Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

O Blog trata de brincadeiras artísticas, escola, paradadegonta e bisbilhotices. Costumo dizer "arte sem arte é uma nova forma de arte". Dizer o que vai na alma ..é sentir o que me rodeia. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

O Blog trata de brincadeiras artísticas, escola, paradadegonta e bisbilhotices. Costumo dizer "arte sem arte é uma nova forma de arte". Dizer o que vai na alma ..é sentir o que me rodeia. email: ag_silva@hotmail.com

Contas com complicadex.

Na memória das pessoas está ainda  um politico português que para engalanar os seus feitos gostava dos termos terminados em “ex” e daí surgiu o “simplex”  mas a maioria dos cidadãos sentiam que afinal  o efeito gerado da simplificação só lhes complicava a vida, surgindo outro termo que passou a ser conhecido por “complicadex” .

Complicadex é a imagem  de um país democrático que defende a igualdade de oportunidades e que em tempos de crise, os pobres cada vez são mais pobres e os 25 mais ricos de Portugal duplicaram ou triplicam as suas fortunas.

Complicadex é a forma como mudam os acordos com os trabalhadores e pensionistas com a redução dos salários e pensões mas os acordos com as PPP não mudam porque não é correto e  querem cumprir os seus compromissos.

Complicadex é a maneira como dizem que o aumento de horário de trabalho é para maior produtividade quando um  ministro com o “irrevogável” causou mais perdas que os ganhos de 3 anos do aumento de horário de todos trabalhadores.

Complicadex foram as lutas pelas igualdades e direitos dos trabalhadores no século XIX e em pleno século XXI voltarmos às mesmas lutas.

Complicadex é a forma como julgam que somos papalvos, dizem que saímos da crise, o crescimento é de zero virgula qualquer coisa, pois se já bateu no fundo qualquer grão de arroz na panela é um crescimento.

Complicadex é como aplicam o conceito de requalificação de profissões quando mais simples era dizer despedimento.

Complicadex é obrigarem professores a fazerem prova de avaliação de capacidades e conhecimentos para professores quando já o são há 15 ou mais anos.

Complicadex é forma como equacionam AUSTERIDADE=FELICIDADE como uma igualdade perfeita.

Complicadex são os jovens terem que emigrar à procura de trabalho enquanto se mantém os mais velhos com o aumento da idade de reforma.

Complicadex é a forma como nos tratam e decidem da nossa vida em nome de um capitalismo que nos esmaga e mata todas as esperanças que foram construídas ao longo dos anos de um final de vida mais descansado.

Complicadex são contas minhas, há dez anos faltavam 12 anos para a aposentação e uma reforma completa (36 anos de serviço). Passados 10 anos continuam a faltar 10 anos para a mesma reforma e desta vez incompleta.

E esta hein..ex??

Concurso de Presépios na EB Lajeosa do Dão - 2013

(Carregar na imagem)

 

Há semelhança do ano anterior, vai estar novamente no facebook "As Nossas Vozes", dirigido a todos os alunos do ex-agrupamento da Lajeosa do Dão, atualmente pertencente ao Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo, o concurso de presépios feitos totalmente com materiais reutilizáveis. O concurso estará aberto entre os dias 13 de dezembro e 13 de janeiro. Este concurso terá como júri o Órgão de Gestão, Prof. de ET e EV, Prof. da Equipa da Biblioteca.

O concurso terá votação online e ganha aquele que tiver mais likes.

Ganha também o ambiente com o aproveitamento dos desperdícios.

Para ver os do ano passado que foram um êxito e tiveram uma votação muito renhida, houve mais de 500 votos distribuidos por todos os presépios, o endereço é o seguinte:

https://www.facebook.com/#!/media/set/?set=a.2604836578376.70415.1778751765&type=3

Participa, mobiliza os teus pais, irmãos ou amigos e apresenta o teu presépio até dia 12 de dezembro.

Parceria com o Jornal Online "As Nossas Vozes"

Recordar..Prof. de S. João da Pesqueira..Há 30 anos

Eu e um grupo de professoras da escola de S.João da Pesqueira, no longinquo ano de 1984/1985, há cerca de 30 anos. Foi uma das escolas que marcou o meu gosto por ser professor. Foi aqui também que conheci aquela que é atualmente a minha esposa. Tempos em que ser professor valia a pena. Profissionalismo, competência, capacidade, proficiência, responsabilidade, seriedade, pontualidade, ética, respeito, solidariedade, camaradagem e alegria faziam parte da estima de qualquer professor.

EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA-Correção do Teste.MATERIAIS

 
 

O meu recado à CAB-USA

“No dia 09/02/05, com a presença de sua Exa. o Senhor Diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Viseu, Dr. Leonel Carvalho, o Senhor Presidente do Município de Tondela, Dr. Carlos Marta Gonçalves, Vereadores da Câmara Municipal, Presidente e Membros da Assembleia de Freguesia de Parada de Gonta, Direção e Órgãos Sociais da ASSODREC e Comunicação Social foi assinado protocolo entre o Centro Distrital da Segurança Social e a ASSODREC para início do apoio domiciliário aos idosos de Parada de Gonta.

A partir de agora, as pessoas mais idosas têm mais um motivo para sorrir. 
Os agradecimentos a todos os que contribuíram e acreditaram que esta obra era possível. (fonte
http://evtagostinho.blogs.sapo.pt/36717.html )

 Naquela 4ª feira de 2005 era assim feito o relato do protocolo entre a ASSODREC e a Segurança Social para dar início ao apoio domiciliário aos idosos de Parada de Gonta.

Passados estes anos a Associação ASSODREC mantém o apoio domiciliário aos idosos de Parada de Gonta (14 utentes) e tem pretensões de alargar horizontes num apoio que não passa só por ser domiciliário.”

Hoje, sexta-feira, dia 15 de Novembro de 2013, pelas 20 horas, na sede da ex-junta de freguesia, reuniu a ASSODREC, para dar a conhecer as atividades a realizar no ano de 2014 e analisar as realizadas no ano de 2013.

A reunião fez-se, mesmo estando a dar na TV o jogo do Portugal x Suécia, as pessoas que se comprometeram como eu lá apareceram (nem todas) na reunião. Por aqui também se pode medir a responsabilidade das pessoas com os compromissos assumidos, e a esta hora estavam meia-dúzia de pessoas aquelas que realmente se interessam e querem respeitar os seus compromissos. Também cheguei a pensar, está frio muito frio, estou à lareira a ver o Portugal jogar, e se faltasse à reunião? Bem me debati mas a razão veio ao de cima e lá fui para a reunião até porque sou o secretário da Assembleia.

Pois fui para a reunião e o que lá mais se debateu foi um texto no Jornal de Tondela mandado pela CAB - USA com as suas razões sobre o funcionamento da ASSODREC. Não critico as suas razões mas critico a sua forma de expor as suas razões atingindo todos os paradenses que pertenceram e pertencem aos corpos sociais da ASSODREC como sendo incapazes de saber gerir esta associação. Se fossem eles, diziam no texto, as coisas teriam levado um rumo diferente. Nas suas razões apontam a compra do solar como um dos entraves da ASSODREC a não estar a funcionar em pleno, porque segundo eles o terreno da costa é que era o ideal (mais barato) para a construção do lar.

Pois lembro que nessa altura da compra do solar pedi a demissão da ASSODREC por não concordar com o rumo das coisas. Não me parece que a CAB tenha na altura recusado a mudança para esta compra. Agora é tarde..

Apesar de me ter demitido daquele mandato, neste último mandato (2010 a 2013) fiz também parte dos corpos sociais da ASSODREC com o cargo de secretário da assembleia e com o intuito de ajudar mas o rumo já traçado e o imbróglio da situação é confuso para poder agradar a todos e creio que alguém tenha pulso para levar a bom porto outra iniciativa.

Não aceito, falo por mim, estas críticas de “acordem” porque o alerta já há muito foi dado, só que naquela altura ninguém quis ouvir e quando a política entra na dança então nada a fazer. Engraçado que nos 2 mandatos que estive (3+3 anos) coincidiu com o ano das eleições autárquicas e nesse ano de eleições não faltam amigos à ASSODREC e sempre dispostos a ajudar.

Não acuso ninguém mas a mim ninguém me pode responsabilizar sobre o rumo tomado pela ASSODREC e para mim seria muito mais fácil, como a maioria dos paradenses fazem, olhar para o lado e não se meter em nada.

Sei que os elementos e todos que representam a CAB-USA mereciam que as coisas estivessem bem, porque o seu empenhamento na ajuda às obras de beneficência em Parada de Gonta tem sido elevadas, mas este recado é em meu nome pessoal..

Por fim, na minha opinião a ASSODREC só terá pernas para andar se tiver à frente uma equipa que tenha como presidente uma pessoa com disponibilidade a tempo inteiro, que seja uma pessoa respeitável na aldeia e com peso político, digo bem peso politico, capaz de saber utilizar todos os meios para poder lidar com a CMT, Junta de Freguesia, Políticos e politiquices.

 

 

 

 

A estufa da casa.

 

Sábado passado no campo. Montagem da estufa e colocação de alguns mimos (diz a sogra). No ano passado altura em que foi comprada a mini estufa plantou-se os mesmos mimos (alfaces, tomates, cebolas, pimentos e...) deu em abundância. Depois da montagem da estufa continuou-se no campo e fomos apanhar castanhas. Foi um dia bom.

35º Aniversário da ACR Os Amigos de Parada de Gonta

 

A Associação Cultural e Recreativa "Os Amigos de Parada de Gonta" comemorou o seu 35º aniversário no dia de São Martinho e como é tradição o Magusto e o bolo de aniversário foi o suporte para o convivio que se fez ao som dum grupo musical de Rio de Loba. Parabéns ACR Os Amigos de Parada de Gonta pelo seu 35º aniversário e pelo seu empenho na cultura às gentes de Parada de Gonta ao longo destes anos.

Recordar o São Martinho na EB Prof. Mota Pinto.

(carregar na imagem)

As escolas estão a mudar e a adaptar-se à nova realidade. Este ano a escola não comemorou o São Martinho, pelo menos os alunos do 2º e 3º ciclos, porque os do 1º CEB e os JI ainda deram um ar da sua graça. Este ano não comemorou porque a nova realidade é diferente e quase impossível manter a tradição das mesas decoradas, da mascote da turma e dos petiscos trazidos pelos encarregados de educação que competiam pela melhor mesa. As razões prendem-se com o corpo docente que deixou de ser estável, agora transita entre as três escolas do agrupamento, os assistentes operacionais também houve uma redução e por isso se iria sobrecarregar os poucos existentes e a principal razão vai para o abaixamento das condições económicas dos encarregados de educação dos nossos alunos que se vêm a braços com o desemprego e a emigração.

Hoje foi um dia normal e calmo sem agitação doutros tempos e pelo tempo a tradição da comemoração do São Martinho entrará também no esquecimento, mas recordar faz bem como esta foto tirada em 2007 comigo e com os meus alunos da altura nesta escola.

Ranking das Escolas 2013

(Carregar na imagem) Concelho de Tondela

(carregar na imagem) Distrito de Viseu

 

Este Sábado, foi marcado pelos rankings das escolas do Jornal Expresso, e nos noticiários da TVs e como qualquer cidadão interessado nas questões da educação, também fica o registo duma opinião minha, que embora não seja isenta, é uma opinião que pode ou não ser considerada, tudo depende do ponto de vista de quem a lê.

Não vou questionar a fidelidade dos rankings, embora continue a achar que não é justa a dicotomia das escolas Público vs Privado e até os critérios elaborados entre os vários rankings dos vários jornais.

Quando as noticias das TVs abrem com os títulos garrafais a dizer que o ensino privado está melhor situado no ranking que o ensino público não estão a ser justos nem a ser isentos porque sabem bem o que se passa.

Não estão a ser justos por muitas razões e cito o que disse em tempos Daniel Sampaio, especialista nas questões da educação, num dos seus artigos de opinião sobre o assunto: “A dicotomia público/privado não faz nenhum sentido: as escolas públicas são obrigadas a aceitar todos os alunos da sua zona geográfica, as privadas são livres para selecionarem. Por exemplo, as privadas recrutam pelo anterior percurso académico do aluno, pelo perfil do seu comportamento, por vezes até pelo credo religioso.”

Pois bem vou falar da escola onde estou inserido, já noutros posts falei, mas nunca é demais recordar que é uma escola pequena e de periferia bem do interior do país, onde a maioria dos alunos se levantam por volta das 7 da manhã e só chegam a casa por volta das 7 da noite, não têm biblioteca municipal, não têm cinema nem qualquer evento cultural típico de uma cidade, muitos ainda não conhecem o mar nem nunca foram a um cinema, a maioria das famílias são carenciadas e vivem do que o campo lhes fornece.

Esta escola não faz segregação de qualquer tipo, aceita todos os alunos que nela se queiram inscrever e não trabalha só para os rankings.

É uma escola que tem um corpo de professores que funciona como uma família, todos se conhecem e por isso partilham o sucesso e insucesso dos alunos, como se de uma família se tratasse. Sabem bem as dificuldades que os alunos vão apresentando e partilham-nas com os colegas na possibilidade de criar apoios a esses alunos.

É uma escola que muitos dizem que tem os dias contados e os encarregados de educação quando podem deslocam os seus filhos para a cidade. Lá aprendem melhor porque são escolas com melhores recursos, é o que dizem. Também concordo que as escolas nas cidades tenham melhores recursos mas só a nível cultural do meio onde estão inseridas, porque a nível de aprendizagens já duvido e se nos fiarmos nos rankings, vemos que a escola inserida num meio desfavorecido até ficou no topo do seu distrito bem à frente da maioria das escolas das cidades.

Estou contente porque esta escola deixou de ser unidade orgânica e passou a pertencer ao Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo mas apesar das dificuldades desta transição não deixou de ser uma escola que continua a tratar os seus alunos como filhos e lhes deixa as ferramentas necessárias para continuarem a competirem com os melhores do país.

Das 59 escolas do distrito de Viseu; nos exames do 9º ano, a EB Prof. Dr. Mota Pinto - Lajeosa do Dão, ficou num honroso 6º lugar, sendo a 1ª do seu concelho e a nível nacional das 1308 escolas ficou na 125ª posição.

Fonte Jornal Expresso

MATERIAIS-PAPEIS/Educação Tecnológica - 6ºano

 

Cores de outono

 

Diferente!..ou talvez não.

Outono com as suas cores é belo e diferente. As cores das árvores dizem-nos do porquê da vida ser tão bela. Mesmo em dia cinzento a vida é cheia de cor. Temos que vê-la de forma diferente para apreciarmos a beleza que a natureza nos apresenta.

Parabéns filho!..são 24.

 

 

PARABÉNS HUGO!..Felicidades e votos de um feliz aniversário. Que comemores junto dos teus por muitos e muitos mais anos..

Daqui vão também os parabéns à sua mãe pelo excelente filho que criou nestes 24 anos.  

Dia de Todos os Santos. Parada de Gonta 2013

Era no dia 1 de Novembro de cada ano, feriado nacional, que se festejava a festa do dia de todos os santos.

Por sugestão do governo desapareceu e apoio dos padres da igreja portuguesa desapareceu o feriado mas manteve-se a fé.

Foi sempre um dia especial para a famílias visitarem os seus entes queridos e participar na procissão da festa em memória dos defuntos com visita ao cemitério. Agora é no fim de semana a seguir ao dia 1 de Novembro. Hoje, sábado, dia 2 de novembro foi o que se viu.

Ao longo de toda a Avenida de Parada de Gonta e desde a entrada até à igreja completamente cheias de carros estacionados de ambos os lados.

São centenas e centenas de pessoas que vêm neste dia visitar os seus entes queridos.

Como pode a igreja portuguesa ter patuado com o fim deste feriado? É ignorar os sentimentos das famílias e desprezar os seus valores familiares. Acabou o feriado mas manteve-se a fé.

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.