Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Os gestores do umbigo!.

O escândalo dos prémios dos gestores está na baila. Todos se indignaram com a quantia dada a um gestor público de 3.1 milhões, repare-se que é só um prémio porque existem muitas mais alvíssaras, como o subsídio de tudo quanto mexe e daquilo que não mexe.
Fizeram-se as contas a este prémio e chegou-se à conclusão que o prémio corresponde ao salário dum trabalhador qualificado durante 75 anos, e mais, ao ordenado do Presidente da República durante 21 anos.
Pensando nisto como prémio, mais o ordenado e todas as mordomias que um gestor recebe, chega-se muito rapidamente à conclusão porque é que o país bateu no fundo.
Se analisarmos que ser gestor duma empresa como esta não deve ser muito difícil, não é preciso ser um cabecinha para pôr uma empresa destas a dar lucros, basta aumentar a factura da electricidade porque toda a gente é obrigada a pagar, mesmo que as famílias e empresas desesperem, eles não ouvem ninguém e ao fim do mês lá vem a factura com o aumento.
Não é no nosso país que a electricidade é mais barata, pelo contrário está acima da média europeia como sendo das mais caras, e não se vê naqueles países os gestores a usufruírem de ordenados e prémios chorudos como no nosso, que fazem inveja aos países mais ricos do mundo. Digam que não há dinheiro. Quando eles querem ele aparece.

Já há tempos tinha nomeado estas 5 calhandrices para reduzir o deficit, mas enquanto o governo não as aproveitar não iremos lá. (colocado em 3/2/2010)

1 – Que nenhuma reforma possa ir além de 5 mil euros.

2 – Que no  activo ninguém possa ter de remuneração além de 10 mil euros.

2 – Acabar com as mordomias dos subsidios de deslocação, prémios e outros do género.

3 – Tributar as mais valias e que os lucros acima de 33% possam ser nacionalizados.

4 – Acabar com os offshores ou outros paraísos fiscais.

5- Congelamento de todos os salários da função pública e privados e congelamento de qualquer aumento dos bens de consumo.

Retirado daqui: http://arteagostinho.blogs.sapo.pt/311459.html

 

"Arte por um Canudo 2"


2 comentários

  • Algumas já fazem parte do pacote apresentado Manuel. Parecidas ou com outro paleio.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.