Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Uma visita ao Santuário de Fátima bem à portuguesa.

Em tempo de férias (quase) é preciso aproveitar o que de belo temos cá dentro. A família já me tinha anunciado que gostava de ir ao santuário de Fátima, ver os monumentos e também para afagar a religião que existe dentro de cada um.
Decidimos fazer uma viagem bem à portuguesa. Como não podia deixar de ser, o farnel, a manta e o garrafão, típicos da família tradicional portuguesa.
Pelas 10 horas da manhã (sem stress), saímos de casa e lá fomos a caminho do Santuário de Fátima. Quando chegamos por volta das 12,00h, logo fomos arranjar um lugar onde poderíamos comer/petiscar. Foi só estender a manta no chão, colocar o farnel em posição de ser atacado e o garrafão pronto a afagar as gargantas. Foi muito agradável fazer o piquenique ao ar livre em contacto com a natureza, que até se ouviam os pássaros nos seus cânticos e as cigarras no seu grrrrrr . O convívio que se gera é fantástico do género: Ó Rogério passe aí o garrafão!. e vai mais uma pinguinha dizia o meu sogro.  Olha que vocês ainda a apanham dizia a minha mulher!. E pensava o meu filho lá para os seus botões, se eu também gostasse da pinga como estes mais velhos quem é que iria conduzir o carro?. Depois foi a visita ao santuário conforme as fotos o documentam.

 

 


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.