Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

Arte por um Canudo (Blog do Agostinho)

Dar voz ao que sinto! Arte e Educação de mãos dadas! Arte sem Arte é outra forma de Arte! Família, Amigos, Humor e Bisbilhotices são pilares desta Arte.

15º ano.jpg

Viagem pelo Douro dos Professores do Agrupamento Escolas Tondela Cândido Figueiredo.

 

Organizado pelo Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido Figueiredo e tendo como responsável o Professor Miguel Andrade realizou-se o passeio final dos professores e funcionários do Agrupamento, a subida de barco pelo rio Douro até à Régua.

Cerca de 50 professores e funcionários do Agrupamento, às 6 horas da manhã de Sábado, do dia 14 de junho, estavam a subir para o autocarro que se encontrava à espera em frente à Escola Secundária de Molelos, para começar esta aventura, divertidíssima, com a componente de lazer.

Depois de um ano letivo em cheio, sabe bem cuidar da alma, e foi o que fizeram, professores e funcionários do agrupamento que durante uns meses, e para suavizar o pagamento, descontaram durante nove meses, 10 euros.

A planificação da viagem focou a cargo do Miguel Andrade, professor do Agrupamento, e pelos vistos muito elogiada por todos aqueles que puderam usufruir deste evento.

De autocarro até ao Porto e depois de barco até à Régua, com peripécias pelo caminho, o grupo de professores e funcionários, divertidíssimos, fizeram a festa durante todo o percurso. Quando da subida na passagem da barragem de Crestuma e principalmente na do Carrapatelo é que houve um pouco de suspense e durante aquela aquele tempo de subida no canal foi onde alguns corações mais aceleraram.

Chegados à Régua tínhamos aquele comboio de cidade à espera para dar uma volta pela cidade. Durante o percurso paramos numas caves de vinho do douro e apreciamos o néctar do famoso Vinho do Porto.

O Regresso ao Porto fez-se de comboio. Que maravilha há quantos anos não andava de comboio e como foi bom recordar aqueles tempos. Claro que no comboio continuou a animação e quando se tem colegas que não param um momento só para dar boa disposição aos outros é sempre bom. Cantou-se durante todo o percurso.

Chegados ao Porto fomos jantar na ribeira, a casa do filho da preta, e que bem servidos fomos. Sempre a bombar como diziam alguns apreciamos a mixelândia que nos foi servida à base de mariscos, peixes, carnes e pataniscas, sempre bem acompanhadas com o néctar do douro. Despois do jantar ainda houve animação naquela rua da ribeira com alguns professores e funcionários a dar um pezinho de dança.

Chegou-se A  Tondela, ou antes, à Escola Secundária de Molelos, onde tínhamos deixado os carros, pelas 24 horas, para depois, cada um se despedir e regressar a suas casas.

Foi um dia diferente e bem passado que todo o professor e funcionário de escola precisa, para poder defrontar toda a burocracia que emana do ministério da educação durante o ano letivo.

Para o Miguel, vão os parabéns de toda a comitiva pela forma como soube dar asas a esta viagem de final de ano.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.