Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Troika, para que te quero!.

BISBILHOTEIRO.jpgTroika.JPG

Não é preciso procurar muito para se arranjar assunto para bisbilhotar e fazer bisbilhotice. Sim, é tão ridículo que nem a comunicação social quer fazer realce.

Vamos bisbilhotar sobre certas instituições que se julgam altruístas e na prática não valem nada. Prometem solidariedade mas não a praticam. Prometeram ajuda a Portugal, empobreceram-nos, mas continuam a levar os juros elevados do dinheiro que emprestaram. Falamos do FMI, BE e BCE, da famosa troika que não nos quer deixar. Abriram-lhes as portas, viram o filão que existe no país e agora não o querem deixar.

Esta semana, mais uma vez os senhores da troika deixaram recado, que Portugal tem que continuar a “empobrecer” para poder cumprir os objetivos que eles estipularam. Ora, enquanto cá estiveram as coisas não melhoraram, disseram que se iam embora ao fim dos três anos de austeridade, de empobrecimento e agora continuam a mandar recados. Quem os quer ouvir? Ninguém.

Se é da proximidade das eleições ou não, o governo não lhes tem dado ouvidos, faz muito bem, e esperemos que nunca mais queiram que esses senhores entrem de portas escancaradas, como foi até agora, e comecem de novo a dar conselhos de como se governa um país.

Será preciso puxar muito pela memória para encontrar um país que depois da intervenção desses senhores (troika) tenha melhorado ao ponto de não precisar mais deles.

Se a austeridade fosse nos seus países ou antes na casa deles, talvez esses senhores que pensam que a austeridade é um bem, mudassem de opinião. Se fossem as famílias deles a terem de emigrar, a desagregarem-se e a perder aqueles valores que só uma família unida pode ter como suporte e pilar da sociedade, eles abririam os olhos para saber o que realmente defendem.

Não os deixem entrar…

Bisbilhotice semanal

 

 


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.