Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte. email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte. email: ag_silva@hotmail.com

Mais um dia do caraças..

bebida.jpg

Há dias assim..

Irresistível foi mesmo o acabar do dia com castanhas assadas e uma jeropiga e tudo parece que melhora com fé no dia que se segue..

O dia começa com uma inundação no recinto escolar, não se sabe ao certo de onde mas tudo indica pelos técnicos da casa e eu incluído serem as sargetas de conduta de água e os depósitos onde se faz a filtragem e onde se acumulam os detritos estarem corrompidos com raízes de árvores que até fazem levantar o alcatrão. Claro que para alguns alunos era uma festa chapinando na água. Para outros era impeditivo das suas brincadeiras normais e até para irem para o campo de jogos que tanto gostam!

Nestas avarias nunca se sabe quem conserta! primeira prioridade: se os técnicos da casa o fizerem tudo bem, se não, tem que ser alguém de fora mas pelo custo mínimo, o que leva a que quem toma a decisão de chamar alguém de fora, tem que ser pelo custo mínimo. Assim, pelo custo mínimo se fez um apelo através de email à camara do concelho e à junta da freguesia se colaboram nesta reparação. Vamos ver no que vai dar!

Pouco depois veio um apelo do refeitório dos alunos que havia uma torneira que não vedava a água e estava a verter pelo chão da cozinha. Como se tinha dito antes a primeira prioridade é ver se os técnicos da casa (assistentes operacionais) conseguem arranjar para depois tomar outras decisões. E não é que logo a seguir vem outro apelo da casa de banho das senhoras sobre outra inundação mas que foi tratado pelo pessoal da casa. Tudo bem, ficou por aqui.

Depois de tratar umas queixas sobre plataforma dos sumários online dos professores, ouve-se uns alaridos de alunos muito agitados para comunicarem que um colega se magoou no recinto, caiu e bateu sem proteção com a anca no cimento. Já em tempos atrás tinha pedido à junta de freguesia para ver se lá mandava alguém que arranjasse aquele pavimento que está todo levantado por causa das raízes das árvores. Colocou-se gelo nos locais onde o aluno se magoou e chamou-se a mãe. A indecisão era se se devia chamar a ambulância para o levar para o hospital! Depois de se ver o histórico do aluno, ele até dizia que já estava melhor depois do gelo, e também depois de confirmar com a mãe o seu estado, chamou-se a ambulância e o aluno foi levado para o hospital com acompanhamento da mãe.

Finalmente em casa, como tinha dito em cima, foi o irresistível e tudo esqueceu…

Bisbilhotices