Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Aplicação do MEC para concurso lança professores contratados "no desespero"

 


 

De acordo com o "Público" o final do prazo para manifestação de preferências para a contratação inicial foi alargado para 31 de julho.

Agora só falta a confirmação oficial daquilo que se relaciona com o "problema técnico" que impede os colegas de manifestarem as suas preferências de acordo com o normativo legal em vigor.


Amanhã nova nota informativa.



 

"Depois do ofício enviado, continuamos (FENPROF) à espera da resposta da DGAE, no entanto temos já alguns esclarecimentos técnicos obtidos telefonicamente que importa dar a conhecer:


1. Reconhecem as dificuldade técnicas, que estão a atribuir a problemas com o servidor - contam que o problema fique resolvido ainda hoje.


2. Esclarecem que o regulamento é mesmo concretizado no Dec. Lei 132/2012, de 27 de junho, e quanto a isso não têm qualquer tipo de dúvidas. (...)


3. Foram também detetadas dificuldades na colocação de códigos e na limitação (não prevista na lei) que a aplicação coloca a quem pretende concorrer, por exemplo, a vários tipos de contrato (anual e anual e temporário) ou de horário (completo, entre 15 e 21 horas e entre 8 e 14 horas), ao "ler" as repetições de códigos de concelhos ou de QZP para as diferentes opções citadas como se se tratasse de novos códigos. A este respeito, a informação telefónica obtida confirmou que esta limitação não decorre, de facto, da legislação em vigor, sendo assumida como um problema da aplicação informática que está em vias de ser resolvido. Assim, e do ponto de vista legal, um mesmo código (de escola, de concelho ou de QZP) repetido para diferentes opções de horário ou contrato conta apenas uma vez. Aos candidatos que pretendem jogar com estas repetições e ultrapassar o número de 50 preferências com códigos de concelhos ou de 23 com códigos de QZP, aconselha-se a que não submetam as suas candidaturas enquanto o desbloqueamento prometido pela DGAE não acontecer, a fim de que lhes seja possível apresentar as suas reais preferências".

 



Logo (1).jpg