Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Recados da minha terra!..Contraditório..1

Recados da minha terra!..Contraditório!..1

 

Bem…os comentários à Junta de Freguesia viraram post, porque tudo merece uma resposta mesmo que não esteja de acordo com ela. Aconteceu nos comentários ao post Recados de minha terra (JF)!..5 na qual a Junta de Freguesia da qual faço parte foi acusada de várias coisas que não fez nem tem qualquer responsabilidade. Acusam a Junta de Freguesia de não corrigir os erros do passado mesmo que para isso tenha que usar a força. Não vamos por essa via e somos a favor do diálogo nem que isso nos custe os tais votos nas próximas eleições se até lá formos candidatos. Engane-se quem votou neste elenco se julgava que íamos atender a pedidos pessoais e que vão contra o bom senso. Fomos eleitos por uma maioria é certo, mas é para todos que temos que governar se assim se entende o termo.

Imagine-se o Partido Socialista, através do Eng. Sócrates, que ganhou as últimas eleições a governar só para quem o elegeu? Não pode porque ia contra todos os argumentos da democracia. Nós como democratas que entendemos ser também o faremos.

Pois voltando às acusações…fomos acusados de um certo agueiro ter sido tapado e nós não termos feito nada para corrigir o erro. Que se pode fazer se esse agueiro foi tapado há uma dezena de anos e nesse local neste momento existe um loteamento que foi aprovado e licenciado pela Câmara Municipal? Desfazer tudo agora e tornar o loteamento ilegal? Porque não se queixaram as pessoas lesadas nessa altura? Existe muitas formas de protesto que qualquer Junta não pode virar as costas. Então, porque não foi a Junta da altura confrontada com esta situação? Não venham com a desculpa da mudança de elenco da Junta e esperaram uma dezena de anos para levantar de novo a questão. Não acredito..existe na minha opinião algo mais profundo e pessoal.

Lembrando outras acusações: A aberração do loteamento feito pela CMT; o alcatroamento que não foi feito em tal loteamento; o muro mais bem pago ao metro quadrado de Portugal; as dívidas do anterior executivo; a desigualdade nos subsídios às Associações; a publicidade feita pelo anterior executivo e que tem que ser paga por este; o polidesportivo; as árvores e os arbustos que estorvam os passeios; a limpeza das ruas mal feita por se deixar montículos que não foram arrumados. Pois fomos acusados por alguém que se identifica como anónimo mas que uma grande maioria não concorda e diz que se verificam muitas “inverdades” nestas acusações.

Vamos à desmistificação das acusações:

- “A aberração do loteamento feito pela CMT”, não foi feito por nós nem tivemos qualquer responsabilidade nele já que não pertencíamos à Junta de Freguesia nessa altura. Passa agora a ser nossa responsabilidade, mas “Roma e Pavia não se fizeram num dia” e tem sido nossa preocupação já manifestada por todas as vias ao Presidente da Câmara Municipal;

- O “alcatroamento que não foi feito em tal loteamento” faz parte do mesmo pacote e as responsabilidades são as mesmas;

- O “ muro mais bem pago ao metro quadrado de Portugal”, é uma situação herdada e que vamos pagá-la, porque quem no fez não tem culpa dos erros políticos. Mas se formos a medir tal muro e fizermos as continhas, veremos que não foi assim tão caro e adequa-se a um preço situado dentro do normal praticado por muitos na nossa Freguesia;

- A “ desigualdade nos subsídios às Associações”, é uma atribuição da Assembleia de Freguesia e se esta quisesse alterar o que se atribui às Associações estava no seu direito e nós elenco da Junta só executamos o que está estipulado nas actas da Assembleia de Freguesia;

- As “ dívidas do anterior executivo”, mais uma situação herdada que tudo faremos para que seja executada. Qualquer pessoa de bem faria isso e nós prezamos e honramos a instituição que somos.

Vejam caros anónimos paradenses… estas acusações não têm cabimento!..

Agora desmistificando acusações que já estão dentro das nossas atribuições:

- O “polidesportivo”, está em andamento o seu desbloqueamento e até cito o que disse num post atrás “Posso dizer-lhe que pelo lado da Junta de Freguesia já foram feitas todas as diligências e desbloqueadas algumas situações para que nada falhe, faltando só a palavra dos responsáveis da Câmara (prometeram que sim) para avançar.” Vai ser construído junto à escola do 1º Ciclo estando os técnicos da câmara calculando e medindo a topografia do terreno;

- As “árvores e os arbustos que estorvam nos passeios”, pois meu caro anónimo paradense, quando chegar a altura da poda das árvores (tem que ser na altura própria) essas também terão o seu desbaste. Nesta altura não será adequado e sabe de certeza que seria um “suicídio” para todas e qualquer árvore;

- A “limpeza das ruas mal feita por se deixar montículos que não foram arrumados”, pois se assim é não foi nossa culpa, porque contratámos uma empresa para que as ruas fossem devidamente limpas. Serão chamados à responsabilidade;

Depois do que digo, leva-me a concluir que as acusações não passam de simples suposições que são atiradas por alguém que quer aborrecer e ficar escondido no anonimato.

De qualquer forma aceitamos todas as criticas e estaremos alertas e sempre prontos a ouvir quem de direito.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.