Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Recados da Escola 8!..

Faltas…para que te quero!..

É o que está na ordem do dia..

Comunicação Social apregoa em grandes títulos “ Os professores que deram mais de nove faltas, têm pontuação zero”, no 1º concurso para Professores Titulares.

É mais o teor da humilhação à classe do que propriamente a noticia que é transmitida. Também é verdade que nesta 2ª versão de 21/02/2007 poucas foram as emendas à 1ª e essa das faltas é a que mais sobressai.

Diz também que os professores que faltaram seja por que motivo for, serão penalizados numa escala que vai de 0 a 9 pontos por ano. As faltas de maternidade, de formação, de doença ou outra qualquer (nada diz sobre… ao abrigo da politica) serão sempre contabilizadas para a penalização. Para ter o máximo de pontos é preciso ter 0 faltas, nunca ter estado doente, nunca ter ido a uma acção de formação (até agora quase que se obrigavam as pessoas a ir às acções para se actualizar e quem não fosse era doutra era), nunca ter tido um filho, nunca um filho seu adoeceu, nunca lhe doeu a barriga, nunca ficou retido no trânsito, nunca...nunca... e nunca.

Só alguns considerados Super-homens ou uma Super-Mulher como a Senhora Ministra que não tem toques de entrada..

Segundo a proposta do ME,a que a Lusa teve acesso, são ainda considerados outros critérios, além da assiduidade, como a habilitação académica, a avaliação de desempenho e a experiência profissional, incluindo o exercício de cargos de coordenação ou gestão.

Nesta 2ª versão do concurso para professor titular, vem também a pontuação sobre cada um dos critérios estabelecidos no diploma. Diz que para se ser aprovado é preciso que se tenha 120 pontos no total dos itens estabelecidos nos anos lectivos de 1999/2000 a 2005/2006.Isto no caso dos professores que pertencem ao índice 340 actual 10º escalão.

Para os docentes dos 8º e 9º escalões, através de um número de vagas que o próprio ME venha a considerar as estritamente necessárias às exigências de funcionamento cada escola. Os candidatos serão ordenados por ordem decrescente, por departamento nos termos do anexo 1, em função da classificação final obtida.

Sendo assim para a maioria dos docentes a espera vai ser muito longa…

 

Anexo1- composição dos departamentos.

 

Ver aqui a 2ª versão da proposta

 

 


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.