Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas!! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte! email: ag_silva@hotmail.com

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas!! Arte sem Arte é uma nova forma de Arte! email: ag_silva@hotmail.com

Um dia especial!

maia.jpg

Ontem, dia 12 de março, foi um dia que vai ficar memorizado pelo que aconteceu e que fica como um marco na vida da família.

Fui para a cidade da Maia ajudar a resolver os problemas dum andar que o meu filho comprou. Foi um dia em cheio, fez-se a escritura em Famalicão e tratou-se da luz, do gás e da água na Maia e ainda umas compras no IKEA de Matosinhos.

Para a família (pais) sempre é melhor ficar pelo Porto do que ter de ir para o estrangeiro trabalhar e constituir família por lá. Tem o seu trabalho no Porto e vai assentar raízes no Porto. De Viseu/Tondela vai ficar só a sua naturalidade. Fica ainda com uma costela minha porque sou natural do distrito do Porto. As voltas que a vida dá. Do Porto fui para Viseu e agora o filho passa a fazer parte do Porto.

Vem a propósito uma citação do Dr. Cilio Correia no seu facebook, e cito Tondela, em 2031, terá mais 4047 idosos (+116,12%) e menos 10 024 jovens (-82,01%) o que coloca a necessidade de serem tomadas medidas adequadas.”, pois bem, mais um Tondelense na flor da vida, um quadro superior que vai para o Porto, enquanto a sua terra natal definha com falta de jovens. E porquê? Sabe-se bem porquê! Não existem empregos qualificados, ou se existem não passam do salário mínimo. Então, os já poucos jovens formados procuram fora da sua terra o que a sua terra não lhes dá. Com muita pena da família mas a vida é assim.

Quem perde é o interior do país e os nossos governantes vão assobiando para o lado.

Bisbilhotices


2 comentários

Comentar post