Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dizer o que vai na alma é dar voz ao que sinto! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Arte e Educação são a Paixão.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dizer o que vai na alma é dar voz ao que sinto! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Arte e Educação são a Paixão.

1ª aula observada como avaliador externo 2020

Composição.jpeg

Pois bem, hoje dia 23 de outubro (sexta-feira),  fiz a 1ª observação de aulas como avaliador externo do grupo 240 e que correspondente ao ano letivo de 2019.2020. Apesar de estar no ano letivo de 2020.2021, a observação correponde ao ano transato porque foi interrompida pela pandemia.

A escola onde fui observar a aula do professor avaliado dista da minha trinta e tal kilómetros e as despesas com transportes e almoço ficam por minha conta. Os ganhos que se tem por ser avaliador externo são os aborrecimentos por avaliar colegas, horas perdidas em observações, relatórios e reuniões fora do horário de trabalho e ainda inimizades se as coisas não correrem bem. Este é o ganho por ser avaliador externo. É uma obrigação que não entendo! Por ser mais velho sou obrigado a aceitar estas honras de avaliador, dizem eles. Ridiculo!

Quanto à aula observada correu muito bem, o plano foi cumprido e os alunos participaram ativamente no desenvolvimento da aula. A recetividade manifestada pelos alunos ao que o professor dizia foi muito boa, a envolvência do professor com os alunos também, a prontidão com que eram chamados à atenção para correção dos erros e sem qualquer altercação por parte deles e do professor foi também muito boa, a aceitação das regras por parte dos alunos sem qualquer contestação também foi das melhores.

Até os escassos recursos utilizados foram os necessários ao plano de aula traçado, por isso, pode-se considerar que a aula foi muito boa.

Sem mais pormenores e para que possa servir de exemplo (para quem quiser) a aula observada foi sobre “cor e geometria”

Na cor foram abordadadas  as cores primárias, secundárias, cores quentes e cores frias.

Na geometria foi abordada a circunferência e a inscrição de poligonos.

Passando à prática foram mostrados alguns slides aos alunos sobre pintores em que as suas composições eram à base de circunferências com tratamento da cor, nomeadamente o português flaviense Nadir Afonso.

Numa  folha A4 de papel cavalinho acharam o centro geométrico  da folha.

Seguidamente foi-lhes dado um raio em cm de uma circunferência  para traçar nesse centro geométrico.

A circunferência foi dividida em 3 partes e unindo cada um dos pontos obtiveram a inscrição  de um  triângulo, poligono de três lados.

Com o mesmo centro geométrico foi-lhes dado um raio maior e dividiram a circunferência em 4 partes e unindo cada um dos pontos obtiveram um quadrilátero, poligono de 4 lados.

Com outro raio maior no mesmo centro geométrico  dividiram a circunferência em seis partes e partes e unindo cada um dos pontos obtiveram um Hexágono, poligono de seis  lados.

Finalmente foi-lhes dada a escolha de pintar a composição com duas cores quentes  e duas cores frias.

Fica o registo duma possivel composição (ver imagem em cima)

E assim numa composição simples se faz a diferença.

Parabéns ao professor e aos alunos.

Obs: Em tempos cocidv19 não há partilha de materiais nesta disciplina nem trabalhos à base de riscadores liquidos/aquosos.

Bisbilhotices

Amigos do ARTE POR UM CANUDO (blog do Agostinho)