porquê de tão poucos e os jovens responderam que por não ser feriado os pais não deixam sair os filhos porque o dia de amanhã é dia de aulas e bem cedinho têm que se levantar. O governo nem imagina o mal que faz em acabar com feriados que por sua vez também acabam com certas manifestações que enriqueciam culturalmente o povo. Mas a Troika é que manda e o governo obedece para tristeza de todos.

Mesmo assim, ficam os parabéns a estes jovens pela sua disponibilidade em manter esta tradição, pela sua criatividade na caricaturização e nos trajes envergavam.

Ver halloween 2006

Ver halloween 2007

Ver halloween 2008 

Ver halloween 2009

Ver halloween 2010

Ver halloween 2011

Ver Halloween 2012


Paulo Portas e a Reforma do Estado


 


Paulo Portas apresenta o guião de reforma do estado. É mais do mesmo, cortes e mais cortes com a novidade que "cortar é cumprir metas" como se o entre aspas fosse uma atenuante do que estão a fazer. Mandatários da Troika e mesmo com esta de saída não nos veremos livres tão cedo da marca que deixaram. Colocando doutra forma a ideia força que Paulo Portas apresenta em sentido contrário diriamos que se "cumprir metas fosse cortar" então todas as atingiriamos.


MORDOMOS PARA A FESTA DE SANTA ANA 2014-PARADA DE GONTA

LISTA DE MORDOMOS PARA A COMISSÃO DE FESTAS DE SANTA ANA DE 2014

PORTUGAL (PARADA DE GONTA)

1-JOSÉ FIGUEIREDO MARQUES

2-CARLOS ALBERTO SIMÕES RODRIGUES

3-ARTUR JORGE CASTAÍNÇA

4-MANUEL ANTÓNIO CASTAÍNÇA

5-JOSÉ CARLOS DA CUNHA CARDOSO

6-LINO AUGUSTO OLIVEIRA LEAL

7-JOSÉ ANTÓNIO RIBEIRO DA CRUZ

8-CARLOS LOPES VITAL

9-JORGE MIGUEL LADEIRA XAVIER

10-JOEL PINTO

11-AGOSTINHO NEVES DA SILVA

12-CARLOS ALBERTO CARDOSO HENRIQUES

13-NUNO MIGUEL CORREIA SANTOS

14-PAULO DRUMS (DJ)

15-ERNESTO ANTUNES

16-FÁBIO AMARAL

17-FILIPE RODRIGUES

18-ALCINO MARQUES

19-PEDRO MIGUEL NEVES XAVIER

20-EDGAR MOURA COUTINHO

21-CARLOS AMARAL RODRIGUES

22-RUI ROMÃO

23-CAMILO TEIXEIRA (C)

24-SANDRA INÊS PEREIRA

25-VÂNIA LOPES

26-VANESSA ALMEIDA

27-DANIELA XAVIER

28-SOPHIE MARQUES AMARAL

29-CRISTIANA FIGUEIREDO

30-TÂNIA MARQUES

31-LÚCIA REIS

32-LÚCIA CARDOSO

33-ANA MARIA AMARAL ALMEIDA

34-ESMERALDA SÁ

35-MARCIA FIGUEIREDO

 

E.U.A.

36-JORGE FERREIRA

37-SILVIO (IRMÃO DO HORÁCIO)

38-MANUEL LUIS (MARRECO)

39-CARLOS DIETA

 

CANADA

40-JOSÉ CUNHA

41-JOSÉ FIGUEIREDO

42-JOSÉ CARLOS PEREIRA FIGUEIREDO

43-PAULO MATOS

 

FRANÇA (BAYONE)

 

44-FERNANDO PEREIRA MATOS

45-MANUEL PEREIRA MATOS

46-JOSÉ PEREIRA

47-CARLOS MANUEL PINTO PEREIRA

 

FRANÇA (PAU)

48-GIL ALMEIDA CUNHA

49-DANIEL AMARAL FIGUEIREDO

50-FILIPE CALDEIRA

 

FRANÇA (PARIS)

23- CAMILO TEIXEIRA

 

ALEMANHA

51-JOSÉ FERNANDO FERREIRA

52-PEDRO FIGUEIREDO

53-TIAGO QUERIDO

54-RAFAEL SÁ

55-JOAQUIM SÁ

 

SUIÇA

56-ANTÓNIO MARQUES RODRIGUES

57-RODRIGUES NUNO

 

LUXEMBURGO

58-JORGE AMARAL

59-GENRO DO JOÃO ALMEIDA DO TALHO (C) DANIEL CRUZ

 

CORSEGA

60-JOSÉ ANTÓNIO AMARAL RODRIGUES

 

São 60 pessoas nomeadas para a Festa de Santa Ana de 2014, entre residentes e emigrantes paradenses.

 

Observações:

1- Os nomes poderão ser corrigidos em virtude por vezes se conhecer a pessoa pelo apelido e não se saber o nome completo.

2- Poderão corrigir aqui nos comentários do blogue ou mandar-me por e-mail se souberem que os nomes estão incompletos ou que houve falha de algum.

3- (C) corrigido no blogue

 

Ver mordomos de outros anos: COMISSÕES DE FESTAS DA SANTA ANA

 

BOA SORTE É O QUE SE DESEJA A TODOS OS MORDOMOS PARADENSES DESTA COMISSÃO DE FESTAS DE SANTA ANA 2014...

BOM TRABALHO!..

 


Da emigração, o que parece inevitável…

Que caminho queres seguir Portugal?

O pior que existe para um país é não criar condições para os seus jovens e vê-los partir à procura de trabalho onde possam sustentar-se e sustentar a família que vão criar, porque no seu país, devido a politicas e politicos irresponsáveis, não têm condições de sobrevivência. Se Portugal não cria condições para ficar com os seus filhos então é uma mãe desnaturada que só os pare e depois abandona-os.

Um país assim é um país empobrecido que cai na desgraça, torna-se insustentável e os seus jovens filhos vão criar riqueza para outros países e vão também criar a sua prole nesses países, acabando Portugal por ficar só com velhos. Velhos e incapazes são os que ficam.

Portugal está no caminho da falta de sustentabilidade porque não vai haver massa jovem a trabalhar para descontar e ser capaz de suportar as pensões e reformas duma classe de idosos cada vez maior.

Que exemplo pode ser mais real do que aquele que passa numa escola do interior que ainda há 5 anos tinha 331 alunos e atualmente tem 211. Foram mais de um terço, 120 crianças que desapareceram da escola em 5 anos (segundo a ata do CP, nº 188 de 2008) e embora haja alguma falta de natalidade no meio, o principal problema é a emigração. A emigração é o flagelo da escola e do país.

Ainda hoje 2 alunas, 3º e 6º ano, se despediram de mim porque vão rumar para a Suíça. Os pais foram primeiro e arranjaram as condições necessárias para terem os seus filhos à sua beira e muito bem, agora chamaram-nos para partir já esta 3ª feira. Mais uma boa aluna (6º ano) e por sinal a minha melhor aluna a ET e EV parte com as lágrimas nos olhos ao despedir-se de mim e dos colegas. A turma também esteve presente e vai sentir saudades da sua colega.

Tem sido assim nestes últimos anos, muito mais que a falta de natalidade é a emigração a principal causa da saída de alunos desta escola. São jovens casais que levam os seus filhos a juntar àqueles milhares de jovens formados que também saem do país à procura de melhores condições de vida. Pergunta-se, o que vai restar deste Portugal daqui a uma década ou talvez menos?

Prof. EB Lajeosa do Dão 


S.Simão em Lobão da Beira 2013

 (carregar na imagem)

 

Foi dia de S.Simão.

Todos os anos se comemora e mais uma vez juntamos a familia de Parada de Gonta com a familia de Lobão da Beira para festejamos com um almoço convivio o dia de S.Simão. Neste almoço esteve a Srª Maria com 97 anos, junto dos bisnetos, que muito nos orgulha. 

Depois do almoço e do convivio fomos até à feira junto da capela de S.Simão.É uma feira anual com um espaço muito grande e onde se vende de tudo um pouco.O dia estava bom e a feira com muita gente nas compras.Foi um Domingo de S.Simão bem passado.


A Troika portuguesa


(carregar na imagem)


Quem melhor poderia fazer parte deste trio de apoio à Troika? Pois são alguns os candidatos mas os mais ferverosos já Passos Coelho os tem na manga. Se fosse um quarteto não haveria dúvidas no seu alinhamento. Cavaco Silva ou Durão Barroso, qualquer um serviria pelas mostras dadas de servilismo aos representantes do capital.


A Troika tem como objetivo tirar o máximo rendimento de Portugal e todos sabemos que enquanto isto der dinheiro, juros elevados, ninguém abandona o barco sem levar as trutas todas.


Quem paga é o povo e principalmente a classe trabalhadora que a cada dia vê estas sanguessugas a chuparem-nos até ao tutano. Estes gordos, por isso as gorduras nunca foram combatidas, também lucram com este sistema porque os amigos os sabem compensar.Os seus lugares na sociedade dos gordos está garantido e enquanto durar e o povo calar eles vão fazendo de nós parvos.


Vamos fazendo umas manifestações com titulos pomposos "Que se lixe a Troika" mas não passamos disso e eles vão-se rindo e continuando a chamar-nos "olha que parvinhos coitados".


Desabafos… uma profissão na mó de baixo.

A escola como instituição de ensino já há muito que deixou de ser um lugar agradável para se trabalhar e até para se estar. Basta lembrar que ainda há pouco tempo, meia dúzia de anos atrás, ainda se sonhava em ser professor, estar numa escola onde se ensinava, onde se aprendia, onde se refletia no que se ensinava e ainda contava-se com um grupo profissional para ajudar e para conviver. Hoje a escola é um local pouco agradável tanto para alunos, como para professores e funcionários. Os cortes que têm havido na educação têm afetado a escola como instituição e todos aqueles que trabalham e vivem com ela.

Na escola todos mandam com exceção daqueles que deviam ter autoridade para mandar, os professores, que na cadeia hierárquica da instituição são aqueles que mais sofrem na pele as mudanças das políticas educativas e económicas que o governo decreta.

O mau estar e a pouca esperança que está a inundar a escola verifica-se no desalento com que são encarados os assuntos pelos atores que trabalham nela e o “deixa andar” para não me darem problemas começa a agravar-se em certas atitudes que noutras alturas tinham mão firme responsabilizando e punindo quem as praticava.

Se um professor chama atenção de um aluno por este estar a perturbar a aula ou a ser incorreto com atitudes não aceitáveis, logo tem lá os pais a pedir explicações porque acham que, podem e devem, molestar o professor como que a marcar a sua posição de quem manda em vocês somos nós. Se o professor chama o encarregado de educação para saber como vai o seu educando, raramente aparece mas se o educando diz que o professor lhe “ralhou” aparecem logo todos “encrispados”.

Acontece o mesmo com os funcionários (AO) que preferem não ver certas atitudes dos alunos para não terem aborrecimentos.

Quando um aluno perturba a aula, como se sabe existem aqueles que para eles é uma obrigação ir às aulas e se é obrigado então toca a perturbar, fica o professor manietado porque a sua autoridade para com este tipo de alunos é nula, se lhe chama a atenção ela não liga, se lhe ralha é um perigo, mandá-lo para fora da sala é antipedagógico, mandá-lo para a biblioteca com um trabalho escolar, quem toma conta dele e se ele recusa, dar-lhe um abanão é o aqui del rei com ameaças dos papás, então que fazer?

A escola não tem recursos ou resposta adequada para estes alunos. Ter uma participação disciplinar e ser punido com uma suspensão temporária 1 dia e depois por aí adiante, também não leva a nada e ao aluno até lhe agrada desde que os pais não os molestem e como estes não são responsabilizados pelas atitudes dos seus educandos fica tudo em águas de bacalhau e quando aluno regressa volta tudo ao mesmo.

A maioria destes pais/encarregados de educação são pessoas sem emprego, a viverem com parcos subsídios e andam todos desesperados, de mal com a vida, prontos a entrar confronto quando estes casos lhes surgem. Casos há, que, quando se chama o encarregado de educação para lhe dar a conhecer como vai o seu educando, depois de várias tentativas lá aparece, só que em vez de um aparecem os dois, o casal, pais do aluno, que ao saberem das atitudes do filho dadas pelo DT, viram-se um contra o outro, que a culpa é dele ou dela, ameaças de todo o género, chegando a “vias de facto”. Como pode o filho corrigir as suas atitudes se os pais se comportam assim. Imagine-se o papel daquele diretor de turma.

Outro caso, um DT ter chamado a encarregada de educação e esta nunca apareceu para saber o que estava a acontecer com o seu educando mas a DT teve o azar de tirar um maço de cigarros ao rapaz, não é que a encarregada de educação logo apareceu a exigir que a DT desse o maço de cigarros ao filho.

É com estas situações que os professores se vão defrontando e ninguém os leva a sério…

 


MATERIAIS - MADEIRAS/Educação Tecnológica 6ºano

 
Mais um trabalho em ppt de apoio à disciplina de Educação Tecnológica do 6º ano do 2º ciclo.Dimensão TÉCNICA - Unidade de trabalho / didática MATERIAIS - Madeiras.

Parque das merendas em Parada de Gonta

(carregar na imagem)

Situado na estrada nacional 2 à entrada da aldeia de Parada de Gonta fica o Parque das merendas, ainda não foi inaugurado, por isso é assim chamado por este grupo de pessoas que foram candidatas à Junta e Assembleia de Freguesia de Parada de Gonta e construído  recentemente pela  candidata, atual Junta de Freguesia de Parada de Gonta, mesmo em cima da campanha eleitoral.

Este grupo tinha a intenção de inaugurar o parque com um almoço convívio mas o tempo não ajudou e teve que se improvisar o almoço noutro sitio para depois se dirigirem ao parque e tirar a fotografia da praxe.

O grupo quer com isto chamar a atenção que vai estar atento às promessas realizadas pelo atual executivo e vai lutar para que tudo o que foi prometido seja plenamente cumprido.

Não importa quem faça, se é a junta de freguesia ou se é a Camara Municipal ou até algum benemérito, o que interessa é que se façam obras que sirvam os interesses dos paradenses e sejam uma mais valia para o povo e a freguesia. Não podemos ficar calados e só queremos o que os outros querem. Esta aldeia merece mais e melhor.

O grupo vai estar atento com a garantia do elenco que foi eleito para a assembleia de freguesia, através de campanhas de informação que sirvam os interesses e o desenvolvimento da freguesia.


MATERIAIS-Origem e Propriedades/Educação Tecnológica 6ºano

Conclusão do trabalho em powerpoint sobre "Materiais - Origem e propriedades" para a disciplina de Educação Tecnológica do 6º ano. É umas das unidades temáticas/didáticas/trabalho ou como lhe queiram chamar que pertence à dimensão Técnica.

Este ppt está de acordo com os livros de ET e baseia-se um pouco em cada um. Serve para complementar qualquer um dos livros adotados.


Dia da dor


Ministra das finanças, Maria Luis Albuquerque apresenta o orçamento de estado para 2014. Cortes salariais nos funcionários públicos e nas pensões de sobrevivência misturados com mais alguns impostos a principal receita do orçamento. O dia 15 de Outubro para muitos vai ser considerodo o dia da dor.


Ensino gratuito?

Hoje, uma colega chamou-me a atenção dos materiais que a escola devia fornecer aos alunos  para poderem fazer os seus trabalhos. Pois bem, chamei-lhe a atenção que apesar do ensino ser gratuito até aos 18 anos como diz a constituição, os pais e encarregados de educação na maioria dos casos pagam os livros, almoço e material escolar, outros o estado paga-lhes o almoço e alguns livros, porque o subsídio não dá para todos os livros mas o material escolar raramente ou em nenhum caso é pago.

Se o trabalho a realizar é para a escola e faz parte do PAA pode a escola fornecer esse material mas se o trabalho é para uso do aluno, então, têm que ser os encarregados de educação a fornecer.

 Cada vez menos o estado fornece meios de gratuitidade e cada vez mais o estado corta as verbas na educação que se revelam depois através nestes pequenos montantes, pormenores que, para os alunos e encarregados de educação tem muito significado no seu meio económico.

Claro que, para o pessoal das artes que gostariam de ter materiais para poderem desenvolver com os seus alunos os trabalhos sem qualquer condicionalismo seria o ideal. Até neste campo existe a desigualdade com a existência na sala de alunos com posses para terem o material escolar com qualidade e alunos sem posses que trazem materiais mais baratos e de fraca qualidade.

Isto de constar na constituição a sua gratuitidade já teve o seu mérito e aplicação ao longo dos anos após o 25 de Abril, só que atualmente serve para tapar olhos aos parceiros europeus como sendo um país que mantém os valores altruístas de gratuitidade e acesso em igualdade para todos.

O ensino básico obrigatório e gratuito, como consta na constituição no seu artigo 74 alínea a), não me venham dizer que é eventualmente gratuito, mas mesmo este tem os dias acabados.

Os pais pagam, os encarregados de educação pagam e todos pagamos apesar de nos impostos já pagarmos para termos acesso a estes direitos. É assim que manda a Troika composta por países que não são solidários nem amigos dos países em dificuldades, é assim que se verifica nos juros que levam pelo dinheiro emprestado e que vão engordando à custa dos pobrezinhos.

Enquanto nos calarmos e aceitarmos como fatalidade sermos “portugueses pobrezinhos” a situação mantém-se e vai continuar a manter-se.

 


Trabalhadores de Domingo.


(carregar na imagem)


Reunião do Conselho de Ministros, hoje, domingo, para concluir o orçamento de estado de 2013. Todos sabemos onde vão recaír os cortes, ou seja, mais do mesmo e o mesmo é nos funcionários públicos e também nas pensões de sobrevivência.


Enquanto aceitarmos estas medidas de imposição do governo e da troika como se fossem uma fatalidade e sem protestarmos, mais ainda virão..


Austeridade a palavra e ação mais praticada por estes governantes e que o povo nunca mais se livra dela.


Um passeio até ao Porto

(carregar na imagem)

 

Este sábado se outubro fomos até ao Porto para fazer umas compras e aproveitamos para passear junto à praia no Castelo do Queijo onde almoçamos na CUFRA, o meu almoço foi uma francesinha, que saudades que tinha, e depois foram as compras. Para minha alegria encontrei um grande amigo de infância e de Penafiel no hiper Nassica de Vila do Conde, o Alexandre com a sua familia e foi um gosto tomar um café com ele.


MATERIAIS-Origem e Propriedades. 7º post de ET

As editoras estão como as empresas só à procura de vender e depois de vendido o produto não interessa mais o cliente. Aconteceu com os manuais neste caso da Santillana de Educação Tecnológica 2º ciclo em que eram oferecidos vários recursos de ajuda às atividades desenvolvidas nas aulas, nomeadamente o cd com as aulas interativas, chamado livromédia,só que as aulas já começaram e estes recursos ainda não chegaram às escolas que adotaram o manual.
Enquanto se espera vai-se produzindo os próprios materiais que também servem de partilha. Este recurso é em ppt para ser bem visualizado.
 

Festa no burgo da macacada (3)

Sim, o galho mais alto do burgo da macacada foi ganho e houve festa rija por tal conquista. Merecida ou não depende do ponto de vista dos macacos se foram apoiantes ou adversários. Para aqueles que conseguiram o galho mais alto do burgo é tempo de acalmar e levar a sério tudo o que se disse.

Passada uma semana das escolhas para o galho mais alto no burgo da macacada a calmaria parece ter voltado ao burgo. Parece.. mas nem sempre é assim quando a macacada dos diferentes candidatos ao galho mais alto se cruzam e trocam olhares de provocação. Olham-se como se não fossem do mesmo burgo.

Depois das escolhas para o galho mais alto a macacada anda agrupada como se fosse uma prole do mesmo gene e como que desafiando as outras proles de outros genes pelo posse do mesmo território.

Uns prometeram e levaram de vencida os seus intentos, os outros fiscalizam se as promessas vão ser cumpridas é o que parecem dizer as proles que se afrontaram para subir ao galho mais alto.

A macacada do burgo continua embora sem os ruídos de há uma semana a desafiar-se da mesma forma que quando foi a eleição para o galho mais alto.

E a festa no burgo da macacada vai continuar…

 

Arte por um Canudo 2


A favor dos Bombeiros em Canas de Santa Maria


 


Ontem, fui ver o conjunto República e um dos agora famosos eventos "Zumba" na freguesia vizinha de Parada de Gonta que se chama Canas de Santa Maria. A noite estava ótima e o espetáculo correspondeu. Os fundos revertiam a favor dos Bombeiros de Tondela o que por si só é de louvar.Parabéns a quem teve esta iniciativa.


Obras no burgo da macacada! (2)

O pequeno burgo da macacada é como qualquer grande burgo macacal, só difere no número de macacos e do galho alto, porque galho alto no pequeno burgo não será tão alto como no grande burgo.

Quanto ao resto, tudo é igual, para escolher o macaco-mor para o galho mais alto é como nos grandes burgos através de eleições.

As promessas dos macacos bem-falantes para atingir o galho alto são também diferentes e cada macaco do seu burgo faz as promessas de acordo com as posses do seu burgo e com o valor que atribui ao galho alto.

Por esses burgos fora, além das promessas, vêem-se obras feitas à pressa que os macacos-mor fizeram para tapar olhos aos macacos dos galhos baixos e assim atingir o galho alto, à custa da falta de memória da macacada que só se lembra do que se faz no momento.

Pois bem, o que devia ser feito ao longo de 4 anos de duração dos mandatos dos macacos bem-falantes foi feito à pressa nas 3 últimas semanas para a eleição do macaco-mor ao galho mais alto. Então, verifica-se que, muitos dos burgos têm obras por acabar, outras feitas à pressa que só servem para tapar os olhos da macacada dos galhos baixos e o pequeno burgo também não foge à regra.

No pequeno burgo as obras a 3 semanas das eleições do galho alto foi um redopio. Algumas mesmo sem interesse direto para o burgo, acabamentos à pressa que a chuva dos últimos dias destruiu e sabe-se lá se realmente algum dia ficarão prontas já que o galho alto foi ocupado. Outras obras de grande montra também por acabar (culpa-se a chuva) e estas como galhardete de mais-valia para ganhar o galho alto, sabe-se lá também quando ficarão prontas.

Como todos os outros burgos, o pequeno burgo também fez as suas promessas e as suas obras na campanha para o galho alto.

Os macacos dos galhos baixos do pequeno burgo esquecem muito rápido, será falta de memória ou só falta quando se quer, mas foram lestos a atribuir o galho alto ao macaco que diziam ser um macacão.

Arte por um Canudo 2


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.