Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Sobre o Orçamento Participativo nas Escolas do AETCF?

aquecedor 4.jpg

Até ao final do mês de Fevereiro os alunos do 3.º Ciclo e do Ensino Secundário, depois de serem informados da abertura do OPE, apresentaram as suas propostas de Orçamento Participativo.

Em Março, nos dez dias anteriores à votação, faz-se a divulgação das várias propostas nas páginas de internet e nos placards das escolas, os proponentes que queiram podem ainda reunir com os seus apoiantes para fazer a divulgação do seu projeto, mobilizando-os para a votação final.

A votação final devia ocorrer no dia 24 de Março, Dia do Estudante, só que por ser sábado, poderá passar para o dia anterior. Como muitos dos alunos do 3º ciclo do Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo vão ter uma viagem de estudo no dia 23, possivelmente a votação em urna das propostas apresentadas far-se-á no dia 22 de Março.

No agrupamento AETCF apareceram 4 propostas validas que estão em condições de concorrer de acordo com o Despacho nº 436-A/2017, de 6 de janeiro. Uma proposta da Escola Básica da Lajeosa do Dão e três propostas da Escola Secundária de Tondela.

  • Sistema de som – 9º D da Lajeosa do Dão;
  • Mesas de Convívio para o Exterior – 8ºA da Escola Secundária de Molelos;
  • Biciparque – 9ºC da Escola Secundária de Molelos;
  • Bancos e Mesas no Exterior Junto ao Pavilhão A – 12ºB da Escola Secundária de Molelos.

São propostas interessantes dentro do cabimento dos 500€ que servirão para melhorar e tornar mais agradável o ambiente existente nas escolas.

Fica aqui o registo fotográfico dos aquecedores instalados nos balneários dos alunos da Escola Básica da Lajeosa do Dão que foi da proposta vencedora o ano passado. Hoje mesmo, perguntei a vários alunos dos vários anos sobre o que pensavam dos aquecedores e todos me disseram que foi uma grande melhoria para os balneários. Já não têm frio.

Obs: Os aquecedores oferecem total segurança porque estão presos à parede e ao chão.

AETCF, 13 de março de 2018

(rodar imagem)


Um dia especial!

maia.jpg

Ontem, dia 12 de março, foi um dia que vai ficar memorizado pelo que aconteceu e que fica como um marco na vida da família.

Fui para a cidade da Maia ajudar a resolver os problemas dum andar que o meu filho comprou. Foi um dia em cheio, fez-se a escritura em Famalicão e tratou-se da luz, do gás e da água na Maia e ainda umas compras no IKEA de Matosinhos.

Para a família (pais) sempre é melhor ficar pelo Porto do que ter de ir para o estrangeiro trabalhar e constituir família por lá. Tem o seu trabalho no Porto e vai assentar raízes no Porto. De Viseu/Tondela vai ficar só a sua naturalidade. Fica ainda com uma costela minha porque sou natural do distrito do Porto. As voltas que a vida dá. Do Porto fui para Viseu e agora o filho passa a fazer parte do Porto.

Vem a propósito uma citação do Dr. Cilio Correia no seu facebook, e cito Tondela, em 2031, terá mais 4047 idosos (+116,12%) e menos 10 024 jovens (-82,01%) o que coloca a necessidade de serem tomadas medidas adequadas.”, pois bem, mais um Tondelense na flor da vida, um quadro superior que vai para o Porto, enquanto a sua terra natal definha com falta de jovens. E porquê? Sabe-se bem porquê! Não existem empregos qualificados, ou se existem não passam do salário mínimo. Então, os já poucos jovens formados procuram fora da sua terra o que a sua terra não lhes dá. Com muita pena da família mas a vida é assim.

Quem perde é o interior do país e os nossos governantes vão assobiando para o lado.

Bisbilhotices


Logo (1).jpg