Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação a minha paixão! Arte sem Arte é uma outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Máscaras com aproveitamento do Papel - Educação Tecnológica

Mascarilha.jpg

máscaras.1.jpg

Porque hoje teve que ser assim...

Uma aula de reciclagem é boa se tivermos em conta a melhoraria do ambiente.

Uma aula de reutilização de materiais/desperdícios é ótima porque podemos criar ao nosso gosto sem custos e o ambiente agradece. São estes pequenos gestos que revelam o nosso empenho em cuidar do ambiente.

Além de cuidar do ambiente o que nos leva também a reutilizar materiais é a crise económica que paira sobre o país e principalmente as consequências que tem nas famílias em geral, e nas mais desfavorecidas em particular, o que nos obriga a olhar para a reutilização de materiais com outros olhos.

Se não podemos comprar temos que arranjar solução para os problemas que vão aparecendo. Lá diz o velho ditado “ a necessidade aguça o engenho”, ou seja, obrigam-nos a pensar. O tema é : Queremos comemorar o Carnaval com uma Máscara. Pois bem, mãos à obra que a obra aparece…

Vamos então construir máscaras com a técnica do balão aproveitado materiais ou desperdícios.

Os materiais que precisamos são: Um balão; Jornais usados; cola branca (alternativa cola à base de farinha de trigo), fios de lã, corda, elástico, tintas.

Utensilios/ferramentas que precisamos são: Tesoura; x-acto; pinceis.

1- Enchemos um balão com ar;

2- Cortamos jornal em tiras;

3- Colocamos cola no balão e colamos as tiras de jornal,

4- Colocamos o mínimo de 4 camadas de jornal e o máximo 7 ( nem fino nem grosso em demasia);

5- As camadas de tiras sobrepostas são umas na vertical outras na horizontal;

6- Tiras grandes acabamento rápido mas trabalho mais imperfeito;

7- Tiras pequenas demoram mais tempo mas trabalho perfeito e liso;

8- Depois de seco o balão corta-se em 2 metades;

9- Marcam-se os olhos, o nariz, a boca, etc.;

10- Se é para cortar, corta-se com um x-acto ou tesoura;

11- Faz-se com a cola branca e papel amassado, uma pasta de papel;

12- Fazem-se os acrescentos: orelhas, sobrancelhas, saliências ou retoques na máscara, com a pasta de papel;

13- Deixa-se secar novamente;

14- Pinta-se a máscara (primeiro uma cor base) seguida dos pormenores;

15- Ainda se podem fazer os últimos retoques acrescentando com cola quente cabelo, barba, etc.;

16- Coloca-se o elástico para segurar na face.

* Como o tempo é escasso ficou-se  pela demonstração, e construiram-se mascarilhas...