Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Bisbilhotada (professores em stress)

  BISBILHOTEIRO.jpg

Esta semana a bisbilhotada vai para o Ministério da Educação com a sua espera na divulgação da lista de colocações provocando nos professores o stress que vai sendo contínuo ao longo dos anos.

Que está à espera o ministério da educação para a divulgação das listas de colocação? Quer provocar ainda mais ansiedade e stress numa classe que está num estado de espirito depressivo. Não creio, mas as razões assim o apontam até porque tudo foi feito a tempo, concursos, preferências, indicações icl, mas a espera acaba ser sempre além daquilo que se pensa.

Nos grande blogues educativos como o Professores Lusos e Blog de Arlindo até se fazem sondagens para saber qual será o dia da divulgação das listas de colocações de professores. Eu até apostei no dia 31 de agosto ao contrário de muitos que apontavam para dia 29 de agosto (segunda - feira). Nada se sabe e os prognósticos são para todos os gostos, mas quanta mais ansiedade e mais stressados os professores estiverem melhor o seu controle, dizia um amigo meu. O Ministério da Educação ao longo dos vários governos, já deu mostras, que a normalidade nunca reinará neste ministério, por mais mudanças que dizem que fazem as tralhas burocráticas ficam e o pior vem sempre ao de cima.

O stress é para continuar com as colocações, depois da elevada carga que foi, aquando da indicação aos professores e agora a sua manutenção sem carga letiva na icl2. Quem não foi retirado teve que se manter em concurso.

Ainda esta semana foram vários os colegas que tinham esperança de serem retirados e perguntavam à direção da escola, se já tinham sido indicados pela escola e avisados os professores por email. Como não receberam nada no seu email, na esperança que acontecesse, verificavam se o mail estava correto.

Particularmente uma colega com 60 anos, que se dirigiu à escola para perguntar, a nossa impotência para disfarçar o nervosismo que se apoderou de nós para lhe comunicar que não foi retirada porque não tinha componente letiva, dizendo com a tristeza revelada na face, com esta idade ainda ando com a trouxa às costas.

É triste chegar-se aos 60 anos, estou a dizer corretamente e reforço 60 anos, e dizerem-lhe que o sistema já não precisa de si, assim sem mais nem menos.

A ansiedade e o stress na classe docente se fosse medida, estariam no TOP +. Como podem estes profissionais exercerem durante o ano letivo as suas atividades normalmente, se até durante as férias ficam exaustos?

Bisbilhotada semanal