Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto e ao que me rodeia! Educação é a minha paixão! Arte e Educação de mãos dadas! email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto e ao que me rodeia! Educação é a minha paixão! Arte e Educação de mãos dadas! email: ag_silva@hotmail.com

A campanha eleitoral da mentira..

BISBILHOTEIRO.jpg

 

O que é hoje verdade amanhã se verá..

A bisbilhotada da semana vai para aquilo que hoje dizem, mas amanhã já não será assim…

e onde está o que parece que é mas não é? Está nesta campanha eleitoral que são de mentiras para uns, mas as mesmas mentiras são verdades para outros.

Que é ridiculo, ai isso é. Promessas disto e daquilo mas o que é prometido nas campanhas eleitorais é logo desprometido a seguir. Todos se lembram e sofreram na pele muitas das promessas que viraram punições, tanto a nivel económico como social.

É de tal forma ridiculo que se torna caricato aquilo que se diz em volta dos lideres dos partidos.

Diz o PS que quem foi o pai da troika foi o PSD/CDS. O PSD/CDS pelo seu lado diz que quem mandou vir a Troika foi o PS. Uma coisa é certa a Troika que até agora foi acarinhada é agora em campanha eleitoral o lobo mau. Eles dizem que não a querem!.Será que eles falam verdade?

Diz o PSD/CDS através dos seus líderes que vão devolver parte do imposto extraordinário, depois das eleições, que foi imposto à maioria dos trabalhadores, como sendo imposto extraordinário.

Pois é, diz o lider comunista: dizem que vão devolver uma coisa que não é deles, primeiro roubaram-nos com este imposto extraordinário e agora dizem que vão devolver parte dele, é como diz a voz corrente do povo, roubaram o porco e depois prometem o chouriço. E esta hein?

Mais diz a lider do Bloco de esquerda, Passos promete que vai devolver parte do imposto extraordinário de 2015, também prometeu que não subia impostos em 2011, agora em quem é que se pode acreditar, no Passos de 2011 que não cumpriu ou no passos de 2015 que promete. Lindo. A inteligência no jogo de palavras.

Dizem os partidos de esquerda, que a união europeia também faz campanha em Portugal a favor do governo. Até agora quando se supunha um défice com umas décimas acima dos esperados 3%, caía o carmo e a trindade e vinham os cortes nos salários, os cortes sociais, os cortes na saúde, os cortes na educação, os cortes nos transportes, cortava-se em tudo que fosse qualidade de vida, e agora que se supõe que o déficite pode ir para além dos 7%, por causa do Banco BES, dizem os da União Europeia que são meros registos contabilisticos. Para salvar bancos e banqueiros criam-se registos que são diferentes dos que criam emprego, matam a fome e salvam vidas. Mentirosos. Como esta campanha é da mentira, estão no sitio certo, ficam muito bem representados.

E então as sondagens, é para todos os gostos..são tuti fruti. Mas o que mais realça nestas sondagens é a percentagem dos que não sabem em quem vão votar. Não sabem ou não podem dizer. Estamos num país livre mas em certas zonas ainda é dificil dizer a sua opinião e o mais seguro é não dizer nada.

Está uma campanha alegre, curtida, cheia de cores e muitas mentiras.

 

Bisbilhotice da semana


Paixão na educação..onde mora?

  BISBILHOTEIRO.jpg

A bisbilhotada da semana vai para aquilo que parece que é mas não é…

e onde está o que parece que é e não é? está no regresso às aulas que parecem estar no bom caminho e até nem se ouvem as vozes contra mas quem está por dentro verifica que até ferve. Todos anos havia o problema da colocação de professores e o alarido dos sindicatos, o governo (ME) aprendeu a lição e reservou-se na contenção de dizer que está tudo bem e os sindicatos ficaram sem razão para protestar.

E agora perguntando o que mudou, foi isso mesmo, contenção no que se diz, o ministério da educação calou-se e os sindicatos não puderam retorquir, porque as colocações continuam com a confusão daqueles critérios nos horários com muitos nomes, da BCE,CE,RR,QA/QE,colocações internas e externas, mobilidade disto e daquilo,quando tudo se podia fazer numa lista graduada única, uniformizando os concursos, com as regras claras para que  ninguém fosse atropelado como aconteceu a muitos, devido a normas travão para uns e de derrapagem para outros.

Foram muitas as ultrapassagens e o resultado foi o regresso às escolas de origem dos professores do quadro que tinham sido destacados. 

Mas mesmo assim tudo parece calmo, não há alarido por parte do ministério da educação, que como antes, vangaloriava-se dizendo: este foi o melhor ano, as aulas abrem sem sobressaltos, tudo dentro dos prazos, os professores estão todos colocados e os alunos com todos os professores e logo retorquiam os sindicatos, é tudo mentira e apresentavam os casos. Agora os sindicatos nada dizem porque o ministério da educação também não faz alarido. É uma estratégia de campanha eleitoral, a lição foi aprendida, há eleições e é preciso precaver.

Diz-se nesta campanha eleitoral das legislativas 2015 que é preciso haver novamente paixão pela educação, quem não concorda, a realidade é que desde a última paixão, as escolas mudaram e muito, os mega-agrupamentos, as turmas podem ultrapassar os 30 alunos, e os alunos com nee também podem ser integrados em turmas exageradamente grandes, acontece normalmente, horários dos professores já vão em 27 tempos, ainda há pouquissimo tempo eram 22, não existem reduções, os tempos são iguais para todos.

Para desestabilizar a vida dos professores temos ainda a acrescentar que ao local de trabalho do professor existem os  tais mega-agrupamentos em que escolas distam muitos Km entre elas e os professores deslocam-se sem qualquer apoio. Estes tempos de deslocação no mesmo dia entre escolas nem contado como tempo de aulas é, o que leva a um acréscimo de horas num horário normal.

Escolas sem meios também não são solução, falta de recursos materiais e falta de recursos humanos (assistentes operacionais) são uma constante que é preciso inverter, para isso é preciso apoiar mais a educação e não olhá-la como sendo um gasto mas sim como um investimento.

A paixão pela educação que venha, seja ela de onde for, porque é uma obrigação civica olhar para a educação como uma prioridade, sabendo-se que são os jovens o futuro de qualquer país.

O regresso às aulas está aí, vamos é ver se vai ser com paixão por parte daqueles que têm o poder para isso?

Aos atores da educação se deseja um ótimo regresso.

Bisbilhotice da semana


92º Aniversário dos BV Tondela

92º Aniversário BV Tondela.jpg

Em dia de Santa Eufémia foi comemorado o 92º Aniversário dos Bombeiros Voluntários de Tondela. Dia muito chuvoso e com com um programa extenso mas rico de atividades desde o hastear da bandeira, romagem ao cemitério, cortejo desde a capela de Santa Eufémia, missa na Igreja Matriz de Tondela, desfile das viaturas e almoço convívio seguido de sessão solene evocativa do aniversário, onde foram entronizados e promovidos novos bombeiros, perante o discursos de várias entidades oficiais relacionadas com os bombeiros e finalizados com o discurso do presidente da Camara Municipal de Tondela, Dr. José António.

Foram mais de 2 centenas de pessoas convidadas a participar nesta sessão do 92º Aniversário dos Bombeiros Voluntários de Tondela, desde entidades oficiais, do governo, instituições locais e autarquias.

Impressionante o desfile de carros, 83 carros desfilaram com a sigla dos Bombeiros Voluntários de Tondela.

Parabéns aos Bombeiros Voluntários de Tondela.

 


Mau tempo..irra!

Parada de Gonta.jpg(carregar na imagem)

Imagem de Parada de Gonta com chuva e vento, neste dia 15 de setembro,um dia chuvoso que faz adiar muita coisa já preparada. Dia que irrita porque o vento não deixa fazer nada. Só dentro de casa é que se está bem. Lá se vai o resto do programa Ficton,porque assim quem tem coragem para sair de casa. Amanhã é o dia do municipio de Tondela, é feriado para os residentes e é o último dia de festa da Ficton.Vamos lá ver se as coisas se arranjam.

Para já é ficar por casa.


Almoço Convívio aetcf

aetcf convivio (2).jpg

aetcf convivio (1).jpg

 

Depois da reunião geral de professores do Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo, seguiu-se o convívio com um almoço muito bem confecionado e para quem quis bem regado com o néctar dos céus. Também foi o momento propicio para conhecer os novos colegas de trabalho, novos professores colocados no aetcf e para que estes se integrem da melhor forma.


Festa de Familia 2015

Familia 2015.JPG

É sempre na 1ª semana de Setembro que realizámos a festa da família na minha terra natal, Penafiel, e onde se juntam irmãos, pais, sobrinhos e cunhadas para comemorar este dia.

Fazemos sempre uma grande petiscada com grelhados e à volta da mesa mantemos a união construída nas amizades entre irmãos. Já é tradição de os meus irmãos, Manuel, Fernando e Joaquim tratam das brasas, do fogareiro e das febras e eu tiro as fotos. Na imagem não é assim, foi tirada pela sobrinha. Claro, as mulheres tratam de toda a organização.

É sempre nesta altura que nos juntamos todos em total harmonia para falar, recordar, rir e divertir e continuaremos a comemorar este dia enquanto pudermos. É também neste dia da 1ª semana de Setembro que não existem desculpas para faltar. A família tem que se unir e comemorar porque todos sabemos o quão difícil é juntar a família que vive em pontos dispersos do país.

Passado o convívio/jantar/banquete costumávamos ir até à festa de Santa Luzia,a festa daquele lugar, pela 2ª vez que não fomos porque mudou a data, que era também na 1ª semana de setembro, e assim ficámos lá por casa até à 00 horas da noite, na amena cavaqueira e a recordar outros belos tempos, altura das despedidas e rumo a Parada de Gonta - Tondela, Viseu.

É sempre um dia diferente e para mim dos mais felizes porque conseguimos reunir-nos todos sem exceção, Pais, irmãos, cunhadas e sobrinho/as. Se tudo correr bem no próximo ano nos encontraremos.

Até ao ano..

 
O Tocador

Festa de família

Posted by Arte por um Canudo on Sábado, 5 de Setembro de 2015;



71º Convívio do Grupo do Tacho - Festa do Real

71º GRUPO TACHO.jpg

 

O 71º convívio do Grupo do tacho realizou-se na festa da Nossa Senhora da Saúde em Real de Farminhão,  do Concelho de Viseu.

Neste convívio estiveram presentes 16 comensais para deglutir um um arroz em vinha de alhos e frango no churrasco feito pela comissão de festas. Como um dos comensais é natural de Farminhão e também membro da festa do Real, fomos servidos muitíssimo bem e com o arroz em vinha de alhos que é especialidade da sua família, foi de bradar aos céus. Foi muito bom.

Tendo como principal atração da festa o Grupo (AF) Alta Frequência que alegraram e encantaram o público, o Grupo do Tacho fez jus novamente à sua reputação e estiveram até ao final da atuação do grupo musical e da festa.

Foi um jantar convívio do Grupo do Tacho, animado, muito bem confecionado e também muito bem regado com o néctar da região. Os agradecimentos à comissão de festas do Real e também ao nosso conterrâneo e comensal do grupo do tacho por nos terem recebido muito bem.

Neste convívio foi sugerido que além das amizades e do convívio que proporciona o grupo, também era bom que fizéssemos uma pontuação dos locais por onde passámos, claro com critérios que tem de ser muito bem estudados, para no final do ano atribuir-mos o prémio ao melhor sitio, por exemplo um Tacho de Ouro (simbolismo).

Neste encontro participou um paradense a residir no estrangeiro que reafirmou, para mim, além de ver a família, uma das maiores  alegrias que tenho, quando chego à terra é ser convidado para participar no Grupo do Tacho.

Assim fica o registo de mais uma actividade do Grupo do Tacho.

 


Arte sem arte

Arte ao ar livre.jpg
(carregar na imagem)

Arte sem arte não obedece a qualquer cânone, padrão ou regra, mas simplesmente às sensações que nos são transmitidas pela cor na beleza daquilo que apreciamos.

Ter um jardim decorado com quadros, é criativo e até pode ser original mas não é impossivel. É imaginário e real ao mesmo tempo.

Arte sem arte é uma nova forma de arte? Quem sabe, uma coisa é certa é uma arte sem compromissos que nos faz vibrar com as cores e as sensações que nos são transmitidas.

Arte sem arte está em cada um de nós.

 


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.