Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas!! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte! email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas!! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte! email: ag_silva@hotmail.com

Aguarela para a vitória! (5)

Aguarela para a vitória!.jpg

Na Rússia estão os nossos Olhos

Nos Jogadores o Coração

Na Alma mora a Esperança

Dum Povo que quer ser Campeão!
Espanha 3 - Portugal 3

Os Espanhóis deram bailinho

Com a bola sempre a rodar

Os portugueses têm Cristiano

A fazer hat tric e a brilhar!

Marrocos 0 - Portugal 1

Os Marroquinos também caíram

Com o triste futebol português

Na pele eles sentiram

O golaço que Cristiano marcou!

Irão 1 - Portugal 1

Com o Irão melhoramos o Futebol

Mas continuamos a sofrer

Com a trivela de Quaresma

Aos oitavos passamos sem vencer!

Uruguai 2 - Portugal 1

Com um Uruguai em grande forma

Caímos a seus pés nos oitavos de final

Tristes porque acabaram as nossas esperanças

Mas orgulhosos do nosso Portugal!

Viva Portugal!

Acabou-se o nosso sonho...


Sindicatos vão perguntar aos professores como "querem continuar a luta"

 

escola.jpg800.jpg

Mário Nogueira anunciou que vai questionar os professores sobre a forma como querem lutar pelos nove anos, quatro meses e dois dias de tempo de serviço congelado

Os sindicatos vão perguntar aos professores de que forma querem dar continuidade à luta e em que formas estão dispostos a aceitar que lhes sejam restituídos os nove anos, quatro meses e dois dias de tempo de serviço congelado.

A continuação desta luta deve passar por ouvir os professores. Temos a obrigação de não decidir pelos outros e vamos fazer uma consulta para saber como é que os colegas querem continuar a negociação e a luta”, disse hoje em conferência de imprensa em Lisboa o secretário-geral da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), Mário Nogueira, ao lado dos outros nove dirigentes que representam as restantes estruturas sindicais que se juntaram para reivindicar a contabilização integral do tempo de serviço congelado aos professores.

Mário Nogueira disse que a plataforma de 10 estruturas sindicais representa mais de 80 mil dos cerca de 120 mil professores do país e que é esse universo que será inquirido, já no próximo fim-de-semana, por e-mail a cada um dos associados, e na segunda-feira e terça-feira da próxima semana em cada uma das 1.200 escolas do país.

O objetivo é ter todas as respostas recolhidas até ao final do dia 03 de julho, tratá-las no dia seguinte e apresentar os resultados no dia 05 de julho. Os resultados deverão indicar, entre outros aspetos, se todos os professores estão de acordo com a exigência que tem sido apresentada pelos sindicatos nas negociações para a recuperação integral do tempo de serviço, se admitem que a recuperação possa ser faseada acautelando impactos orçamentais e se, por opção de cada docente, esse tempo congelado possa ser recuperado para efeitos de aposentação.

Este último ponto voltou a ser abordado publicamente depois de uma entrevista da secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, publicada na quarta-feira pelo Jornal de Negócios, abordar o tema, sendo que a governante excluiu essa hipótese como proposta negocial, dizendo que não foi esse o caminho escolhido pela tutela para as negociações desta matéria.

Sobre a luta, o inquérito quer também aferir se, caso o Ministério da Educação (ME) retome negociações ainda em julho, os professores estão dispostos a suspender a greve às avaliações em curso ou se esta se deve manter até 13 de julho como previsto.

Mário Nogueira adiantou que se até ao final desta semana não for feito qualquer contacto pela tutela para agendar reuniões de negociação para o próximo mês – excluindo que se possam estender a agosto, para garantir o direito às férias dos professores – os sindicatos vão na segunda-feira, dia 02, até às instalações do ME entregar ao ministro Tiago Brandão Rodrigues uma carta, que será depois transformada em carta aberta, para exigir que as negociações sejam retomadas.

A última questão do inquérito pede aos professores que indiquem com que ordem de preferência apoiam quatro formas de luta propostas: greve ao primeiro dia de aulas (17 de setembro); greve/greves na primeira semana de outubro; manifestação nacional a 05 de outubro, dia mundial do Professor; greve aos dois primeiros tempos a partir do primeiro dia de aulas.

A intenção é, referiu Mário Nogueira, “a ser necessário, fazê-las todas”.

Ainda sobre o acórdão do colégio arbitral, que decretou serviços mínimos para a greve às avaliações, com incidência nos conselhos de turma do 9.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade (anos de exame), o dirigente da Fenprof adiantou que os sindicatos se recusaram a indicar professores para cumprir esses mesmos serviços mínimos, uma vez que os consideram ilegais.

Com esta decisão, os sindicatos “passam a bola” para as escolas, voltando a apelar aos diretores para não cometerem ilegalidades e para, “antes de serem criativos”, pedirem esclarecimentos formais à tutela sobre critérios para a nomeação de professores para cumprir a decisão do colégio arbitral de ter 50% +1 professor de cada turma presente nessas reuniões de avaliação.

Os sindicatos adiantaram que vão distribuir aos professores que venham a ser obrigados a cumprir serviços mínimos uma ‘nota modelo’ a incluir na ata das reuniões que se realizem sem a presença de todos os docentes, como determina a lei, de forma a que os pais dos alunos possam impugnar as notas resultantes desses conselhos de turma, se o entenderem.

Apesar de em “cerca de 90% das escolas” não haver qualquer tipo de queixa, Mário Nogueira referiu que em outras há “formas de pressão” sobre os professores, que passam, entre outras coisas, por ameaças de descontar um dia inteiro de trabalho a professores em greve durante uma hora, algo que, sublinhou o sindicalista, o Governo, através de uma circular do Ministério das Finanças, já esclareceu que era ilegal e que apenas pode ser feito o desconto proporcional ao tempo de paralisação.

A greve mantém-se com uma adesão acima dos 90%, segundo os sindicatos.

Fonte: tvi 24

Bisbilhotices

Antecipam-se as perguntas:

Consulta aos Professores (rec. tempo de serviço).pdf by Agostinho Neves da Silva on Scribd


VOTA NESTA SONDAGEM (antecipada)

1. Para professores e não professores ( Se és professor deixa a forma como poderás votar, se não és diz como se deveria resolver esta luta). A terceira pergunta não deixa de ser pertinente já que a classe docente 75% dos professores têm mais de 50 anos.

<a href="https://polldaddy.com/poll/10043841/">Descongelamento do tempo de serviço!</a>

 


Aguarela para a vitória! (4)

Aguarela para a vitória!.jpg

Na Rússia estão os nossos Olhos

Nos Jogadores o Coração

Na Alma mora a Esperança

Dum Povo que quer ser Campeão!
Espanha 3 - Portugal 3

Os Espanhóis deram bailinho

Com a bola sempre a rodar

Os portugueses têm Cristiano

A fazer hat tric e a brilhar!

Marrocos 0 - Portugal 1

Os Marroquinos também caíram

Com o triste futebol português

Na pele eles sentiram

O golaço que Cristiano marcou!

Irão 1 - Portugal 1

Com o Irão melhoramos o Futebol

Mas continuamos a sofrer

Com a trivela de Quaresma

Aos oitavos passamos sem vencer!


Fim de semana da borga (15) jun2018 - Cavalhadas de Vildemoinhos

Cavalhadas.jpg

(Carregar na imagem para ver as cerca de 80 fotos)

Todos os anos, em mês de santos populares e dia de São João, a 24 de junho, a população de Vildemoinhos deixa para trás a sua aldeia e ruma em direção à cidade, num desfile de animação e carros alegóricos que atrai milhares de viseenses e visitantes. Desde os mais tradicionais, aos mais artísticos ou satíricos, a cor, as tradições, as quadras, os manjericos e a famosa broa são ingredientes que acompanham este cortejo centenário, cuja origem remonta ao ano de 1652. (Ver aqui)

Registos no facebook da borga


Aguarela para a vitória! (3)

Aguarela para a vitória!.jpg

Na Rússia estão os nossos Olhos

Nos Jogadores o Coração

Na Alma mora a Esperança

Dum Povo que quer ser Campeão!

Espanha 3 - Portugal 3

Os Espanhóis deram bailinho

Com a bola sempre a rodar

Os portugueses têm Cristiano

A fazer hat tric e a brilhar!

 Marrocos 0 - Portugal 1

Os Marroquinos também caíram

Com o triste futebol português

Na pele eles sentiram

O golaço que Cristiano marcou!

 


Muito alarido e pouca informação de apoio à luta.

escola.png 

Não me tenho manifestado nesta greve às avaliações porque existe muito alarido, devia funcionar como achas para o fogo só que em vez de o atiçarem, cada vez mais, deixam-no mais brando.

Sou solidário e também partilho da greve como outros o fizeram até aqui. Amanhã é o dia da 3ª remarcação de reuniões de avaliação e vamos lá ver se existe coragem para que continue. Digo isto por causa da nota informativa do ME que dizia em termos gerais que à terceira tem de se fazer nem que para isso quem assuma a reunião tenha que pedir os níveis aos professores do conselho de turma. Ora aqui fica o diretor de turma no fogo. O governo invoca através duma nota informativa que as reuniões á 3ª marcação passam a ser feitas mesmo que falte algum professor. Os sindicatos dizem que não e que é ilegal o que o governo diz. O governo insiste e começa a ver algum receio digo mesmo “medo” nestas tomadas de posição. Creio que os sindicatos queriam colocar a pressão nas direcções mas estas fazem o que está na lei, descartaram-se desta tomada de posição e deixam-na para o conselho de turma, remarcando as reuniões com 48 horas de antecedência, seja a primeira ou a terceira reunião ou outra qualquer. Na convocatória as direcções não têm nada que colocar mais elementos do que uma normal convocatória de reunião de avaliação. Os diretores de turma e também o conselho de turma á 3ª remarcação é que devem tomar a posição que entenderem. Creio pelo que se entende da nota informativa ou faltam todos para a reunião não se fazer ou se alguém não faltar tomam estes as rédeas da reunião (começando pelos mais velhos) e fazem a reunião pedindo os elementos de avaliação a quem falta. Se fazem a reunião desobedecem aos sindicatos e furam a greve, se não fazem a reunião desobedecem ao ME (neste caso o patrão) e mantêm a greve. Que raio de imbróglio!

Os sindicatos não podem só dizer que o que o governo fez é ilegal, nota informativa sobre as reuniões de avaliação, e depois deixam os professores sós na luta nas escolas. Os sindicatos têm que arranjar outros apoios, capazes de ser solidários com estas lutas e informar a contra informação, respondendo com legislação adequada.

Todos sabemos que esta luta é justa mas a forma como a manter é que deve ser repensada.

Bisbilhotada


Aguarela para a vitória! (2)

Aguarela para a vitória!.jpg

Na Rússia estão os nossos Olhos

Nos Jogadores o Coração

Na Alma mora a Esperança

Dum Povo que quer ser Campeão!

 Espanha 3 - Portugal 3

Os Espanhóis deram bailinho

Com a bola sempre a rodar

Os portugueses têm Cristiano

A fazer hat tric e a brilhar!

 

 

Aguarela para a vitória!

Uma publicação partilhada por Agostinho ArteporumCanudo (@arteporumcanudo) a


Fim de semana da borga (14) jun2018

real.jpg

Fotos da viagem a Óbidos e Budas organizada pelos mordomos da festa da Nossa Senhora da Saúde de Real / Farminhão. Muito bem organizada! O convivio entre o pessoal também foi muito bom durante o percurso e no final o repasto foi também um convívio excelente com gente bem disposta que até se cantou o fado.

Fica o registo de algumas fotos da viagem, de locais por onde se passou e que foram postas no facebook.


Marchas de Santo António em Tondela

Marchas de tondela (2).jpg

 (carregar na imagem)

Padrinho dos alunos do 4º ano do Centro Escolar de Tondela (Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo) na abertura das Marchas de Santo António em Tondela.


Lição 57 a 66 de Ed. Visual

Trabalhos Finais.jpg

(Carregar na imagem para ver trabalhos dos alunos)

Lição 57 e 58

Preparação para a prova de aferição.

Teste exemplo.

Lição 59 e 60

Prova de aferição de EV e ET no dia 22-05-2018

Trabalhos no paint.

Lição 61 e 62

Trabalhos da prova de aferição da porto editora.

Composição geométrica, banda desenhada e módulo padrão. (2 trabalhos à escolha).

Lição 63 e 64

Prova de Equivalência a Português

Lição 65 e 66

Preenchimento da ficha de Autoavaliação. Heteroavaliação.

Diálogo final com os alunos.

 


Olhares a Pincel de Parada de Gonta - Igreja Matriz (22)

Olhares a pincel sobre parada de gonta (1).jpg

 Olhares diferentes sobre locais, lugares e património de Parada de Gonta.A partir duma pintura a aguarela da Igreja Matriz (original) construiram-se outros olhares de forma diferente.

(Rodar imagem)


Cerimónia de Entrega de Prémios - Artistas Digitais na EB Lajeosa do Dão

Prémio Artistas Digitais 2.JPG

(Carregar na foto para ver mais)

Prémio Artistas Digitais.jpg

XVI Edição dos Artistas Digitais - 2016/2017

Se acontecer, saberei o que fazer.

Entrega de Prémios - 3.º Lugar do 2.º CEB

No dia 05 de junho de 2018, realizou-se na EB Prof. Mota Pinto da Lajeosa do Dão do Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo, a cerimónia de entrega de prémios da XVI Edição dos Artistas Digitais - 2016/2017 correspondente ao 3.º lugar na categoria do 2.º Ciclo do Ensino Básico.

Neste concurso nacional promovido pelo Centro de Competência Entre Mar e Serra (CCEMS) concorreram 4 607 trabalhos nas três categorias: Pré-escolar, 1º Ciclo e 2º Ciclo.

Parabéns à aluna Sofia Dias, na altura aluna do 5º ano, que concorreu com o trabalho “Tsunami – Fujo para o alto - Se acontecer saberei o que fazer" ” pelo seu brilhante 3º lugar e ao seu professor  Agostinho Silva.

A aluna, professor e a Biblioteca Escolar do Agrupamento receberam livros, certificados e troféus. A aluna Sofia Dias recebeu também um telemóvel.

Participaram na cerimónia a Diretora do Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo, Drª Helena Gonçalves, a Secretária da Junta de Freguesia da Lajeosa do Dão, D. Ana Simões, os Coordenadores das Bibliotecas do Agrupamento, Profª Olga Matos e Profª Cide Lourenço, a Coordenadora de Estabelecimento, Profª. Odete Figueiredo, a responsável da Biblioteca da Lajeosa, Profª Margarida Rodrigues, professores, assistentes operacionais, alunos, a Coordenadora da equipa do CCEMS Profª Nancy Silva e o adjunto da direção, Prof. Agostinho Silva também responsável pela submissão dos trabalhos na “XVI Edição do Concurso Artistas Digitais, ano letivo 2016/2017."

Em nome do AETCF fica o agradecimento a todos os alunos que participaram neste concurso e especialmente à aluna vencedora do 3º prémio Sofia Dias.

Mais uma vez Parabéns Sofia!

Fica o agradecimento da CCEMS “Agradecemos a todos os alunos e respetivos professores que concorreram a esta edição, à Gradiva Publicações, S.A., à SABSEG e à Liga dos Bombeiros Portugueses o apoio que nos permite manter estas iniciativas.”

Link oficial da página do CCEMS: http://www.ccems.pt/noticias/xvi-edicao-concurso-artistas-digitais-agrupamento-de-escolas-de-tondela-candido-de-figueiredo/

 


Fim de semana do caraças!

medicamentos.jpg

Pois é, nem sempre o fim de semana é de borga! Este fim de semana que passou posso dizer que foi do caraças! Desde sexta – feira passada, ou seja no espaço de nove dias fui a três médicos por causa dumas dores no pescoço. Todos eles me receitaram montes de medicamento e cada vez mais fortes por causa destas dores.

O primeiro na sexta-feira passada, andei medicado com 5 remédios diferentes e só podia tomar aquela medicação 5 dias, para que o organismo não apanhe habituação. Assim fiz, ao fim destes cinco dias começaram novamente as dores, andei mais 2 dias e ontem, sábado, fui novamente ao médico.

Nova medicação quase com a certeza que as dores iam passar. Pois ó passas! parece que ainda ficou pior e durante a noite e hoje, foram umas dores horríveis. Como não dava para aguentar fui hoje, domingo, da parte de tarde novamente ao médico e nova medicação cá para o pelo, só que desta vez espetaram-me duas injeções e a coisa amenizou e neste momento não tenho dores mas continuo com a medicação.

Posso dizer que este fim de semana em vez de ser da borga foi um fim de semana do caraças.


Aguarela da Igreja Matriz com moldura

Quadro da Igreja.jpg

Hoje depois do trabalho fui fazer isto: Colocar a aguarela da Igreja Matriz de Parada de Gonta numa moldura. Foi a segunda  aguarela colocada numa moldura e como a primeira até ficou engraçada. Já está no seu lugar ao lado da primeira. Até ficam trabalhos interessantes agora não sei se é da aguarela ou da moldura. O conjunto tem um efeito muito bonito.Claro que sou eu que o digo.