Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

MPD em serviço.

  BISBILHOTEIRO.jpg

Será bisbilhotice? Colocar 162 professores por MPD numa escola de 1500 alunos. A bisbilhotada semanal vai mais uma vez para o Ministério da Educação e a DGAE pela forma como estão a tratar este tema que de certa forma é melindroso. Há direitos que devem ser usufruídos mas sempre dentro da lei e do estritamente necessário. Ter mobilidade por si ou por um familiar como sejam os pais, que é o mais comum, é um direito que todos devem ter, porque ninguém está livre de ficar doente ou ter de cuidar dos pais por estes já não serem autónomos. Para que fique esclarecido é um direito que espero não usufruir e se assim for, é bom sinal.

Os professores colocados por doença, não é como verifico nos fóruns, dizem que vão para as escolas e ficam sem aulas. Não é assim. Alguns podem até não ter aulas mas têm os apoios educativos que vão dar ao mesmo. Além dos apoios, as substituições, as bibliotecas e até os clubes é onde ficam a maioria destes professores. São professores que apesar de estarem doentes fazem muita falta a uma escola para poder funcionar em pleno. Veja-se a inveja duma que conheço que só lá foram parar cerca de meia-dúzia para 1500 alunos. Onde se vai buscar professores para os trabalhos de biblioteca, para os muitos apoios educativos ou até para substituir algum professor que tenha que faltar? Vai ser um bico-de-obra para que as coisas funcionem.

Agora como é possível uma escola ficar com tantos professores e outras não ficarem com quase nenhum. Alguma coisa está mal nesta foto. São todos professores do mesmo bairro? Para que isto não aconteça é preciso estabelecer critérios e prioridades e aqui o ME também fica mal na foto.

Quanto à DGAE aquilo é que foi contra informar. Aceitação da MPD pelo próprio, notificação por email e agora aceitação pelos órgãos de direcção com o acordo do próprio. Mas nem estes sabiam que teriam que fazer a aceitação dos candidatos nem sabiam os procedimentos de como o fazer. Depois era esperar na escola onde foi atualmente colocado e agora é esperar na escola onde foi colocado o ano 2015/2016.

Senhores da DGAE agora começam as RR e que confusão vão dar.

Bisbilhotada da semana.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.