Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Fonte Figueira de Parada de Gonta - Recriação

Fonte Figueira - Pintura s/tela em acrilico

Recriação da Fonte Figueira em Parada de Gonta

 

Fonte Figueira situada em Parada de Gonta de domínio privado pertencente à família dos Santana/Nery. Fonte com data de construção desconhecida mas seguramente por altura do nascimento da Freguesia de Parada de Gonta e que foi musa inspiradora de Tomás Ribeiro para os seus poemas do livro com o título D.Jaime.

Ainda hoje se encontra o verso que imortalizou a figura de Aninhas.

 

«…De cântaro à cabeça, sobe Aninhas
a íngreme ladeira
da Fonte da Figueira.
Chega ao meio da encosta, e num penedo
que veste hera viçosa entrelaçada,
se assenta de cansada;
põe sobre a rocha o cântaro;
compõe a solta, descuidada trança,
deita a face na mão, e assim descança»

 

« Senhor, não vos enfadeis,
Nem vós sabíeis a fonte.
Oh! Que sei! Ali em defronte,
no fundo desta ladeira,
fica a Fonte Figueira….»

Tomás Ribeiro D.Jaime, canto IV

 


Logo (1).jpg

 

Pág. 2/2