Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Aposentação para quem? E as penalizações.

Voltando à questão da aposentação antecipada, depois da lei sobre os que aos 60 anos de idade têm pelo menos 40 anos de descontos, de passarem a usufruir só de uma penalização acabando a do fator de sustentabilidade, vem a propósito de na comunicação social em parangonas excecionais com títulos duvidosos a chamar a atenção que na função pública já se podem aposentar mais cedo.

Esta comunicação pelos média em títulos excecionais deste género alimentam muitas mentes malvadas que nunca estão contentes com o que julgam que é o bem-estar dos outros.

Nas suas teorias apregoam que é uma maminha para os professores já que são estes que andam sempre em greves e não fazem nada e são os protegidos pelo governo, refere-se professores porque para estas mentes tudo que seja função pública tem a ver com os professores.

O que eles não sabem é que não existe nenhum professor que acabe um curso superior aos 20 anos de idade, habilitação mínima para lecionar, e assim, à partida esta medida não é para professores mas poderá ser para amigos políticos. Sim, existem profissões que para algumas mentes brilhantes não são profissões mas sim missões, deveres públicos, atos públicos, e outras palavras altruístas para definir o cargo de político.

Ainda hoje ao passarem por mim, em bom som me disseram, está a ver que este governo é vosso amigo! Já saiu a lei que os professores se poderão aposentar com 60 anos enquanto nos outros setores só se reformam aos 66 anos e 5 meses.

Pois é amigo! Disse-lhe eu! Se compreender bem o que está escrito nessa lei, apesar dos 62 e 40 não posso! Não estou abrangido por esta medida. E de boca aberta, meio espantado. Ai não! Mas nos jornais escrevia-se que sim! Pois, digo eu, estão mal escritos se leu assim.

Disse-lhe: não estou abrangido por aquela medida, 60 e 40, mas posso pedir a antecipação da aposentação, 62 e 40, levo com os descontos que estão na lei e depois vou pedir para as esquinas.

Exemplo: 14,7% de fator de sustentabilidade, mais 0,5% por cada ano que falte até aos 66,5 anos.

Contas: (66,5 anos – 62 anos) = 4,5 anos.

Convertendo em meses: (4,5 anos x 12) = 53 meses

Penalização: (53 x 0,5) = 26,75% de desconto + 14,7 de fator de sustentabilidade dá 41,45%

Metade do conseguido em 40 anos seriam perdidos por antecipação de 4 anos.

Imagine-se o rombo que era.

Depois de 40 anos de trabalho não seria justo acabar com todas as penalizações?

Em resumo, ao contrário da maioria dos países em Portugal parece que a maioria dos trabalhadores produtivos é de idade mais avançada, mesmo a roçar a terceira idade e são estes que estão a ocupar o lugar que devia ser dos mais jovens, devido às más políticas dos nossos governantes.

Que forma de dizer aos mais novos que emigrem à procura de trabalho e aos mais velhos que aguentem até cair para o lado.

E assim esta já lá vai nos longínquos 66 anos muito próximo dos 67 anos. Quem lá chega com saúde de a poder gozar? Muito poucos…

Bisbilhotices