Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Página WEB do ME

Carregar na imagem para entrar

 

 

Página WEb do Ministério da Educação com outro visual.

Com um aspecto atractivo e com uma barra de navegação no topo marcando os grandes temas.

Mais rápido na ligação aos conteúdos e a vários sitios dependentes do ME.


Propostas de alteração das matrizes curriculares - 1.º, 2.º e 3.º ciclos.

 

CARREGAR NA IMAGEM

 

Alteração nas Matrizes Curriculares do 1º, 2º, 3º Ciclos.

 

Sabe-se, por essa blogosfera fora, que o Ministério da Educação prepara um diploma que altera as Matrizes Curriculares dos 1º,2º,3º Ciclos, e que está para emissão de parecer no Conselho Nacional de Educação. Depois dos elogios do PISA o governo prepara (sorrateiramente) um diploma para reduzir o nº de professores no ensino.  

Falando especificamente no 2º ciclo, o resultado da redução da carga horária semanal dos alunos é uma brutal redução dos horários disponíveis para o ano lectivo de 2011/2012.

A Matriz do 2º CEB, com 28 tempos de 45 minutos no 5º ano e 29 tempos de 45 minutos no 6º ano, passa a caber num turno único da parte da manhã ou da parte da tarde.

 

Mesmo a calhar e a jeitinho dos mega-agrupamentos.

Assim se colmata a falta de instalações/equipamento/laboratórios em muitos dos mega. 

 

Para esta redução brutal na carga horária semanal dos alunos do 2º CEB, consta no projecto  o fim da existência de pares pedagógicos na leccionação da Disciplina de Educação Visual e Tecnológica. Esta disciplina (EVT) vai perder metade dos professores.

 

Resumindo no 2ºCEB estamos perante:

- Acabam os pares pedagógicos em EVT;
- Acaba o Estudo Acompanhado e a Área Projecto;
- Formação Civica fica com 1 bloco semanal;
- As escolas podem optar entre aulas de 45 minutos ou 90 minutos.

 

Ora aí está a poupança e a machadada nos professores e poderemos estar a falar em menos 5 mil horários no ano lectivo que se segue.

 

A esperança é que estas medidas não tenham o apoio do CNE e doutros organismos que possam parar esta proposta.

 

Mais informações nestes blogues:

 

Educação do Meu Umbigo 

 

Blogue DeAr Lindo 

 

Professores Lusos 

 

ProfBlog


Apreciação intercalar, um quebra cabeças?

TRANSIÇÃO PARA A ESTRUTURA DO DECRETO-LEI N.º 75/2010, DE 23.06

Isto tem sido um quebra-cabeças!..quando se julga que se entrou nos eixos, lá vem cacetada em cima para outro abre olhos.

Muita gente interpreta à sua maneira as circulares que vão abundando da DGRHE e como se sabe cada cabeça cada sentença. Só não se entende que, o que devia ser clarificador ainda deixa mais dúvidas do que aquelas que existiam. Ao remendar uns pontos deixam outros a descoberto.

Muito se tem falado na apreciação intercalar, muitas clarificações, muitas análises e muitas dores de cabeça, principalmente para aqueles que sentem na pele estas interpretações e para os directores que nunca mais vêm estes casos resolvidos, e porque ainda faz mossa a muito professor, revelando que nem tudo vai bem neste reino sem rei.

São muitas as queixas sobre o entendimento das regras transitórias do Dec. Lei nº 270/2009, de 30 de Setembro e das normas transitórias do Dec. Lei nº 75/2010, de 23 de Junho, que dão origem à apreciação intercalar e por isso a colocação deste post para alertar alguns possiveis lesados. Se formos analisar quem está abrangido por esta apreciação intercalar, verificamos que alguns milhares de professores têm de permanência no escalão 6 ou mais anos. O que está acontecer é que muitos Directores interpretando as circulares que vão chegando, assim como a do post que se entende em relação à formação o seguinte: Por cada ano de permanência no escalão será preciso formação correspondente a 25 horas/ano.

As queixas existentes é sobre os directores das escolas que levando a interprtação à letra, estão a pedir aos professores 150 ou mais horas de formação, dependendo do tempo da sua permanência no escalão. Mesmo o tempo congelado para progressão está a ser pedido em formação.

Em conclusão pode-se dizer que os professores foram os culpados do congelamento de tempo de serviço para progressão e estão a ser penalizados por estacionarem  longos anos no mesmo escalão. E esta hein?

Também têm chegado algumas queixas de colegas professores que por estarem requisitados noutros serviços, estão-lhe a ser dificultadas as progressões por não terem sido avaliados pela avaliação que o ME impôs às escolas. O que se consta é que estes professores não podem ser avaliados pelo SIADAP. Se assim for, vamos ter outra luta disputadissima que ainda vai fazer correr muita tinta.

 

Nota: O ponto 21 da circular esclarece a questão da formação.


Dia Mundial das Pessoas com Deficiência.

 

Em 1998 a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o 3 de dezembro como dia internacional das pessoas com deficiência. O objetivo da comemoração é provocar a reflexão sobre as questões relacionadas à deficiência e buscar a inclusão dos deficientes na sociedade.

A EB 2,3 Prof. Mota Pinto - Lajeosa do Dão assinala este dia com um programa de actividades.



Ventos agoirentos

Logotipo Candidatura Ibérica

 

Os ventos não correm de feição a Portugal..

Muito se ouve, muito se fala, muito se analisa e pouco se acerta. Quem são afinal os bichos papões que querem que Portugal recorra ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e União Europeia? São os mesmos que criaram esta crise mundial e agora querem juros pelos erros que cometeram. O predador quando sente que a presa está frágil nunca mais a larga. É assim a lei do mercado que se assemelha à lei da cadeia alimentar da vida animal.

Portugal está preso nas garras dos predadores e só com engenho e arte é que vai conseguir escapar. Engenho e arte é o que falta aos nossos políticos, assim o diz o candidato Cavaco Silva ao referir-se que falta qualidade aos políticos portugueses. Mas se nas três dezenas e meia de anos de democracia portuguesa Cavaco Silva participou em cerca de metade, a quem se referirá ele? O que vale à classe política é que somos crentes e acreditámos sempre nos mesmos mesmo que eles sejam maus. Quando formos novamene escolher esquecemos tudo e voltamos ao mesmo.

Em jeito de reinação o que falta a estes países do centrão da Europa é inveja dos países do sul, como Portugal, Espanha e Itália. Onde param a maioria dos atletas campeões da Europa e do Mundo? Percorra-se essas modalidades que enchem de orgulho os seus países e vejam onde se situam as equipas e os atletas mais falados do mundo. Só no Barcelona vs Real Madrid, estavam em campo 11 campeões do Mundo e 13 candidatos a melhor jogador do ano.

Para que os ventos comecem a correr à feição de Portugal e Espanha, engenho e arte não falta na sua candidatura, seria muito bom que a candidatura Ibérica ganhasse a organização do campeonato do Mundo de Futebol 2018. É já amanhã, dia 2 de Dezembro de 2010 que a FIFA anuncia a candidatura vencedora.

Pode ser que a FIFA que nada tem a ver com os bichos papões da Europa, reconheça o mérito desta candidatura Ibérica de Portugal e Espanha.

TODA A FORÇA À CANDIDATURA IBÉRICA.

FORÇA PORTUGAL E ESPANHA, juntos faremos a diferença.

 

OBS: A organização do mundial foi atribuida à Rússia.

 


Logo (1).jpg

 

Pág. 2/2