Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

A PACC é por culpa de quem?

ricos..png

O bisbilhotice semanal, hoje, vai direitinho para a prova de avaliação dos professores contratados, a famosa PACC, que hoje se realizou em todo o país. Segundo os sindicatos quando deviam estar inscritos nas provas cerca de 20.000 professores, só se inscreveram 2.900, e destes a maioria não concorda com a prova mas fá-la porque é obrigado se quiser continuar ou ter esperança num trabalho como professor.

Quando esta prova começou há 1 ano foi uma contestação tremenda e passado 1 ano é uma calmaria que quase nem se deu pelos ecos dos sindicatos.

De qualquer forma é uma birra do ministério manter uma prova destas, não só porque quase já não existem candidatos que obedeçam às condições exigidas pelo ministério (ter menos de 5 anos de serviço) e também porque à partida quem devia preparar os professores deviam ser as universidades donde saíram.

A culpa de existir a PACC é das instituições que produzem professores. Se os professores estão mal preparados exija-se a responsabilidade a quem os forma. Não é só levar o dinheirinho para engordar colarinhos brancos e fazer asneira sem se responsabilizar por ela. É o que à partida devia ser,mas estes exames tem um outro objetivo muito mais amplo, que é servirem para chacota na opinião pública. Aqueles malandros, não querem fazer os exames porque não sabem, que direitos é que têm de exigir o mesmo aos nossos filhos.

Tudo isto não passa de uma vingança iniciada contra os professores já lá vão uns anitos. Classe profissional contestatária tem os seus dias contados, porque aos olhos da politica e seja ela canhota, dextra ou do meio, todos são desvios, arrogantes, fruto da democracia popular, que precisam ser abatidos.

Uma coisa é certa, o ministério de Nuno Crato da mesma forma que o seu antecessor, não criou uma única medida durante o seu mandato que não fosse contestada, mas também mexer por mexer e a maioria das vezes para piorar, mais vale estar quieto, que os nossos jovens, os educadores e a escola agradecem.

Bisbilhotice semanal 3