Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Avarias perigosas.

televisão.JPG

A bisbilhotada desta semana poderia ir direitinha para as acusações dos nossos principais políticos, acerca dum caso que não é ao acaso, ou seja para a demissão de Paulo Portas através de SMS ou das declarações de Passos Coelho sobre o seu grande amigo, Dias Loureiro, como sendo um exemplo de homem de sucesso a seguir. Haveria pano para mangas e bem compridas se bisbilhotasse sobre os assuntos dos nossos políticos.

Mas não, a bisbilhotice vai para perigos iminentes nos produtos que compramos. É também um alerta para perigos onde menos se julga que existem. A questão também que se coloca é a quem se deve atribuir a responsabilidade?

Vamos então saber o que aconteceu. Este domingo, dia chuvoso, estava o bisbilhotice acompanhado de sua parceira a verem televisão muito descansados, quando repentinamente ouve-se um estalido e depois um som que parecia uma fuga de gás.

Muito surpreendidos a olharem para todos os cantos e principalmente para a cozinha, quando surge da televisão um fumo muito preto e que apesar da pronta intervenção do bisbilhotice, desligar os aparelhos, o fumo foi de tal forma que encheu a casa completamente e só de janelas e portas abertas, ao fim dum certo tempo, é que se conseguiu aliviar o referido fumo de dentro de casa. Uma coisa é certa, se não fosse a pronta intervenção dos donos porque estavam ao lado da televisão, esta arderia e pegava fogo a todo o edifício.

Todos sabem que os aparelhos avariam, mas o que não sabem é que estes ao avariarem causam perigos com consequências que poderão ser muito graves.

Imagine-se que não estava ninguém à beira do aparelho de televisão, como muitas vezes se faz, vai-se à casa de banho mas não se desliga a televisão, vai-se tomar banho e não se desliga a televisão, o vizinho chama e vai-se conversar com ele e não se desliga a televisão, vai-se atender o telefone e não se desliga a televisão, assim como em muitas outras situações que os aparelhos ficam ligados.

O normal é que qualquer aparelho avarie mas já não é normal que causem perigo. Então que dizer de uma televisão de sala, de dimensões enormes, com cerca de 3 anos, digo bem, 3 anos, quase que ainda estava dentro da garantia, avarie assim como se fosse uma bomba.

A quem pedir responsabilidades duma situação destas? A avaria em si poderia ser defeito de fabrico, agora avaria com perigo à mistura é que a coisa custa a admitir. Televisão LG, bastante cara, com cerca de 3 anos,comprada na Rádio Popular, pró galheto.

Avisam-se as pessoas que tenham cuidado com o que compram e nunca deixem certos aparelhos ligados, porque o mal pode acontecer e as empresas que os produzem estão-se marimbando para estas situações. O que querem é que os aparelhos tenham curta duração de vida, para poderem vender muitos mais, mesmo que seja à custa danos terríveis para quem os compra.

Já uma tia, quase vizinha, que lhe ardeu a casa toda, teve sorte em salvar-se embora com algumas mazelas, disse que tinha sido a televisão que se incendiou, isto há cerca de 6 meses. Pensei cá para mim, televisões antigas com eletrificação antiga, talvez um curto-circuito e foi o que aconteceu, sem levar a sério que a televisão se tinha incendiado.

Agora é que vejo, mesmo com televisões novas, cuidado que o perigo espreita.

Esta bisbilhotice serve mais de aviso para que as pessoas tenham cuidado com certos aparelhos, desliguem-nos mesmo em situações de ausência por pouco tempo. O perigo espreita.

Bisbilhotice semanal


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.