Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Tempos de crise…e de médicos.

Tempos de crise…e de médicos.

Hoje, dia 24 de Agosto, fui ao centro de saúde para uma consulta ao médico de família, já marcada no devido tempo, o que vi é de arrepiar para quem cai na desgraça da doença, sofre sem ter a quem recorrer. Acontece que no centro de saúde onde fui fazer a consulta, estava um senhor da minha terra com 80 anos desde as 3 horas da manhã à espera de uma vaga para consulta. Não era só ele, havia também outros que esperavam por uma vaga e também se encontravam lá desde muito cedo. A pergunta obvia, o porquê do que está a acontecer? Resposta: O centro de saúde da Lajeosa não tem médicos, o centro de saúde de Lobão a mesma coisa e aqui que costumavam estar 3 só está 1. Assim, o médico de serviço fica com uma carga descomunal e apesar dos pedidos e avisos da situação ninguém lhe dá respostas para que se resolva a situação. Quem aguenta é o Zé Povinho.

Não bastavam os cortes nos medicamentos, nas taxas moderadoras, agora até nem médicos existem.

Dos 3 centros de saúde com construções recentes e bem apetrechados só 1 funciona em serviços mínimos para cobrir uma extensa área territorial e milhares de utentes. Será que a tutela está a incluir este racionamento nas imposições da troika? Ou a tutela considera a saúde uma gordura do estado para cortar! Por aqui não meus senhores. Vamos olhar para o país real, cuidar dele e deixar para trás o folclore de que os outros são quem têm a culpa do que está acontecer. Com a saúde não se brinca e muito menos se corta.

Apela-se ao bom senso do governo para que haja mais respeito por estas populações.

Arte por um canudo 2


Logo (1).jpg

 

4 comentários

Comentar post