Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Pulsar da Freguesia de Parada de Gonta

 Recados da minha terra..9

 

Pulsar da Freguesia

Parada de Gonta é uma das 26 Freguesias do Concelho de Tondela com um só povo  e com uma densidade populacional de 120,7 o que corresponde a 121 pessoas por Km2, considerada uma das mais elevadas do Concelho de Tondela, nomeadamente a 7ª entre as 26 Freguesias deste Concelho. Temos ainda uma densidade populacional superior à média do Concelho de Tondela que é 86,9, segundo fonte do INE.

Ainda segundo os Censos de 2001[1], temos 812 habitantes residentes e 785 presentes e somos a 2ª Freguesia em variação positiva mais elevada, com um acréscimo de população de 7,9%, relativamente aos censos de 1991 e 2001, só atrás da Freguesia de Tondela. Numa altura em que quase todas as Freguesias têm um decréscimo da população, nós temos um acréscimo o que denota uma atracção por Parada de Gonta.

Somos um povo que lutou pela sua própria autonomia e disso é bem presente a sua desanexação a S.Miguel de Outeiro pelas mãos do poeta e ministro Tomás Ribeiro. Criamos para isso 5 Associações Culturais, que perfazem o espaço da solidariedade social, do desporto, da música, do lazer e da cultura.

Não podemos deixar de alertar os governantes do Concelho para este pulsar da Freguesia que poderá ter efeitos contrários se a terra deixar de ser atractiva e não responder às necessidades dos seus cidadãos.

Várias infra-estruturas têm que ser feitas no campo das acessibilidades, electrificação, saneamento básico, lazer, desporto e cultura, não esquecendo um PDM mais equilibrado que responda aos anseios da aldeia, porque estamos em risco de perder o comboio e ver os filhos da terra partir.

Para concluir devemos referir que qualquer infra-estrutura, por exemplo, um polidesportivo, seria intensamente utilizado sem resquícios de abandono como se vê em certas Freguesias muito dispersas territorialmente e por isso com poucas possibilidades de uso intensivo por parte dos seus habitantes.

Só queremos que a nossa Freguesia seja tratada como tantas outras e devemos lutar para que os nossos filhos queiram ficar na terra com condições para tal,  se assim o desejarem e for da sua vontade.

 

Cidadão de Parada de Gonta: Agostinho silva

  


 

[1] Fonte: INE, Recenseamento Geral da População, 1991 e 2001

 


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.