Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Propostas Calhândricas para o Déficit.

 

António Barreto, é persistente e volta a insistir que as escolas, com o pessoal docente e não docente incluidos, passe para as autarquias.Se assim for, previnam-se os mais incautos e filiem-se nos partidos do poder, porque a teta não chega para todos.
António Barreto devia perguntar ao pessoal docente e não docente do 1º ciclo e dos J.I.  se ficaram melhor servidos com a mudança dos recursos para as autarquias? Mudar por mudar não basta e para pior já basta assim.
Depois de ouvir a fina flor da politica portuguesa, nomeadamente as cabecinhas pensantes dos economistas no prós e contras da RTP 1, cada vez fico mais convencido que a dupla Sòcrates/ Teixeira dos Santos ainda é a melhor. Foi cada solução mais disparatada que aquele painel propunha para reduzir o deficit, que até arrepia saber que estes senhores ainda vão convencendo alguém.
Nomeio 5 calhandrices para reduzir o deficit
1 – Que nenhuma reforma possa ir além de 5 mil euros.
2 – Que no  activo ninguém possa ter de remuneração além de 10 mil euros.
2 – Acabar com as mordomias dos subsidios de deslocação e outros do género.
3 – Tributar as mais valias e que os lucros acima de 33% possam ser nacionalizados.
4 – Acabar com os offshores ou outros paraísos fiscais.
5- Congelamento de todos os salários da função pública e privados e congelamento de qualquer bem de consumo.
Não se compreende como é que a Madeira, com um nível de desenvolvimento superior à maioria das regiões do continente, continue a exigir dinheiro e possa criar uma crise politica ao ponto de fazer caír o governo de José Sócrates. Olha o João Jardim a esfregar as mãos de contente, se dás, muito bem.. mas se não dás, cais.
A propósito de Mário Crespo, se for a um restaurante com os amigos deixe-se de conversas sobre os outros, porque falar dos outros é feio e há sempre alguém na escuta para pôr a boca no trombone.
Para acabar, aquele resultado do FC Porto contra o Sportnig C Portugal de 5-2 é do outro mundo. Como é que uma pedra bem encaixada e no sitio certo pode mudar um plantel. Onde estava este Ruben?

CALHANDRICE = bisbilhotice, coscuvilhice, mexeriquice

16 comentários

Comentar post