Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Greves que doem!

BISBILHOTEIRO.jpg

Como cidadão preocupado também deixo a opinião pessoal sobre a atualidade politica do momento ou estado atual do país. 

O que neste momento preocupa os cidadãos nacionais e estrangeiros em Portugal é a greve dos motoristas dos combustiveis perigosos. A greve é um direito consagrado na constituição e só por isso é um direito enquanto lá estiver, porque a qualquer momento pode ser mudado dependendo do regime em vigor.

Num estado democrático a greve será sempre um direito dos trabalhadores, ou outros, como forma de protesto ou de reivindicação. O que a greve não pode fazer é deixar todo um povo em pânico e em stress prejudicando o seu bem estar depois de um ano de trabalho e que só podem usufruir dessa regalia uma vez por ano, caso das férias.

Pelo que ouço e também o que sinto é que esta greve não devia ter sido feita nesta altura, altura dos grandes acontecimentos e eventos portugueses. Esta greve é uma luta entre operários e patrões portugueses e não tem que atingir toda a imagem de Portugal e também a economia portuguesa. A imagem portuguesa é prejudicada pelos cidadãos estrangeiros que nos visitam nesta altura, pelos nossos emigrantes que só vêm uma vez por ano a Portugal, por mim que estou de férias e na minha zona já estão os postos sem combustivel e por todos outros que só têm um mês para usufruir deste bem estar que são as férias e depois não podem devido a esta greve. A economia porque é o mês do turismo, dos grandes eventos nos vários pontos do país e até da prevenção sobre os incêndos.

Se todos os sindicatos das várias classes profissionais fizessem greve em agosto, talvez o mês mais importante e que mais prejudica os cidadãos e o país, deixariamos de ter a visita dos nossos emigrantes, dos turistas de outros países que nos visitam e de outros o que provocaria a extinção das  muitas economias de verão ligadas à restauração. Seria um absurdo que prejudicaria o país, os trabalhadores e as empresas desse setor e que ninguém quereria.

Para que as greves se mantenham deviam ser acautelados certos interesses do país e dos cidadãos e o mês de agosto devia ser um mês proibitivo.

Basta perguntar a qualquer cidadão se está de acordo com esta greve no mês de agosto?

Resposta mais óbvia: estar estou mas não nesta altura do ano!

Bisbilhotices