Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Um reino em queda..ep1

Desenho a tinta de esferográfica..

 

Era uma vez…

Um pequeno reino, distante do rebuliço dos grandes reinos, que se situava num pequeno lugarejo pertencente ao grande império-mor. O império-mor, por sua vez, é o senhor de todos os reinos e é constituído por muitos pequenos reinos, maioria do reino, e poucos grandes reinos, estes muito submissos ao império-mor.

A particularidade do pequeno reino é que o seu povo trabalhava e vivia contente com o que fazia, sempre com aquele sorriso de confiança no reino, em resumo era um povo alegre e feliz que prestava as suas contas ao império-mor e cumpria os objectivos da sua missão. Acontece que o grande império-mor gastou mais que o que devia e para poupar uns euros decidiu cortar nos pequenos reinos, mesmo que estes tenham zelado e cumprido com requisitos de qualidade a soberania do reino, juntando-os ou agregando-os aos grandes reinos. Com uma arrochada e a coberto de um imperativo nacional cortam-se as asas aos pequenos reinos.

Também este por ser pequeno, o império-mor resolveu agrega-lo a outro reino da região, muito maior, chamado “mega poupa recursos” que achava que o pequeno reino, por serem felizes e terem vastos recursos, era um reino de mordomias. Então com a bênção do império-mor o reino “mega poupa recursos” decidiu que o pequeno reino não pode viver assim, e trás, toca a tirar-lhe os seus recursos conquistados através de uma boa gestão, transparente e rigorosa, mas aberta e partilhada ao longo dos anos.

O pequeno reino vai resistindo sem muitos dos recursos que tinha e até mesmo sem rei, o que parece não ser do agrado do grande reino “mega poupa recursos”.

No pequeno reino, cada problema que surgisse tinha uma solução bem determinada, agora por mais pequeno que seja o problema é um problema sem solução, porque os problemas do pequeno reino são muito diferentes dos do grande reino, até o meio é diferente, e este não tem soluções para poder responder a estes novos pequenos problemas.

Os pequenos problemas vão-se amontoando e podem dar origem a grandes problemas que por sua vez podem desmoronar qualquer grande reino.

O império que se cuide…

Obs: Qualquer semelhança com a realidade é pura ficção.


Logo (1).jpg

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.